Páginas

sábado, 17 de outubro de 2009

NA PONTINHA DOS PÉS


Na pontinha dos pés, lembrava a porcelana destas que se vê num bibelô chinês.
Tinha a alvura do arminho – Ó frágil soberana que no primeiro olhar me cativou de vez!
Na pontinha dos pés, nem parecia humana, com tamanha humildade e tamanha altivez; um fragmento de céu, quando o céu se engalana, para Deus nos mostrar a beleza... talvez.
Uma santa! – eu diria – e meiga como os anjos, na pontinha dos pés, inventando os arranjos, a manter nosso lar, de bênçãos, talvez.
Depois a leucemia... a palidez sem cura... Um lírio a definhar... porém, sem amargura.
Eu juro que partiu na pontinha dos pés.

DESPEDIDA
Doeu a despedida... Tu morrias... (esqueceram-te alguns... eu não esqueço)
A viuvez, depois, cobrou seu preço em longas noites (sem dormir) vazias.
Faz tanto tempo já. Se de começo eu pude consolar-me em fantasias, elas murcharam no correr dos dias e perderam, de vez, meu endereço.
Na campa onde hoje estás, as minhas flores teu nome já não lêem. Foram-se as cores, como a ilusão que se esvanece e some.
Em mim, entanto, continuas viva, e a morte só terás definitiva, quando eu também já não tiver mais nome.

7 comentários:

Maria José disse...

Quero deixar aqui o meu respeito ao autor, por este texto de tamanha elevação espiritual. Com certeza, com este amor, vocês dois estarão sempre unidos na eternidade. Abraços fraternos.

▒▓█► JOTA ENE disse...

Olá Maria José, agradecer o seu interesse pelos meus cantinhos.

Seu blogue tem artigos excelentes.

Gostará tb de visitar este meu blogue, digamos que é uma fotografia da vida segundo a minha perspectiva:

http://www.blogger.com/profile/15979837357091805483

Fique bem e um excelente DOMINGO

angela disse...

Maria José
Lindamente triste. O amor, as vezes, de tão lindo, não morre nunca
beijos

Nacida Libre disse...

Querida Mª José: vengo a darte las gracias por haberme hecho el honor de visitar mi pequeño refugio de animales y haber decidido seguirme como he hecho yo contigo... Y para celebrarlo, vengo mansa y cariñosa a anunciarte que tienes dos hermosos premios esperándote en mi blog, en la entrada: “Y POR HOY ME DESPIDO CON UNA ALEGRÍA Y UNA SORPRESA DE FELIZ DOMINGO”… ¡¡¡ENHORABUENA Y GRACIAS POR TODO!!!

LUCONI disse...

MARIA JOSÉ TEU BLOG É UM PRIMOR, GRANDES LIÇÕES DE VIDA E MENSAGENS SEM IGUAL, ESTA ÚLTIMA POSTAGEM TOCOU-ME FUNDO, TANTAS PESSOAS AMADAS QUE PARTEM, E NÓS FICAMOS MOMENTANEAMENTE SENTINDO-NOS DESAMPARADOS, MAS A VIDA CONTINUA LÁ E AQUI, NADA PODE ESTACIONAR, E A MELHOR FORMA DE GANHARMOS O MÉRITO DO REENCONTRO É AO INVÉS DE AFUNDARMOS EM DOR, LEVANTAR AS MANGAS E TRABALHAR PELO BEM DO NOSSO PRÓXIMO, APROVEITANDO TODAS AS OPORTUNIDADES QUE NOS BATE A PORTA. BEIJOS lUCONI

sauvage27 disse...

Ciao Maria... bellissimo dolce sogno mio...
in punta di piedi tu entri nel cuore mio...
Maria... mi stringo nel tuo abbraccio.... e poi ti sogno... Maria... sei bellissima al cuore mio...
Chiudo gli occhi e ti bacio... Loris...

Renata Pires disse...

Oi Maria José!
Foi um prazer conhecer você!!!
Seu blog é lindo e será uma fonte inspiradora para mim também.
Um beijo.
Renata Pires