Páginas

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

PERDER ALGUÉM QUERIDO


Não há palavras para expressá-la.
Não há livro que a descreva.
Por isso,
o melhor jeito
de consolar é falar pouco,
orar junto,
sentir junto e estar presente,
cada um do jeito que sabe.
Palavras não explicam
a morte de alguém querido.
Sabem disso o pai,
a mãe, os filhos, os irmãos,
o namorado e a namorada,
o marido e a mulher,
amigos de verdade.
Quando o outro morre,
parte do mistério da vida
vai com ele.
A parte que fica torna-se
ainda mais intrigante.
Descobrimos a relação
profunda entre a vida e a
morte quando alguém
que era a razão,
ou uma das razões,
de nossa vida vai-se embora.
Para onde?
Para quem?
Está me ouvindo?
A gente vai se ver novo?
Como será o reencontro?
Acabou-se para sempre,
ou ela apenas foi antes?
Por que agora?
Por que desse jeito?
As perguntas insistem
em aparecer e as respostas
não aparecem claras.
Dói, dói, dói e dói...
Então a gente tenta
assimilar o que não se explica.
Cada um do jeito que sabe.
Há o que bebe,
o que fuma, o que grita,
o que abandona tudo,
o que agride,
o que chora silencioso num canto,
o que chama Deus para uma briga,
o que mergulha no fatalismo e o que,
mesmo sem entender ou crer,
aposta na fé.
Um dia nos veremos de novo...
enquanto este dia não chegar,
entes que eu amo sei que
me ouvem e oram por mim,
lá, junto de Deus.
Para eles a vida tem,
agora,
uma outra dimensão.
Alcançou o definitivo.
Quem fica perguntando
e sofrendo somos nós.
Mas como a vida
é um riacho que
logicamente deságua,
a nossa vez também chegará e,
quando isso acontecer,
então não haverá
mais lágrimas.
As que aqui ficaram
chorando terão a sua explicação.
Por enquanto,
fica apenas o mistério.
Alguém que não sabemos
por que nasceu de nós e por
que cresceu em nós,
por que entrou tão de
cheio em nossa vida,
fechou os olhos e foi-se embora.
Quem ama de verdade
não crê que se acabou.
A vida é uma só:
começa aqui no
tempo e continua,
depois,
na ausência de tempo
e de limite.
Alguém a quem amamos
se tornou eterno.
E essa pessoa já sabe
quem e como Deus é.
E também sabe
o porquê de sua partida.
Por isso,
convém falar com ela
e mandar recados a Deus
por meio dela.
Se ela está no céu,
então alguém,
além de Deus,
de Jesus e dos santos,
se importa conosco.
Definitivamente,
não estamos sozinhos,
por mais que doa a solidão
de havê-la perdido.
Mas é apenas por pouco tempo.
Quem amou aqui,
sem dúvida,
se reencontra no infinito...

22 comentários:

Vila das Amigas disse...

Oi Maria José,
Acho que só os grandes espíritos passam por isso e compreendem Deus, os pequenos não aguentariam.
Muita paz e alegria no coração.
Elizabeth.

Adolfo Payés disse...

¨Hermoso cuando la poesía es todo en el sentir.. nace con amor la lectura..¨ Payés

Un abrazo
Saludos fraternos..

Pelos caminhos da vida. disse...

Sei o que vc sente amiga, depois de amanhã fará 4 anos que perdi meu irmão querido e bem no dia do aniversário de minha mãe.
É uma dor muito gde que só Deus mesmo para nos ajudar.
Perder alguém querido assim como nós perdemos é ir embora uma parte do nosso corpo, o que me consola é que um dia nos encontraremos.

Fique com Deus amiga, que ele te dê muita força, coragem, fé, nossa caminhada aqui continua.

Um gde abraço.

beijooo.

Uman disse...

Maria José,
onde há amor, não existe distância.
Por isso, acredito que vc já se encontra no infinito do Amor com sua amada filha.

Amiga luz, és uma força, um gerador de sentimentos elevados que tanto ajuda aos teus amigos (graças a Deus, sou destes abençoados).
Ageadeço, minha amiga, pelo teu comentário tão carinhoso no meu cantinho.

Deixo um beijo em teu belo coração,
Jorge

Edivaldo Lopes disse...

Ola!! caros amigos ,
ma airessa postagem que voce publicou
é show eo que voce falow é verdade , poi seu s ei um puoco oque é perder um amigo
otima semana fica com Deus e se cuide

seja um seguidor !

visite esse blog
http://consagradospordeus.blogspot.com/
Deus tem uma palavra pra voce

BEIJAFLOR disse...

Gostei muito do poema , cheio de alma e emoção ...
lindo mesmo...
Agradeço a visita ao memorias do beija-flor .
Beijo bom .

Julimar Murat disse...

Querida Maria José

somente Deus para lhe dar o conforto para o seu coração e silenciar os questionamentos no agora, pois as respostas virão com certeza,

Fique em paz e muita luz

Beijos carinhososJulimar

JFS disse...

Um dia minha mãe partiu, o corpo já não aguentava mais. A partir desse mesmo momento a energia dela (sempre sentida) aumentou no meu peito. Fiquei feliz por ela pois o sofrimento aqui na Terra era muito. Sinto que viajou vestida de branco. Circulos se completam, nunca param. Nascemos e depois de sumirmos renascemos, nada se perde neste mundo. Com carinho, beijo.

manuel marques disse...

Condenados à morte, condenados à vida, eis duas certezas .


Beijos.

JR disse...

Zezé,sempre forte como a natureza ,que não deixa sua realeza ,quando o mundo parece cair.
Mãe querida e grandiosa, que deixava a Marcela sempre vaidosa ,
pelo carismo exibido.
Orgulho daquela menina, por ter encontrado uma mina,
que se chamava Maria José.
Trazendo os nomes sagrados ,dos PAIS
do nosso mestre amado,JESUS.
Uma mãe que recebeu um pedaço do MAR ,numa linda CELA estrelar, que veio entáo se chamar MARCELA.
Parabens querida amiga ,pela oferta recebida, do nosso CRIADOR.
Saudades imensas ,desta nossa primeira argola dourada
que será sempre por nós deste nucleo AMADA.
a nossa ZEZÉ querida.
Beijos no seu coração ,desta equipe na qual voce é tambem um medalhão,
a enfeitar esta pagina bendita.
beijuuuuuuuuuuuuuuuuu

vuelo de hada... disse...

María José
Cuando perdemos a un ser querido es muy difícil asimilarlo y mucho menos llegamos a resignarnos y a tener que olvidarlos, la vida nos golpea fuerte cuando nos da un momento asi y yo como tu, pienso que nunca saldrán de nuestros corazones y que algún día nos veremos de nuevo.
Un abrazo fuerte y sincero
Muy sentido tu poema

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem Declaração de Amizade pra vc amiga nesse blog:

http://anasique.blogspot.com/

beijooo.

Cris Tarcia disse...

Maria José que linda declaração de amor, amizade.
Lembrar dos momentos felizes, dos sonhos, da oportunidade de terem vivido juntas, e saber que um dia encontrarão novamente suaviza a dor no coração, somos eternos, viajantes, tem agora uma linda estrela olhando por você.
Fica com Deus querida amiga

Crista disse...

Estou levando essa riqueza lá para meu blog!
Não preciso dizer que tu és um bálsamo para que precisa de orientação,não é????

alegria de viver disse...

Querida amiga
Fico feliz porque consegue escrever sobre este assunto, esta é uma maneira de seu coração aliviar, todos os conhecimentos são poucos quando se trata de um filho.
A dor vai estar aí mas seu amor grandioso, vai começar a colorir seu coração, o amor sempre tem muito poder.
Com muito carinho BJS.

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Maria José, irmã querida:ès espírita estudiosa e praticante da DOUTRINA. Sabes em linhas gerais como a vida funciona. A morte não existe. Apenas trocamos de roupa e de residência. Não latime pela metade do copo vazio. E sim pela metade cheio. Recebeste o dom de ser mãe(qdo mts não o tiveram). Recebestes por filha,um "ANJO BOM" E CHAMASTES de "MARCELA". Agradeça ao PAI MAIOR, por esta 'benção'! Agradeça outra vez, pela saúde das duas. Por poder dedicar-se integralmente, dando-lhe AMOR INCONDICIONAL E INCONTESTE. Agradeça tb pela retribuição.(qts mães desvelam-se pelos filhos e recebem ingratidão?). Agradeçamais uma vez e sempre, ao "CRIADOR DE TODAS AS COISAS" pelos anos de convívio. Pelas alegrias sentidas à dois. Por poderem-se olhar nos olhos(as janelas d'alma) e sentirem-se amadas mutuamente. Sabes tanto qto eu, que o reencontro ocorrerá. E éste merecimeto é pelo fato de ambas serem portadoras de "LUZ". O "ANJO BOM" partiu na frente para preparar-lhes a chegada no tempo oportuno. Lembra-te, Maria JOSÉ, de qtas vezes arrumastes tua casa, enfeitando-a para qdo a MARCELA chegasse em casa. Agradeça sempre,sempre.Pelo premio recebido. Abçs fraternos do Roy Lacerda.

GENINHA disse...

Querida amiga brasileira,

Receba um grande abraço com muito carinho de Portugal.
Faltam-me as palavras, mas meu sentir é sincero.
Como diz São Paulo, "o verdadeiro amor permanece". Que ele ilumine toda a sua existência e a ampare em todos os momentos.

Um beijinho

Mariana disse...

Nem ouso dizer que o texto é lindo, pois ele é feito de uma grande perda, e irreparável.
Imagino o quanto dói a saudade, a ausência.
Fica o consolo q um dia tu encontrarás a tua linda filha.
Q ela hj brilha ao lado de Deus.
Enquanto isto é preciso sobreviver, um dia por vez.
E é preciso muito amor, força para viver diariamente com esta infinita saudade.
Deus te ilumine sempre.

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Maria a única maneira de expressar o quanto sinto, é te dizendo que gostaria de aí estar e lhe dar um abraço.
Mas daqui te digo, que a força e a luz que passas para TODOS NÓS, possa te confortar e brilhar cada momento de tua vida.
Beijos!

Fábio Pio Dias disse...

Olá Maria José

Excelente post e bastante interessante e motivador.

Um abraço daqui deste lado do Atlântico!

Mariz disse...

Querida Maria José

Quando coloquei o post que ainda figura vim aqui dizer que vc também estava representada num ou vários ítems que referi lá...bastaria situar-se.
Agora vim vê-la porque soube que o dia da mãe no Brasil não é igual ao nosso, embora eu não atribua grande importância aos dias marcados pelo homem.
Porém, não quis deixar passar essa data e penso que ai será no domingo próximo estarei enganada?

Quanto a este post, vocês eram realmente muito parecidas e ambas lindas.
Sabe? Eu já fui levada ao mundo das almas num sonho(visão) e vi todos aqueles que já ´partiram, com as mesmas idades até esse dia triste neste plano...não lhes pude tocar, porque fiquei a planar em pé, mas poucos metros acima das cabeças deles. Só os vi dizerem-me adeus, chamarem pelo meu nome e muito contentes, sorrindo, por me verem chegar!! - Só que não era ainda a minha hora e eu regressei.
Portanto, vê-los-emos sim, sem esta densidade de corpo físico, mas com as mesmas feições, num corpo mais subtil, com vestes, e respirando um ar diferente e sentindo uma paz indescritível! - foi isso que senti, enquanto lá permaneci! Fiquei desoladíssima quando me vi de novo aqui...queria antes ter lá ficado.
Portanto tudo o que aqui se lê é verdade, e todos/as sofrem se nos vêm/sentem sofrer por eles/elas ou por algo. Consta como evolução da alma, ter permissão de descer a este plano.
Portanto contenha-se e sorria senão a filhota sente e fica triste igualmente e isso pode limitar a sua evolução, porque o que custa mais ultrapassar espiritualmente, é nosso corpo energético EMOCIONAL.

Parabéns Mamã!! - PORQUE SERÁ ETERNAMENTE!
God Bless You Both

Sempre...
(E)ternamete
Mariz

cantinho she disse...

Linda, simplesmente linda!
Me emocionei, nem tenho o que falar, só fiz questão de comentar pra te deixar o meu beijo, abraço e carinho...
She