Páginas

segunda-feira, 22 de julho de 2013

NAS HORAS OBSCURAS




Às vezes nossa fé se abala tanto,
Que nas horas que a dor vem e tortura,
O nosso coração desfaz-se em pranto,
E sentimos somente desventura.
Vemos o mundo sem nenhum encanto,
Não há mais sonho em nós, nem mais ventura;
E pensamos que existe em cada canto,
Tão somente a presença de amargura.
Pois é aí que chega a hora certa,
De mantermos a mente sempre aberta,
Para buscarmos, no escuro, a luz.
E sentimos de nós alguém bem perto,
Dizendo (a nos mostrar o rumo certo):
“Vim te ajudar meu filho! Sou Jesus!”

2 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Maria José
Jesus vem sempre em nosso auxílio porque sabe da nossa fraqueza sem Ele...
Bjm de paz e bem

Rô... disse...

oi minha amiga,

é nas horas mais difíceis que Jesus nos carrega no colo,
é sempre assim...

beijinhos