Páginas

terça-feira, 3 de novembro de 2009

AS ESCOLHAS DE UMA VIDA


A certa altura do filme Crimes e Pecados, o personagem interpretado por Woody Allen diz: 'Nós somos a soma das nossas decisões'.
Essa frase acomodou-se na minha massa cinzenta e de lá nunca mais saiu.
Compartilho do ceticismo de Allen:
A gente é o que a gente escolhe ser, o destino pouco tem a ver com isso.
Desde pequenos aprendemos que, ao fazer uma opção, estamos descartando outra, e de opção em opção vamos tecendo essa teia que se convencionou chamar 'minha vida'.
Não é tarefa fácil. No momento em que se escolhe ser médico, se está abrindo mão de ser piloto de avião.
Ao optar pela vida de atriz, será quase impossível conciliar com a arquitetura.
No amor, a mesma coisa: namora-se um, outro, e mais outro, num excitante vaivém de romances.
Até que chega um momento em que é preciso decidir entre passar o resto da vida sem compromisso formal com alguém, apenas vivenciando amores e deixando-os ir embora quando se findam, ou casar, e através do casamento fundar uma microempresa, com direito a casa própria, orçamento doméstico e responsabilidades.
As duas opções têm seus prós e contras:
Viver sem laços e viver com laços...
Escolha: beber até cair ou virar vegetariano e budista?
Todas as alternativas são válidas, mas há um preço a pagar por elas.
Quem dera pudéssemos ser uma pessoa diferente a cada 6 meses, ser casados de segunda a sexta e solteiros nos finais de semana, ter filhos quando se está bem-disposto e não tê-los quando se está cansado.
Por isso é tão importante o auto conhecimento.
Por isso é necessário ler muito, ouvir os outros, estagiar em várias tribos, prestar atenção ao que acontece em volta e não cultivar preconceitos.
Nossas escolhas não podem ser apenas intuitivas, elas têm que refletir o que a gente é.
Lógico que se deve reavaliar decisões e trocar de caminho, ninguém é o mesmo para sempre.
Mas que essas mudanças de rota venham para acrescentar, e não para anular a vivência do caminho anteriormente percorrido.
A estrada é longa e o tempo é curto.
Não deixe de fazer nada que queira, mas tenha responsabilidade e maturidade para arcar com as conseqüências destas ações.Lembrem-se:
Suas escolhas têm 50% de chance de darem certo, mas também 50% de chance de darem errado.
'É preciso muita coragem para enfrentar seus inimigos. Mas é preciso ainda mais coragem para enfrentar seus amigos.'
'Às vezes, é preciso esquecer um pouco a pressa e prestar mais atenção em todas as direções ao longo do caminho. A pressa cega os olhos. E deixamos de observar tantas coisas boas e belas que acontecem ao nosso redor. Às vezes, o que precisamos está tão próximo... Passamos, olhamos, mas não enxergamos. Não basta apenas olhar. É preciso saber olhar com os olhos, enxergar com a alma e apreciar com o coração. O primeiro passo para existir é imaginar. O segundo é nunca se esquecer de que querer fazer é poder fazer, basta acreditar'.
" Cada escolha é uma renúncia , isso é a vida!" (Charlie Brown Jr.)

17 comentários:

angela disse...

É um belo texto do Bial.
beijos

Rejane disse...

Belo texto!! ele escreve muito bem e vc arrasa nos temas.BJOS

seu gordo disse...

concordo com voce e o Woody Allen ,a vida nos ensinar que aprender e precisso sempre .beijo do gordo muita paz nesse coraçao mais que especial

As Dores do Silêncio disse...

muito lindo o texto meus parabéns
Desejo a ti um belo dia de quarta-feira
abençoado e repleto de conquistas
fique com Deus
bjs
Soll

Pelos caminhos da vida. disse...

BOM DIA!

Muita paz,
muita alegria,
muito amor e
muita saúde!

beijooo.

Senhor da Vida disse...

Perfeito, reflete bem a energia do arcano numero 6, os Enamorados ou Amantes, quando aprendemos a lidar com nossas duvidas, quando o homem fica entre viver na barra da saia da mae, e assumir sua propria familia.
Bem lembrando que a escolha é nossa, por isso chamamos essa carta de livre -arbitrio.
Por um lado temos um programa espiritual estabelecido, por outro, a vivencia na terra, onde alguns testes nos sao colocados como forma de atrair a gente pelo caminho do programa.
E dai que ta, como saber qual deles?
Beijos!

Adolfo Payés disse...

Un placer siempre leerte..
Te dejo un beso con cariño



Un abrazo
Saludos fraternos.

António Valério,sj disse...

Sim, é isso. Somos o resultado das nossas escolhas. Importa é que as escolhas sejam feitas sempre com o critério de aumentar o nosso olhar e o nosso coração. Quando fazemos isso, estamos no bom caminho. Gostei muito. beijinhos

escola gilberto bonafe disse...

Não conhecia esste texto, achei o repleto de sabedoria. Sempre pensei sobre isso principalmente na adolescencia, tinha muito medo de tomar alguma atitude que me levasse futuramente pra caminhos que eu não queria.
Hoje penso muito nisso, mas já não tenho tanto medo, afinal de contas a vida se faz de erros e acertos. grande beijo

Zininha disse...

E aí menina!!!
Uma boa reflexão para esta semana...

Compartilho desta idéia...

Minha querida...aceitas um selinho???

Tem sabor e valor de poção mágica...

Beijos...

Sidney disse...

Bom dia Maria José, td. bem com vc. adorei o texto, muito lindo, abraço.

Carmem L Vilanova disse...

Compartilho totalmente... somos sim, resultado do que pensamos, desejamos e agimos... e nao ha' mudanca nos resultados se nao ha' mudancas nas acoes... isso e' fato!
Lindo escreves, sem duvida! Da uma "sacolejada" boa vir aqui e renovar-se de energias positivas para dar seguimento ao nosso dia...
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Jorge disse...

Maria José, que belo texto.

Os inimigos apontam nossos defeitos. Refletimos ou revoltamos.
Os amigos elogiam nossas supostas virtudes. Adoramos ser massageados no nosso ego.
Talvez nisso que signifique bem refletirmos quando nossos amigos falam bem de nós, com bom-senso.
Mas creio que o nosso maior desafio, a escolha mais difícil é encararmos a nós mesmos. Acreditar em nós mesmos é o passo que necessitamos de olhar a vida com muito mais amor e confiança!

Um beijo,

Jorge

alegria de viver disse...

Olá querida
A vida é feita de escolhas, poucos são que conseguem realização plena, mas a graça está em aprender com as escolhas.
Com muito carinho BJS.

AMOR & PAZ disse...

Olá...
Lindo o seu blog!!!
Magnífico texto de Bial e muita sensibilidade sua em postar!!!
Quando tiver um tempinho, visite o meu blog (http://fernandazucchi.blogspot.com)
Tenha uma linda e abençoada semana!!!
Bjs
Fernanda

Mahria disse...

É verdade, somos o resultado das nossas escolhas. Acontece porém que nem sempre temos o dicernimento e a sabedoria nescessária ao fazer essas escolha e por isso nem sempre somos felizes com o resultado delas.

Bjs
Mahria

Unknown man disse...

Maria José, boa noite!!!

Viver é complicado porque nós somos complicados.
Sabemos que uma escolha nossa sempre gera um caminho. E vivemos de escolhas.
O difícil é saber lidar com os resultados.
O que acredito ser mais válido é assumirmos cada escolha. Como reclamar se temos consciência da nossa escolha. A vida é feita de aprendizado. Ser feliz ou não, afinal, é escolha de cada um de nós.

Beijo,

Uman