Páginas

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

ACREDITAR SEMPRE!




Todos nós, na infância, temos sonhos: grandes, médios ou pequenos. Mas à medida que a vida passa, esses sonhos vão para as prateleiras da vida. Depois para a área de serviço, até chegar ao sótão e serem, então, esquecidos. E os sonhos acabam se tornando vestígios de uma época em que a pessoa acreditava no mundo e em sua capacidade de realização.
Enquanto os perdedores se acomodam e pensam que um sonho é muito para eles, os campeões se perguntam o que precisam fazer para realizá-lo.
Nunca pense que uma meta não foi feita para você, mas sim nas virtudes que precisa desenvolver para conseguir atingi-la.
Seus sonhos mantém aceso o fogo sagrado em seu coração. Eles são a seiva da vida. Nós envelhecemos não porque o tempo passa, mas principalmente porque abandonamos nossos sonhos.
Pessoas de idade avançada, mas com grandes ambições, carregam nos olhos o brilho da juventude, pois suas metas continuam alimentando sua alma.
É triste olhar para alguém com 40 ou 50 anos e observar que está vivendo a espera da morte. É frustrante ver adolescentes precocemente envelhecidos, pois em seus corações já não carregam mais sonhos. Para essas pessoas viver é simplesmente completar o dia, completar o mês, completar o ano. E é triste constatar que nosso povo está deixando de sonhar. A maioria procura completar o dia. Não permite imaginar algo além do que está vivendo.

8 comentários:

Carla Fernanda disse...

Verdade. Eu até diria que sonhar é metade de nós....

Beijos querida!!

Adriana Paz disse...

Belo e verdadeiro texto,Maria José.

Realmente temos que manter a chama acesa para a vida.

Sonhar,fazer planos é viver!
E sempre acreditar

Obrigada por votar no me blog,amiga.Até amanhã,dia 11/12.

Ainda tenho chances.Depende de vocês.

Não sei se leu meu último post sobre isso.

Beijinhos linda semana

Dryka




Blog Suas Histórias Nossas Histórias

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Maria José...é verdade, temos que sonhar, temos que ter planos e sobretudo temos que pensar a vida como uma fonte inesgotável de conhecimento e nunca cansar de conhecer as suas maravilhas e seus mistérios, enfim gostar de viver .
Um abraço

José Edward Guedes disse...

Eu sempre procurei entender o porquê dos sonhos, pois como há quem os concretize, há, a meu ver, e a matéria dá sinais disso, também quem se fruste. Meio a meio? Acho que não, as pessoas se frustram muito mais, eu, inclusive, confesso. Talvez a felicidade esteja em sonhar sem esperança alguma de ver seu sonho realizado seria algo meio que louco, mas, pelo menos, não frustaria ninguém, e aí quem sabe as portas se abririam, já que não haveria ansiedade... não sei. De uns tempos para cá, venho fazendo algo que me torna mais leve, ou seja, procuro sempre estar a fazer algo que me faça sentir bem, e, sinceramente, isso não é um sonho, é o sonho.

José Edward Guedes disse...

corrigindo "não haveria ansiedade..." Bom dia e abraços.

Rô... disse...

oi minha amiga,

tudo pode mudar,
tudo pode ficar mais complicado,
mas os meus sonhos,
ah,esses me acompanham em todos os momentos...

beijinhos

Malu Silva disse...

Lógico que com o passar dos tempos vamos aprendendo a selecionar as coisas e saber o que é possível e o que não é... o que vale a pena e o que não vale. Deixamos de viver somente de quimeras, mas os sonhos têm que estar sempre presentes.
Agradeço seu carinho e as lindas palavras deixadas no INFINITO.
Beijinhos no coração, minha amiga de tanto tempo...

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

Sonhar ainda é o que temos de mais certo e livre nesta vida :)

Libertemos então esse SONHO :)
Beijinhosss