Páginas

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A MEDICINA E O ESPIRITISMO – PARTE 1/7


O que é saúde e o que é doença à luz da doutrina espírita?
• Doença e saúde se referem ao estado em que se encontram as pessoas e não ao estado de órgãos ou partes do corpo.
• O corpo físico nunca está só doente ou só saudável, já que nele se expressam realmente as informações da consciência.
• O corpo de um ser humano vivo deve seu funcionamento ao espírito que o habita.
• Quando as várias funções corporais se desenvolvem em conjunto dentro de uma harmonia, ele se encontra num estado que denominamos de saúde.
• Se uma função falha, ela compromete a harmonia do todo e então falamos que ele se encontra em um estado de doença. A doença é a perda relativa da harmonia.
• Essa perturbação da harmonia acontece a nível de consciência, que é a parte espiritual do ser, enquanto o corpo é a forma de apresentação dessa desarmonia.
• O nosso “não consciente” envia mensagens ao nosso “consciente”, sob a forma de tensões ou sofrimentos físicos e emocionais. Procurando “silenciar” essa tentativa de comunicação, utilizamos medicamentos para acabar com os sintomas, sem perceber o que gerou os mesmos.
• Para se dar conta de onde está situada a causa inicial, médicos e pacientes precisam aprender não apenas a perceber o que é visível na luz, mas também identificar o que está escondido na sombra.
• Por que médicos e pacientes precisam aprender a perceber onde está a causa inicial?
• Médicos porque têm o papel de orientar. Se não souberem a causa, irão tratar apenas a conseqüência.
• Pacientes porque são os principais interessados e responsáveis por sua cura.

9 comentários:

Simone butterfly disse...

Sempre que venho aqui aprendo um pouquinho! valeu pelas dicas! boa noite

Simone Anjos disse...

Olá Maria José,
Esse texto é super legal.
Beijos na alma,

Rô... disse...

oi minha amiga,

como é bom vir aqui,
sempre saio cheia de bagagem,
com a cabeça cheia de novos
ensinamentos,
e muita coisa pra pensar...

beijinhos

Bloguinho da Zizi disse...

Maria José
Por isso amo o que faço.
Descobrir a causa do sofrimento e de alguma maneira tentar ajudar.
Texto maravilhoso.
Aguardando a 2a. parte.
beijinhos

* Verinha * disse...

Muito bom esse texto Maria José!.. É sempre muito gratificante vir aqui lhe visitar e ler seus posts!

Beijo grande em seu coração..
Verinha

Carlos Varoli disse...

Bom dia amiga. Que excelente matéria. A humanidade caminha a passos largos para uma integração maior entre a medicina da terra e do plano espiritual.
Todos os males do corpo têm origem no espírito, sejam pelas vias cármicas de regate ou por vícios e abusos do ser encarnado.
Tenha um lindo final de semana.
Beijos,
Carlos espírita

Um brasileiro disse...

Oi. Tudo blz? Estive aqui dando uma olhada e lida. Muito interessante e bonito. Apareça por la. Abraços.

007BONDeblog disse...

Maria José

Boa tarde

Muito inteligente e interessante este artigo do José Carlos. Parabéns por publicar.

Certo é que, a medicina dos "homens' está cada vez mais próxima de reconhecer e aproveitar o que 'a medicina da alma' pode lhe oferecer como "reforço" de tratamento, após contribuir para um diagnóstico mais amplo. Passei por um momento complicado, com diversos cálculos nos rins. O tratamento foi acupuntura de dia e passe magnético à noite, além de busca por um reequilíbrio alimentar, muita água e "boa leitura". Resultado, senti claramente nas cirurgias espirituais que fiz, a ação dos "operadores", e já expeli sem dor (surpreendentemente para os médicos e leigos) vários dos cálculos.

Um abração

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Maria José querida,

Maravilha!
Acredito muito em tudo que foi falado nesta mensagem, o doença para mim nada mais é do que a desarmonia espiritual que acaba atingindo todos os nossos "corpos sutis".
São tantas as formas de desequilíbrio: apego, inveja, ciúmes, raiva.....e por ai vai.
Quem conta com convênios médicos, até encontra profissionais com outras mentalidades, que estão procurando tratar os pacientes de uma forma inteira e completa, contando com várias técnicas holísticas.
Mas quem depende da rede pública, raramente consegue ser atendido por médicos com esta consciência.

Excelente postagem!
Um grande beijo em seu coração!!!