Páginas

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

AMAR POR AMOR


Houve um tempo em que as pessoas eram prometidas umas para as outras desde pequenininhas. Há ainda hoje culturas que mantêm esse modo de raciocínio. Na nossa sociedade, porém, esse costume há muito foi erradicado. Temos então total liberdade para seguir os passos do nosso coração.
Mas a ideia de que o amor vem com o tempo ainda está na mente de muitas pessoas. Muitos pais tentaram convencer filhos a casarem-se com as pessoas que lhes agradavam com essa desculpa de que "o amor vem com o tempo." E isso acontece ainda hoje.
Aos pais que querem decidir "o melhor para os filhos" eu digo: é melhor deixar que cada coração encontre sozinho sua metade. Todos queremos o melhor para os nossos filhos e, por mais que os conheçamos, jamais poderemos entrar dentro dos seus corações e sentir o que eles sentem.
Dessa forma, muitos hoje casam-se por várias razões outras que o amor: a solidão, carência, interesse, etc, achando que o amor virá com o tempo.
Amar é uma decisão? Ah, não! Isso seria simples demais e até resolveria o problema de muita gente infeliz no casamento. As pessoas podem até se resignar, fazer esforços, dar o melhor de si... mas amar, não se decide assim. O amor não se encomenda, ele acontece.
Um dia descobrimos que nosso coração bate apressado diante de alguém; descobrimos que pensamos nessa pessoa o tempo inteiro e que ela nos faz falta quando não está presente; percebemos que esse alguém ocupa um espaço diferente dentro da gente, diferente de qualquer outra pessoa... e chegamos à conclusão que fomos atingidos por essa doce melodia que tem o poder de nos fazer o mais feliz ou mais infeliz dos seres. Nos descobrimos amando!
Não! Não se encomenda coração apressado, nem pensamento, nem desejo intenso de estar com alguém. E nem essa sensação de, estando diante da pessoa amada, que poderíamos até morrer de tanto amor; não aquele amor que faz com que sintamos uma vontade inexplicável e incontrolável de estar nos braços do outro e que, esse momento chegado, temos o sentimento que não precisamos de nada mais para viver...
Isso o tempo não traz.
O que vem com o tempo é a amizade, o carinho, a segurança, o companheirismo e o hábito de estar com a outra pessoa. Tudo isso até faz parte do amor, mas amor mesmo não é. Muitos podem se satisfazer com isso e ficarem a vida toda junto de alguém sem experimentar outra forma de amor; outros, sonhadores, preferem esperar que o cupido bata realmente à porta para ser, como se deve no desejo Divino, dois em uma só carne.

7 comentários:

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde querida amiga

Amizade é um laço fraterno que vai se conquistando pouco a pouco.
Amizade é um elo de Amor que vai se fortalecendo dia apôs dia.
Amizade requer uma sabedoria toda própria, para que ela cresça e amadureça.
Amizade é um sentimento de Amor que é perseverante nela mesma.
Amizade é um sentimento fraterno entre duas ou mais pessoas, que fazem de um todo para fazer os seus amigos felizes.
Muitas vezes deixam de fazer a sua própria vontade para fazer a do seu querido amigo, só para o ver com um lindo sorriso em seus lábios, que na transparência de seu olhar, sentem que este sorriso vem do fundo de seu coração.
Obrigada por sua amizade.
Por sua linda presença lá meu cantinho!
Por seus amáveis comentários.
Obrigada de todo o coração
Uma linda tarde para você
Abraço amigo!
Maria Alice

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Maria José
Tenho certeza de que ele no alcança... umas palavras cheias de sabedoria...
Meu blog de Maria do qual vc é seguidora faz 2 anos e vou comemorar pedindo aos amigos dele que me enviem uma qualidade da sua mãe (viva ou falecida)...
Vc deve gostar da homenagem a ela e ao seu blog...

http://www.espiritual-maria.com.br/

Muito obrigada pela participação, desde já...
Bjm de paz e bem

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Foram tempos em que a vontade dos pais era lei sagrada e que os filhos respeitavam.
Os tempos mudaram e hoje vão com o primeiro amor nem medem as consequências. Nada lhes interessa mais que e só amor.
Depois troca-se de par como se troca de roupa e nem tudo é assim tão fácil...

Ives disse...

A ideia de que o amor vem com o tempo está presente nas pessoas que pensam primeiramente, em construir algo, e não viver o amor em sua essência! abraços

Rô... disse...

oi minha amiga,

o amor acontece da forma mais inesperada,
e temos que estar atentos para perceber,as cores,os aromas e os novos sabores que vão devagarinho tomando conta de nossos dias...

beijinhos

Misturação - Ana Karla disse...

Perfeito.
O amor brota e com ele cultivamos a amizade, o carinho, o respeito...
Bom final de semana
Xeros

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ,
"O amor não se encomenda, ele acontece".
LAMENTO ter um registro a fazer:
No texto, está escrito:" ENTAR DENTRO", É UM ERRO CRASSO. Não ter respeito pelo autor, nem considerar poético. Bjs. Roy Lacerda.