Páginas

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

O AMOR NÃO É LOUCO




O amor não é louco.
Sabe muito bem o que faz, e nunca, nunca, age sem motivo.
Loucos somos nós, que insistimos em querer entendê-lo no plano da razão.

6 comentários:

Maria disse...

O amor estará no plano da emoção, nunca da razão...!
Beijinhos
Maria

Guaraciaba Perides disse...

O amor realmente não se explica...apenas se sente em todas suas implicações.
Um abraço

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Como gostei do texto da saudade, amiga! E sinto tanta saudade!!! Saudade dos tempos que vivi no Brasil...dos famíliares chegados que lá deixei ( pais e irmão )...dos amigos que conquistei, dos meus pequenotes brasileirinhos, agora adultos portugueses; enfim de uma vida feliz que nunca fará parte do passado, porque está constantemente no meu presente E o "não saber" o que fazem no dia a dia...nas lágrimas que lhes caem...nas gargalhadas que dão faz a saudade ser ainda mais doída. O amor, esse, é de definição complexa, mas creio que é de grande simplicidade. Amar é fácil, nós é que complicamos. Um beijinho e boa noite. Um bom fim de semana
Emília

Rô... disse...

oi minha amiga,

é verdade,
o amor só ode ser entendido
se for com o coração...

beijinhos

Maria Ferreira N. Vechi disse...

Concordo.Com a prática do amor tudo fica muito mais fácil.
Bjs,excelente final de semana.

ONG ALERTA disse...

Verdade, beijo Lisette.