Páginas

quinta-feira, 20 de março de 2014

A CORAGEM E A VONTADE


Num mundo em que os problemas se multiplicam à nossa volta, o ser humano deve cultivar pensamentos positivos para enfrentar com o maior ânimo todas as vicissitudes da vida.
Ser tolerante consiste em aceitar outras formas de pensar e de atuar. Quem procede assim revela autoconfiança, sabe o caminho que deve percorrer, sem necessidade de se impor aos outros.
A impaciência raramente alcança bons resultados. É preciso dar tempo ao tempo. Não é por quebrar o ovo antes do tempo que se adianta o nascimento do pinto, pelo contrário, causamos-lhe a morte.
Errar é humano. Recuperada a lucidez não adianta derramar culpas sobre o passado. É como culpar a lei da gravidade sempre que quebramos um copo. A melhor atitude é apanhar os vidros e substituir o corpo.
Não devemos ser como os que passam metade da vida a dizer o que vão realizar e a outra metade a explicar por que não realizaram. Os insensatos só aprendem com os próprios erros, quando aprendem.
Não podemos, por muito tempo, sustentar as frágeis asas da fantasia, nem nos sentirmos satisfeitos pelas realidades medíocres e mesquinhas que um mundo sem valores nos oferece.
Sempre acreditamos que as dificuldades presentes desaparecem quando enfrentadas com firmeza. A vida não é fácil para ninguém. Usemos a nossa força de vontade e, sobretudo, confiemos em nós próprios.
É preciso ter coragem, não fugir às responsabilidades e lutar contra a tendência natural do menor esforço. Não há nada que tanto engrandece e eleve os homens acima de si próprios como a sua força interior.
A coragem de hoje será a experiência que nos auxiliará no futuro. É nos momentos difíceis que as capacidades surgem como prova de crescimento e desenvolvimento da vontade psicológica e espiritual.
Muitas são as vítimas das diversas formas de infortúnio e, não obstante, não se deixam abater. É através do sofrimento que, muitas vezes, o ser humano surpreende positivamente, pela sua capacidade de emergir do mais profundo e obscuro buraco.

4 comentários:

Claudia disse...

Com certeza são as dificuldades que nos deixam melhores e mais fortes. Adorei a citação da casca do ovo...se quebrar antes do tempo o pinto morre. òtimo! bjs

sonhosemilia disse...

Que fofo seu blog , obrigada por mim seguir ,amei o texto ...te seguindo beijuuus

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Maria José
Passando pra felicitar-lhe pelo dia do blogueiro...
Realmente, não se deixar abater é uma graça divina...
Bjm fraterno e quaresmal

Rô... disse...

oi minha amiga,

as dificuldades tornam nossos galhos mais frondosos e resistentes...
mas também exigem um certo sacrifício e muita dedicação...

beijinhos