Páginas

segunda-feira, 21 de julho de 2014

VOCÊ PODE...




Você pode ir embora e nunca mais ser a mesma.
Você pode voltar e nada ser como antes.
Você pode até ficar, pra que nada mude, mas aí é você que não vai se conformar com isso.
Você pode sofrer por perder alguém.
Você pode até lembrar com carinho ou orgulho de algum momento importante na sua vida: formatura, casamento, aprovação no vestibular ou a festa mais linda que já tenha ido, mas o que vai te fazer falta mesmo, o que vai doer bem fundo, é a saudade dos momentos simples:
Da sua mãe te chamando pra acordar,
Do seu pai te levando pela mão,
Dos desenhos animados com seu irmão,
Do caminho pra casa com os amigos e a diversão natural
Do cheiro que você sentia naquele abraço,
Da hora certinha em que ele sempre aparecia pra te ver,
E como ele te olhava com aquela cara de coitado pra te derreter.
De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades:
Não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma;
Cuidado com o que anda desabafando;
Conte até três (tá certo, se precisar, conte mais);
Antes só do que muito acompanhado;
Esperar não significa inércia, muito menos desinteresse;
Renunciar não quer dizer que não ame;
Abrir mão não quer dizer que não queira;
O tempo ensina, mas não cura.

4 comentários:

Maria Adeladia disse...

MARIA JOSÉ:O tempo na verdade ensina, mas não cura!Fica sempre aquela mágoa, ferida dentro da gente.E com certeza, a saudade é de todos os momentos verdadeiros e naturais da nossa vida.Beijos e uma linda noite.

Antonio Celso da Costa Brandão Brandão disse...

Este texto me recorda uma máxima: Perdoar sempre mas esquecer jamais.

Rô... disse...

oi minha amiga,

tem coisas que gostaria de esquecer completamente,
acredito que tenha perdoado,mas algumas vezes ainda me deixam com um certo amargor na boca...

beijinhos

Bell disse...

Aprendemos todos os dias, caímos e levantamos.
Há aprendizados simples e complexos.

bjokas =)