Páginas

domingo, 6 de dezembro de 2009

SOLTE AS AMARRAS


Você já teve a impressão que a vida de todo mundo vai para a frente e a sua não?
Já se perguntou por que você não consegue isso ou aquilo?
Alguma vez já pensou que você anda, anda e parece estar sempre no mesmo lugar?
Há muita gente assim, que dá passos e mais passos e não avança. São pessoas atracadas a algum porto e que ainda não conseguiram se libertar.
Não adianta, se estamos amarrados a alguma coisa, não dá para ir adiante.
A corrente pode até nos levar de um lado para o outro, se tempestades nos atingir e até mesmo o sol e lindas noites de luar, mas não saímos do lugar.
São as amarras da vida, problemas mal ou não resolvidos. Coisinhas que julgamos pequenas e que deixamos para depois, mas que, estando no nosso caminho ainda, acabam nos atrapalhando.
Muitas vezes pensamos que “deixar pra lá” resolve e acabamos deixando. Dizemo-nos que o tempo é o melhor remédio e não digo que não seja.
Mas não há remédio que possa funcionar se a raiz do mal continua intacta.
As feridas que carregamos no nosso ser, os relacionamentos doentes que deixamos para o amanhã, os empregos que não nos dão nenhuma satisfação, fazem com que nossa vida ande devagar, mesmo se o tempo passa e envelhecemos com ele.
Falta-nos coragem para tomar atitudes e é a vida quem decide o nosso destino.
Se você quer, realmente, que sua vida ande enquanto você é jovem o bastante para bem viver, solte as amarras.
Lave a alma do que te atormenta, converse sobre seus problemas com as pessoas envolvidas. No trabalho, se você acha que é seu único meio de sobrevivência e que não pode ficar sem ele, então, mude sua maneira de trabalhar, procure encontrar satisfação naquilo que você faz.
Os horizontes existem para que não percamos a fé, para que possamos sonhar com o que há do outro lado e, quem sabe, seguir nesse rumo.
Ninguém pode evoluir se está aprisionado a alguma coisa. Se tiver que se apegar, que seja então a vontade de construir algo positivo na sua vida.
Nunca espere pelos outros, nunca olhe para os outros se dizendo por que eles conseguem e você não.
Evite comparar-se com este ou aquele, pois você é uma pessoa única e de qualquer maneira não existe ninguém perfeito, com vida perfeita.
Dando o melhor de si, você vai perceber que seu potencial é muito maior do que você pensa.
Dando o primeiro passo, que geralmente é o mais difícil, os outros se seguirão.
E se você acha que sozinho não vai conseguir, há um Libertador que pode ouvir seu pranto, segurar sua mão e te ajudar.
“Cristo é a verdade que liberta.”
Solte as amarras da sua vida, sejam elas quais forem, uma a uma, devagarinho. Depois, navegue... e seja muito, muito feliz!

16 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

“Cristo é a verdade que liberta.”

Tenho fé!

beijooo.

Paula disse...

Maria Jose, que verdadeiras as suas palavras!! Tambem ja me senti assim muuitas vezes!!
Uma semana iluminada!!

Beth Cerquinho disse...

Oi querida ameeeeeei seu blog...é verdade mesmo, essa coisa de andar sem sair do lugar é inexplicável..ou então explicável, mas muitas vezes as repostas pro agora só saberemos em algum momento futuro..o melhor é desapegar, soltar as amarras...e deixar o barco correr!!
Bjka uma mega semana e mantenha contato.

ONG ALERTA disse...

Sabe eu penso muito em você...não me sinto com amarras, as vezes nem sei como me sinto sei qe tenho uma história para terminar, mas tenho vontade de só esperar o tempo passar...paz no coaração.

Sidney disse...

Boa noite, adorei seu texto, realmente quem solta as amarras somos nos mesmos. Tenha uma semana de paz e amor. abraços

angela disse...

Lindo texto Maria José.
beijos

JR disse...

A bonanza do conhecimento ,vem da libertação de todas as ignorancias ,que antes empanavam todas as nossas qualidades espirituais.
Conhecer-se, liberta todas as amarras do ser,levando-o a mudanças de paradigmas arbitrários.
Muitas saudades de voce MJ e agradecida eternamente pelas visitas na nossa casa.
beijos carinhosos

Elizabeth disse...

Olá Maria José,
Simplesmente lindo!
Abraços.

Kelly disse...

Que texto maravilhoso!!! Maria José como sempre suas postagens conseguem me despertar para algo que não caminha como deveria na minha vida. Obrigada, tem um selinho pra você no meu blog. beijos

Unknown man disse...

Anjo lindo!

Beleza de texto. A Let´cia é muito inspirada nos seus textos.
Acredito que nós travamos porque temos medo e a bendita falta de confiança. Quebrar as amarras significam quebrar nossos medos e gradativamente adquirir confiança em nós mesmos. Aliás, meu anjo, costumo dizer sempre que estamos aqui na terra para isso.

Que a sua semana brilhe como sempre!!!
Com muito carinho,
Uman

Mariana disse...

As vezes a gente tem vontade de desanimar, parar, mas ao contrário, devemos seguir a nossa caminhada e fazer dela a melhor possível.
Gostei mt do texto
Boa semana.
Fica com Deus
bjs

Anônimo disse...

Muito bom! Afinal a felicidade nao eh um lugar onde se chega mas um caminho por onde se vai!
Cristo: Salvacao,Libertacao e Restauracao!

seu gordo disse...

otima semana minha querida beijo do gordo

alegria de viver disse...

Minha querida amiga
Ás vezes estamos amarrados sem perceber, esse é o pior momento, porque não temos condições de soltar, já que não temos consciência disso.
Outros gostam de alimentar.
Nosso aprendizado é bem dificil, é no sofrimento que descobrimos todo o mal que nos fazemos.
Com muito carinho BJS.

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Libertar-se é desapegar-se. Quanto mais se deixa partir, mais libertos internamente estaremos. A sensação é de leveza e bem-estar. Beijos.

SONIA MENEZES disse...

Querida amiga Maria José,
Passei aqui para ler seus textos tão cheios de sabedoria e também para lhe oferecer o selo "Lírio Azul", disponível em meu Blog. Vi que você já o tem. Mas, saiba que o ofertei para você também por gostar muito do seu blog.
Beijo no coração.