Páginas

sexta-feira, 30 de julho de 2010

EM NOME DO AMOR


O amor ao outro existe em nós pela nossa necessidade mesmo de fazer-nos felizes.
Nós o amamos pelo que ele é, mas, mais que isso, pelo que provoca em nós, pelo turbilhão de emoções que nos permitem viajar além do tempo e colher sonhos em alturas impossíveis.
Amamos porque passar a vida sem isso é perguntar-se onde se escondeu aquela outra parte que nos falta e nos deixa incompletos.
E mesmo os amores que se vão, não vão completamente, eles ficam grudados em nós, como o cheiro de tempos felizes.
Em nome do amor somos capazes de tudo. Ou quase. Porém, amor que é amor, jamais vai exigir de nós sacrifícios, pois amor é entrega voluntária, aberta e livre. É um dar-se completamente, sem dores, mesmo se parte de nós o outro carregar, caso decida partir um dia.
Em nome do amor vivemos, compreendemos, crescemos, choramos, perdoamos e continuamos esperando.
Em nome do amor vamos vivendo a vida. Aquela que está em nós ou o que nos espera vagando como um barco à deriva, procurando desesperadamente encontrar seu porto.

9 comentários:

Michelle Crístal disse...

Seu texto, não vou dizer de Leticia, pois vi que deu vida nele, tocou-me e eu que falo tanto de amor, por ele ás vezes me perco e me perdendo é que me encontro... Meu lema é Ame... Ame... Ame!
Bom final de semana!
Eu mesma!

Padma Shanti disse...

Realmente quem ama não sofre pois se dá sem esperar nada em troca, tem consciência de que nem sempre é reconheciso o seu amor...
Lindo texto, parabéns, beijim, Patrícia :-)

Clítia Milagres disse...

Olá...
tem selinho pra vc lá no blog Felicidade!
um ótimo final de semana

bjs

ValériaC disse...

Minha flor amiga...pelo sentimento que muitas vezes chamamos de amor, somos capazes de fazer loucuras...mas, Amor de verdade, é dar-se sem esperar nada em troca, é sentir algo que só nos faça bem...pois caso contrário, estaremos vivemos a ilusão do apego e não amor.
Tenha um lindo final de semana!
Beijinhos
Valéria
Valéria

Vanessa Souza Moraes disse...

É, mais desatinos se comete em nome do amor que em nome do ódio.

ONG ALERTA disse...

O amor verdadeiro nos faz aprender que até na dor ele é belo...paz.
Beijo Lisette

Crista disse...

Amar verdadeiramente...é aceitar o outro do jeitinho que ele é...

Isa mar disse...

Oi minha amiga,o amor não tem raça, nem cor nem religião, ele simplesmente é o sentimento mais sublime que alguém pode sentir.
Postei no blog a mensagem que lhe falei, beijos em seu coração!

TRIBUNA-BRASIL.COM (O Indignado) disse...

Maria José, amor é dedicação total. Sem limitações. Amar, é entrega sem fim e sem esperar retôrno.Carinhoso abraço de quem continua na fila.