Páginas

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O CÍRCULO DO ÓDIO


O dono de uma empresa gritou com o administrador, porque estava aborrecido naquele momento.
O administrador chegou em casa e gritou com sua esposa, acusando-a de gastar muito, ao vê-la com um vestido novo.
A esposa gritou com a empregada porque ela quebrou um prato.
A empregada deu um pontapé no cachorro porque ele a fez tropeçar.
O cachorro saiu correndo e mordeu uma senhora que passava pela alameda, porque ela estava em frente à porta de saída.
Essa senhora foi ao hospital para vacinar-se contra a raiva e gritou com o médico, porque doeu quando ele aplicou a vacina.
O jovem médico chegou em sua casa e gritou com a sua mãe, porque a comida não era de seu agrado.
A mãe acariciou seus cabelos dizendo-lhe: “Filho querido, amanhã farei tua comida favorita. Tu trabalhas muito, estás cansado e necessitas de uma boa noite de sono. Vou trocar as roupas de tua cama por outras bem limpas e perfumadas, para que descanses com tranqüilidade. Amanhã te sentirás melhor”.
Em seguida lhe abençoou e saiu do aposento, deixando-o sozinho com seus pensamentos ...
Neste momento, interrompeu-se o CÍRCULO DO ÓDIO, porque chocou-se com a TOLERÂNCIA, o PERDÃO e o AMOR.

Fonte: Roy Lacerda dos blogs www.cpi-brasil.blogspot.com e Momentobrasilcom.blogspot.com

23 comentários:

angela disse...

Um texto ótimo e bonito.
Bom ser lembrado sempre, para quebrar o circulo.
beijos

REGINA GOULART SANTOS disse...

É verdade. O ódio é um dos piores sentimentos que alguém possa nutrir por outrem, e possui a capacidade de auto-destruição.
A tolerância, compreensão, amor e perdão, sempre serão bem-vindos. São ferramentas poderosas e que além de ajudar os outros, possui tb. o poder da auto-ajuda.
Sábio post.
Beijos

♥ ♥ Eu disse...

Ótimo texto querida, é sempre um alerta prá quem carrega em seu coração esse terrível sentimento.

Na lateral do blog há o "Selo Amigo fiel", gostaria q vc aceitasse

mil beijinhos no coração!

Pelos caminhos da vida. disse...

Ótimo post.

beijooo.

Arcanum disse...

Um texto pertinente. Infelizmente parece que vivemos neste círculo de intolerâncias, e conheço muito bem isso. É uma cadeia, onde todos nós devemos nestas horas exercitarmos a nossa paciência para quem nos oprime. Abraços.

Jorge disse...

Maria José, maravilhoso retorno!!!

No colo, esta mensagem que é atualíssima!!!
Somente o amor mesmo para cortar qualquer sentimento e emoção negativa. E o que achei muito bonito foi uma mãe que cortou o círculo vicioso, nos mostrando de uma forma clara que o amor da mãe é o amor quer mais se aproxima do Pai.
Minha doce amiga, teu retorno alegra os nossos corações!!!

Então, te envio um beijo e um abraço repleto de carinho!!!
Jorge

Adolfo Payés disse...

Hermoso escrito.. sorprenden tus letras..


Un gusto leerte

Un abrazo
Saludos fraternos.

Nacida Libre disse...

No sé a qué te refieres con "lo sellos"... Pero sí sé que amas a los animales como todos en este blog... Así que te doy mi más calurosa y amorososa bienvenida, y aquí me tienes para lo que necesite...

Un abrazo de leona emocionada

Zininha disse...

Amor de mãe...sem igual!

beijos... lindooooooo!!!!

Ritinha disse...

Emocionante.
Acho uma dificuldade fazer este corte no trabalho. Lidar com pessoas difíceis é complicado. Mas eis a lição de uma mãe nos mostrando que podemos cortar o círculo.

Parabéns pela mensagem!!!

Com carinho,
Ritinha

Norma Villares disse...

Esse círculo para quando neutralizado por outra energia subime. Lindo tema.
Que bom que voltou.
Abraços sublimes

Lú Silva disse...

Oie Maria, bom dia!!!!
Amei o texto, como sempre, mais uma bela reflexão. Sabe amiga, no meu core não tem lugar para o ódio viu. Eu o mando ir para bem longe sempre. Claro, que como não sou perfeita, tenho umas implicâncias básicas aqui e ali rsrsrsrs, mas são coisas passageiras.

Viva o amor!!!!

Minina ... esta senhora ai da foto é muito parecida com minha vovó que já faleceu. Fiquei com saudades dela... hummmmm


Bjos fofos

Jorge disse...

Maria José. olá!!!

Tem mais um selo prá você lá no meu bloguinho.
Passa lá, tá bom?

Um beijo,

Jorge

Elizabeth disse...

Olá Maria José,
Descansou? Enquanto ausente, dediquei um mimo para voce, que ganhei da Gislene. Abraços.

cantinho she disse...

Olá! Adorei o seu post, esse texto é realmente muito bom. Qto ao seu coment no meu blog...amei a nossa aventura...muitos já pegaram a carona e continuaram...beijinhos!
Cantinho She.

Edivaldo Lopes disse...

um otima terça a todos (a) retribuindo a visita
show esse blog

Gianete Rocha disse...

Que bom que retornou bem e com toda disposição para nos trazer reflexões profundas como sempre. Um beijo em seu coração!

Gianete Rocha disse...

Estou te deixando um selo no Espírito Azul. Espero que goste. Um beijo!

Antonio Carlos disse...

Querida irmã Maria José!
É muito bom tê-la de volta e principalmente falando acerca da necessidade do autocontrole e do semear do amor, que é o único sentimento capaz de estancar o ódio e os ressentimentos tão comuns entre pessoas que vivem se agredindo física e moralmente .
Pv 15.1 diz que "A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira", e o apóstolo Paulo vai mais longe em sua apologia ao amor quando em 1Co 13.1-9 nos ensina:"Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa ou como o címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei. E ainda que eu distribua todos os meus bens entre os pobres e ainda que entregue o meu próprio corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me aproveitará. O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade;tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.O amor jamais acaba; mas, havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, passará; porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos."
Façamos de Paulo as nossas palavras e amemos indistintamente aos nossos semelhantes no desejo sincero de que a paz reine em nossos corações irradiando-se e envolvendo todos à nossa volta.
Que o Senhor que sempre nos ama apesar de nossas imperfeições, te abençoe hoje e sempre.
Sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos
www.procurandoosperdidos.com

alegria de viver disse...

Querida amiga
Estou feliz com sua volta, agradeço as belas palavras que escreveu no meu blog.
E você é uma pessoa muito importante, quem dera existir mais pessoas com essa condição de amadurecimento espiritual, o mundo seria muito mais belo.
Este é o texto que todos deveriam ler, amor de mãe é o unico verdadeiro, é o mais próximo de DEUS.
Com muito carinho BJS.

JR disse...

Algum tempo atraz eu recebi uma mensagem um pouco parecida com esta e refleti muito e sabes que comecei a praticar esta experiencia na minha vida diária.
Nossa menina, como deu certo e justei varios ponteiros de relogios aqui na minha casa em relação a ela e agora como sempre já me acomodei de novo ,mas depois de reler o texto me incomodei comigo e amanhã começo de novo a me cobrar.
Porque será que pra mim ,as coisas funcionam só no empurrão ? rsrsr
Parabens pela postagem ,que foi mais uma dose de LEMBRAR E PRATICAR.
Bom retorno ao seu LAR .
beijos linda

A Magia da Noite disse...

é preciso saber quebrar o circulo e no lugar de ódio colocar amor e compreensão, porque se olharmos de forma diferente, até o pior erro se torna perdoável.

Reino da Fantasia disse...

Quando comecei a frequentar a Casa Espírita, escutei uma palestra doutrinária cujo doutrinador utilzou esta historinha como ilustração,nunca a esqueci.Muito boa! bjs