Páginas

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

O LAVRADOR E A CEGONHA


Uma Cegonha de natureza simples e ingênua por ser boa, foi convidada por um bando de Garças, a visitar com elas, um campo que fora recentemente semeado. Mas, a festa acabou bruscamente, quando todo o bando foi capturado numa armadilha colocada no local, pelo lavrador dono daquele cultivo.
A Cegonha pediu então ao lavrador que a deixasse ir embora. Ela argumentou dizendo: “Por favor, deixe-me ir embora, Eu pertenço à família das Cegonhas, que são conhecidas pela sua honestidade e bom caráter. Veja, até minhas penas são diferentes da plumagem delas. Além disso, não sabia que as Garças estavam vindo roubar suas sementes.”
Respondeu então o agricultor: “Você pode ser um bom pássaro, e tudo que diz pode ser verdadeiro, mas eu capturei você na companhia de Garças destruidoras de plantações, e assim, terá a mesma punição que reservei para elas.”

Moral da História: Você é julgado a partir das companhias com quem anda.

19 comentários:

*Teresa Cristina* disse...

Diga-me com quem andas e te direi quem és!

Jorge disse...

A Teresa sintetizou numa frase este conto. Para que mais?

Vila das Amigas disse...

Olá Maria José,

Adoro ler todos os seus textos.
Um abraço.

Jf. Barbosa disse...

Infelizmente somos julgados pelos outros.. sempre foi e sempre será assim!

Linne Souza disse...

Olá Maria José!
Amei conhecer seu blog, suas postagens são maravilhosas, verdadeira fonte de luz.

beijos com carinho!

PS: Linkarei seu blog no meu.

Lau Milesi disse...

Olá Maria José!! Tudo bem? Reflexivo seu post. Faço das palavras da Teresa, as minhas.
Um beijo e fiquei por aqui.

E.T.: Obrigada pela visita ao meu blog e por ter "ficado" rs por lá, mesmo na minha ausência. Estou de volta.
Ah...muito fofas essas estrelinhas que caem enquanto comentamos.rs

Ritinha disse...

Oi, Maria José

Muito boa esta mensagem!!!

beijinho

Ritinha

Graça Tristão disse...

Olá! Borboletando pelos blogs te encontrei e adorei seus "posts" suas histórinhas são encantadoras...estou te seguindo. Espero uma visitinha sua nos meus blogs...temos em comum...histórinhas!
PAZ no seu caminho...
Graça

Mariana disse...

Tem um selo no meu blog para ti.
beijos e um forte abraço.

alegria de viver disse...

Olá querida amiga
Esta historia mostra que somos todos iguais, é a lei da atração.
Com carinho BJS.

Pelos caminhos da vida. disse...

Acho errado pensar assim, mas cada cabeça uma sentença.

beijooo.

Paulo Tamburro disse...

MARIA JOSÉ, infelizmente só agora descobri seu blog.

Ou então, felizmente, agora eu o conheço!

Tenho alguns blogs de humor e acredito que, o humor seja a coisa mais séria que exista, para os quais aliás eu a estou convidando, o que muito me deixaria honrado.

Bem, nesta linha de humor - infelizmente só sei escrever assim - você já pensou se o nosso amado ESOPO, fosse o presidente do Senado Federal, ou da Câmara nos nossos ilustres deputados?

Poucos, ao cairem na armadilha da dignidade nacional, seriam libertos, seja por condutas próprias ou por suas companhias.

Concorda?

Enfim, serei seu seguidor e prometo voltar com mais tempo para ler e aprender realmente, no seu blog.

Um abração carioca!

seu gordo disse...

muito bom a ovelha e o lobo entao rsrsrs beijo do gordo fica na paz

wcastanheira disse...

É mto bom ler vc, faz bem a alma, clareia o conhecimento, esclarece dúvidas em alguns casos, ótima histórinha, bjos, bjos, bjoss

Efigênia Coutinho disse...

Muito bom este seu espaço, muita reflexão, que deve ser lida e aproveitada na sua máxima da mensagem,Efigênia Coutinho

mikelle disse...

visiting u again my friend have nice day

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Procurar companhias equivalentes para o percurso da vida. Assim, pode-se haver crescimento e não prejuízo pessoal. Beijos.

♥ ♥ Eu disse...

Tem um Selinho Primavera esperando por vc lá blog, espero q aceite...ofereço à vc com muito carinho.

bjos!

*Lisa_B* disse...

Olá :-)
Hoje tirei um pouquinho de tempo para deixar umas palavras.
É lamentável mas verdadeiro as pessoas julgam e condenam (inocentes)uns pelos outros.

Na boca do mundo poderei ser drogada porque me junto a eles na tentativa de os desmotivar das drogas, posso ser protituta porque falo com elas para tentar que se protejam o máximo e para tentar outras soluções de vida,e por aí fora...falo com quem quero e não me importa se alguém me julga mal baseados nas companhias.Serei sempre Eu quando me olho ao espelho e sorrio sabendo quem Sou.
Beijinhos e descubra sempre destes bons posts para lermos.