Páginas

terça-feira, 23 de agosto de 2011

CEDER


Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?
Por que tudo teria que ser correto, coerente, sem falhas?
As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela.
Que dói, dói. Ah! Isso não posso negar!
Dói no orgulho, principalmente.
E quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói.
Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso.
O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso.
Mas não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente só porque pensa diferente.
E nem obrigatoriamente certo.
Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo.
Às vezes acertamos, outras erramos. E somos normais assim.
Então, numa discussão, numa briga, pare um segundo e pense: "e se eu estiver errado?" É uma possibilidade na qual raramente queremos pensar. Nosso "eu" nos cega muitas vezes.
Nosso ciúme, nosso orgulho e até, por que não, nosso amor?
Não vemos o lado do outro e nem queremos ver.
E somos assim, muitas vezes injustos tanto com o outro quanto com a gente mesmo, já que nos recusamos a oportunidade de aprender alguma coisa com alguém.
E é porque tanta gente se mantém nessa posição que existem desavenças, guerras, separações.
Ninguém cede e as pessoas acabam ficando sozinhas.
E de que adianta ter sempre razão, saber de tudo, se no fim o que nos resta é a solidão?
Vida é partilha.
E não há partilha sem humildade, sem generosidade, sem amor no coração.
Na escola, só aprendemos porque somos conscientes de que estamos lá porque não sabemos ainda; na vida é exatamente a mesma coisa.
Se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar. E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos?
Eu duvido.
Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar.
Somos bem mais resistentes do que julgamos; a própria vida nos ensina a sobreviver, viver sobre tudo e sobretudo.
Se você duvida, cai.
Aprenda com o apóstolo Pedro que, enquanto acreditou, andou sobre o mar, mas começou a afundar quando sentiu medo. Então, afundar ou andar sobre as águas?
Depende de nós, depende de cada um em particular. Podemos nos unir em força na oração para ajudar alguém, mas só esse alguém pode decidir a ter fé, força e coragem para continuar essa maravilhosa jornada da vida.

9 comentários:

Meire disse...

Amiga, tem até um filme com esse nome: "Alguém tem que ceder"...e ai daquele que se fecha no seu mundo achando que só suas verdades são "verdadeiras" e nada mais o mundo e as pessoas têm a lhe acrescentar.

Cada dia que passa te gosto mais, vc é master atenciosa comigo, muitooo obrigada!
bjokitas com mega carinho meu!!! :)

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÈ:

isso ocorre com as pessoas p/ simples fato de transferências de responsabilidades. Sempre somos os melhores em td e ditamos as regras p/ que outrem as sigam. O orgulho fala mais forte.
VIDA É PARTILHA, não é, amor? bjs. Roy Lacerda.

Senhor da Vida disse...

No dia lembrado como O dia da injustia, esse texto veio bem a calhar, excelente.Bjs!

Sandra Portugal disse...

Maria José querida, seu blog foi uma das minhas primeiras inspirações! Por isso, compartilho com você a felicidade de celebrar 1 ano de existência do Projetando Pessoas, amanhã, 24/08! Venha brindar comigo!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

cidinha disse...

Olá, amiga. Bela mensagem. È preciso que Hája partilha sempre. Vencer o medo, o orgulho aprender sempre. O amor é o caminho! Bjos.

valquiria silveira disse...

Quantas vezes estamos tristes, desmotivados, meio perdidos ou até estamos passando por algum período de muito sofrimento. Coisas assim acontecem com todos, mas tenho algo a dizer para você. Não desista.Peça ajuda a Deus para que lhe guie e de sabedoria, porque Ele pode te ajudar quando você estiver triste e desmotivado. Peça a Ele para te dar mais força para você agüentar esse período difícil e para que não desista. Vamos, sei que você consegue. Fale com Ele.Estou em mudança em busca de meus sonhos vou ficar um tempo afastada mas volto logo. Deus abençõe vc bj no coração!

Graça Pereira disse...

Só quem aprender a partilhar...sairá do abismo!
Lindo este texto!
Beijo
Graça

MARLENE disse...

AMIGA QUERIDA QUE SAUDADE DE VOCE
AS VEZES PARECE QUE O DIA FICA PEQUENO E NÃO CONSEGUIMOS VISITAR NEM A METADE DOS BLOGS QUE PRECISAMOS,,,
QUE LINDO TEXTO MARIA É PRECISO SABER VIVER COM HUMILDADE SEM ORGULHO QUE AS VEZES NOS IMPEDE DE VER CLARAMENTE AS FASES DA VIDA EXATAMENTE COMO SÃO
NÃO DEVEMOS NUNCA NOS CONSIDERARMOS OS DONOS DA VERDADE ASIM SERÁ MAIS FACIL SERMOS FELIZES BJS MARLENE

Sasa disse...

Bela mensagem...parabéns, bjos.♥