Páginas

segunda-feira, 18 de março de 2013

ALEGRIA



Beneficência é também viver corajosamente com esperança e alegria. Pensa nos acidentados da alma. Os que foram atropelados pelas grandes provações nem sempre se reconhecem tão fortes, a ponto de te dispensarem o socorro espiritual.
Caminha reerguendo os corações caídos em tristeza e desânimo. Rearticula a fé nos companheiros que se perderam do rumo. Se algum deles se marginaliza, auxilia-o a reajustar-se na trilha certa.
Estende as mãos aos que se imobilizaram no sofrimento para que retomem o trânsito natural de quantos se dirigem para a frente. Para isso, lembra-te de esquecer os argumentos amargos e as reminiscências infelizes.
Fala no bem, encaminha-te para o futuro, interpreta com a luz do amor os acontecimentos da vida e eleva os assuntos para os cimos da compreensão.
Dispõe do olhar de simpatia, do entendimento fraterno, do sorriso amistoso, da palavra benevolente; reaquece a confiança nos irmãos que esmorecem ao contato dos problemas do mundo e ajuda-os a refletir na bondade divina que nos acolhe a todos.
Não te detenhas. Caminha avivando a chama da alegria por onde passes.
Se não trazes contigo fontes de consulta capazes de renovar-te os conhecimentos nem podes ouvir, de imediato, os Mentores da Sabedoria que te reformulem o verbo para a exaltação do bem, medita contigo mesmo e perceberás que da erva esquecida no campo aos sóis que resplendem no espaço cósmico, tudo te falará de alegria e de esperança na criação de Deus.




2 comentários:

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Siempre hay que ayudar a los más desfavorecidos e irradiar energía Positiva a quien, realmente, lo necesita.
Abraços.

She disse...

Antes mesmo de chegar ao final já imaginava ser texto desse espírito que eu adoro e que foi tantas vezes psicografado por Chico Xavier... amei!
Beijo, beijo querida!
She