Páginas

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

BATALHAS DA VIDA



Acabou a festa, como acabou o ano. Muito longe deter tudo renovado nesse primeiro dia, começamos já cansados. Passamos o ano, deixamos o velho pra trás, mas viemos com nossas bagagens. Nada muda, senão essa esperança que se apega a nós de que alguma coisa será diferente daqui pra frente.
Das culpas que carregamos do que passou, poucas assumimos. É a crise, é a vida, é a sociedade e é assim. A vida é essa batalha que se dá a cada dia e cada amanhecer é uma vitória sobre o dia passado. Somos carregados pela massa, levados pela água que não controlamos e nos tornamos sobreviventes.
O que pode fazer diferença entre o ano que passou e o que começa não são as horas, nem a cor do céu ou a chuva e o sol que continuam incansavelmente os mesmos. A única coisa que pode fazer diferença de um dia para o outro, de um ano para o outro, de uma situação para outra, somos nós mesmos.
Os caminhos espinhosos do passado, devemos evitar.Não poderemos mudar as decisões que tomamos e das quais nos arrependemos, mas podemos, apesar disso, mudar o rumo das nossas prioridades, podemos mudar de ideia e assumir isso de cabeça erguida.
Só os tolos carregam seus erros sem jamais reconhecer a falha e esses chegam ao fim da linha com os ombros pesados, vítimas da própria tolice.
Os sábios, ah, os sábios!, quem disse que nunca erraram? Nenhum homem é feito de perfeição e os sábios reconhecem isso como ninguém. Mas eles sabem consertar, restaurar, mudar de caminho, olhar para o lado onde ninguém ousa olhar e possuem dentro do peito uma determinação desconhecida aos simples mortais.
Nesse ano que começa, que haja sabedoria em seu coração! Não considere-se como mais um que erra, mas como mais um que procura acertar e ponha seu coração na busca da felicidade, mesmo que essa seja apenas uma vaga imagem muito longe de você.
O coração transporta, leva, trás, motiva, ajuda a sobreviver. Ele acredita nos sonhos, nos mais loucos sonhos e pulsa a cada passo que damos na boa direção.
Que nesse novo ano você dê o primeiro passo, apenas o primeiro, mas aquele fundamental para os seguintes! Se a vida não for cor-de-rosa, coloque você mesmo a sua cor preferida para transformá-la. Só você é responsável do seu destino, dos seus erros e das suas vitórias! Só você pode recomeçar e refazer e esse é o meu desejo maior nesse dia de hoje!

4 comentários:

Maria Teresa Valente disse...


Olá Maria José, sua mensagem veio em cima, já decidi que este ano será rosa, cor que gosto muito, nesta fase em que estou decidida a mudar.
Agradeço pelas mensagens maravilhosas que compartilha e que nos ajudam na reflexão, desejo que seja sempre muito abençoada e que 2015 seja próspero e feliz para você e sua família. Abraços carinhosos
Maria Teresa

Luma Rosa disse...

Oi, Maria José!
Nada muda realmente, a não ser a forma de pensar e enxergar as coisas. Podemos mudar nosso pensamento, não seguir o rebanho e tentar inventar nova vida. Mesmo assim, a vida é autônoma - Elas no leva para onde quer...
Feliz 2015!
Beijus,

Dilmar Gomes disse...

Então, amiga Maria, que assim seja.
Desejo a ti e aos familiares um lindo e maravilhoso 2015.

Coisas que me tocam disse...

As suas palavras cairam que nem uma luva naquilo que eu carrego no peito para este novo ano. Mudança de atitude, mudança de perspectivas, mudar o que for necessário dentro do coração de modo a que este novo ano tenha às minhas cores preferidas. Eu acredito que sim que a mudança, o fazer melhor da vida vem de dentro da gente!
Beijos e imensamente grata por este post delicioso!