Páginas

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

O HOMEM QUE NÃO SE IRRITAVA



Em uma cidade interiorana, havia um homem que não se irritava e não discutia com ninguém. Sempre encontrava saídas cordiais. Não feria nem se aborrecia com as pessoas. Morava em uma modesta pensão, onde era admirado e querido.
Para testá-lo, seus companheiros combinaram levá-lo à irritação em um jantar. No restaurante, combinaram todos os detalhes com a garçonete que seria responsável por atender a mesa reservada para a ocasião. Assim que iniciou-se a refeição, como entrada foi servida uma deliciosa sopa, da qual o homem gostava muito. A garçonete chegou próximo a ele, pela esquerda, e ele, prontamente, levou seu prato para aquele lado, a fim de facilitar a tarefa de servir. Mas ela serviu todos os demais, e, quando chegou a vez dele, foi para outra mesa. Ele esperou calmamente que ela voltasse.
Quando ela se aproximou outra vez, agora pela direita, para recolher o prato, ele levou outra vez seu prato na direção da jovem, que novamente se distanciou, ignorando-o.
Após servir todos os demais, passou rente a ele, acintosamente, com a sopeira fumegante, exalando um aroma saboroso, e retornou à cozinha. Naquele momento, não se ouvia qualquer ruído. Todos o observavam discretamente, para ver a reação dele.
Educadamente, ele chamou a garçonete, que se voltou, fingindo impaciência, e lhe disse: - O que o senhor deseja? Ele respondeu, naturalmente: - A senhora não me serviu a sopa. Novamente, ela retrucou, para provocá-lo, desmentindo-o: - Servi, sim senhor! Ele olhou para ela, olhou para o prato vazio e limpo e ficou pensativo por alguns segundos. Todos pensaram que ele iria brigar. Suspense e silêncio. Mas o homem surpreendeu a todos, ponderando tranquilamente: - A senhora serviu sim, mas eu aceito um pouco mais!
Os amigos, frustrados, terminaram o jantar convencidos de que nada faria com que aquele homem perdesse a compostura.
Parábola extraída do livro “As mais belas parábolas de todos os tempos”, volume 2, Alexandre Rangel, Editora Leitura.

MORAL DA HISTÓRIA:
Bom seria se todas as pessoas agissem sempre com discernimento em vez de reagir com irritação e impensadamente. Ao protagonista da história, não se importava quem estava com a razão, e sim evitar as discussões desgastantes e improdutivas, quem age assim sai ganhando sempre, pois não se desgasta com emoções que podem provocar sérios problemas de saúde ou acabar em desgraça. Muitas brigas surgem motivadas por pouca coisa, por coisas tão sem sentido, mas que se avolumam e se inflamam com o calor da discussão, isso porque algumas pessoas têm a tola pretensão de não levar desaforo para casa, mas acabam levando para a prisão, para o hospital ou para o cemitério. Por isso a importância de aprender a arte de não se irritar, de deixar por menos ou encontrar uma saída inteligente, como fez o homem no restaurante.

26 comentários:

MARIA MACHADO disse...

Boa noite querida!

Muito lindo seu blog, com textos profundos e maravilhosos.

Já estou seguindo, e quero te dizer muito obrigada viu! Gostei muito de te encontrar no meu blog.
Parabéns!!!
Um abraço. Voltarei em breve!!

Maria Machado

Dilmar Gomes disse...

Amiga Maria, a questão é que as pessoas, de modo geral, acham que humildade, tolerância, educação é sinônimo de covardia...
Um abração. Tenhas uma noite de paz.

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Maria.
Amei o seu blog.
Devemos seguir o modo de ser deste homem,ele sabe viver rsrs.
Uma linda noite.
Beijos.

Gata disse...

Eu tenho mesmo de aprimorar essa arte!!! Ainda para mais neste mês, com encontros familiares por vezes desgastantes, heheheh!
Beijinhos

José María Souza Costa disse...

Olá.

Hoje é Sexta Feira, o primeiro do dia, dos fins de semana.
Quero desejar-te Saúde. Alegrias. Paz. Deslumbramentos. E uma contagiante vontade, para que os teus sonhos, aqueles ainda não realizados, concretize-se. O melhor da Vida, sempre é, viver em paz. Por isso, receba o meu sentimento de carinho, de amizade, e de respeito.
Fique com Deus, o Criador, o dono, do dom da Vida.
Um abraço.

La abuela frescotona disse...

estoy de acuerdo contigo, la ira no es buena consejera, muchos son los heridos por su mal carácter, saludos querida amiga

Bell disse...

oi Ma

o ser humano hj explode por qualquer coisa, isso é falta de auto domínio.
Infelizmente estamos cada vez mais agindo assim.

bjokas e um lindo fds =)

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ,
" Bom seria se todas as pessoas agissem sempre com discernimento em vez de reagir com irritação e impensadamente."
O paragrafo acima, NÃO passa de utopia do autor. Bjs. Roy Lacerda.

Maria Luisa Adães disse...

De acordo com o que diz!

A simplicidade
deve ser apanágio
de nossa vivência!

Grata por a encontrar como seguidora nos (7degraus).

Tentarei fazer o mesmo, mas não estou no meu País nem no meu pc.

Vou tentar!

Maria Luísa


São disse...

Um texto bom para reflexão.


Abraços

Maria Luisa Adães disse...

Entrei!

Estou exatamente no Brasil/ São Paulo!

Maria Luísa

Adriana Paz disse...

Grande lição de vida,Maria José.

Que bom que me segue,amiga!

Amei seu espaço!

Sigo você também.

Vou colocar seu blog na minha lista de blogs amigos para visitar sempre.

Seja Bem Vinda!

Obrigada pela visita,volte muitas vezes!

Eu sempre respondo abaixo dos comentários também!

É importante ler esses respostas!

Adorei ter você como minha nova amiga.

Beijos e ótima semana

Dryka

Tenho face Book (Tem atalho à direita de meu blog)


Blog Suas Histórias Nossas Histórias



Kleiton Gonçalves disse...

Espaço mais bonito é este seu. Parabéns e obrigado pela visita a meu espaço. Te seguindo também. Abraços!!

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Belas expressões. Um feliz fim de semana...

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Maria José, achei extremamente interessante seu blog, por isso sigo-te!
Seu texto serve para estudo e reflexão.
Atualmente estamos sempre nervosos, irritados e, às vezes nem nos damos conta do quanto adoecemos por estarmos intranquilos.Bom seria se todos aprendêssemos a ser tolerantes e não nos irritarmos . Parabéns! Grande abraço e bom final de semana!

edumanes disse...

Nenhum comentário deixo sem resposta
Não seria o seu amiga Maria José
Bem escrita personalizada prosa
Que o destino nos conduza com esperança e fé!
Venho do meu humilde espaço
Visitar o seu lindo cantinho
Pela sua visita dizer obrigado
Deixar para você o meu carinho!
Bom fim de semana desejo para você
amiga Maria José.
Um abraço
Eduardo.

Maria do Sol disse...

Suponho que o grande mal da Humanidade é a intolerância, e há muitas formas de ser intolerante.
Adorei o blogue.Vou seguir.
Beijinho

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde, Maria José!
...será que um dia, todos serão como esse senhor?
Temos muito que evoluir ainda... ainda estamos em trabalho de aperfeiçoamento. Muitos se irritam...por vezes, por muita coisa,outras por pouca...importante, refletir e ter a consciência do que a irritação pode causar e aprender que isso não leva a nada saudável...e no livro de Provérbios 15:1" A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Portanto responda com muita cautela, sabendo que o que você irá responder pode causar uma das duas situações, uma pode dessas reações pode ser positiva fazendo com que todos consiga viver em harmonia, ou pode ser uma reação negativa fazendo que se aumente mais a ira...
Seja muito bem vinda ao meu Blog Dois, meu esconderijo poético...muito obrigado!
ClickAkiFelisJunior
Belos dias,beijos!

Jossara Bes disse...

Sabedoria e discernimento!
Educação e a gentileza são pérolas raras!
Belo texto!
Felicidades para você!
Beijos!

Claudia disse...

Oi minha querida!
Que belo texto, lembra a alma de Nelson Mandela! tolerância, paciência e amor....sempre tão possíveis quando se tem consciência e vontade!amei...beijos e bom fim de semana!

Rovênia disse...

Temos muito a aprender. Adorei a história! Um abraço e ótimo fim de semana! Seguindo o seu blog porque gostei!

Felisberto Junior disse...

Olá!Maria José!...agradeço pelo carinho da participação,muito obrigado,belo final de semana,beijos!

Clau disse...

Oi Maria José,
Obrigada por sua visita.
Seu blog é bonito e organizado.
Gostei da reflexão!
Tem pessoas que ficam irritadas à mínima contrariedade,mas quem nutre o ser com sabedoria,geralmente é equilibrado.
Bjs!

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

maravilhoso espaço / belas e poderosas idéias por aqui!
namastê!

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Que bom que me segue,Maria José!

Amei seu espaço!

Sigo você também.

Vou colocar seu blog na minha lista de blogs amigos para visitar sempre.

Seja Bem Vinda!

Obrigada pela visita,volte sempre!

Adorei ter você como minha nova amiga.

Beijos e ótima semana

Donetzka

Face Book:


https://www.facebook.com/donetzka.cercck




Blog Magia de Donetzka









Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Maravilhosa lição de vida,amiga Maria José.

Eu já a seguia,querida.

Afastei-me por um tempo e hoje somente vc me segue também.

Estará na minha lista de blogs favoritos para que eureceba suas atualizações.


Lindo fnal de semana com amor e paz

Beijos


Donetzka (Done)


Face Book:


https://www.facebook.com/donetzka.cercck




Blog Magia de Donetzka