Páginas

domingo, 6 de janeiro de 2013

GRATIDÃO




Costumamos pensar que nada nessa vida é gratuito e, portanto, quanta beleza não recebemos gratuitamente cada dia e acolhemos isso com uma naturalidade tão grande, que até nos esquecemos de agradecer. O céu não nos cobra nada para nos mostrar as estrelas; o nascer e o pôr do sol são espetáculos onde o número de lugares é ilimitado e acessível a todos. Os pássaros nunca cobram pelas lindas canções; as flores se oferecem voluntariamente com todas as suas variantes, tamanhos e formas. E quanto tempo gastamos da nossa vida para dizermos, nem que seja por uma vez,“graças, Senhor, por nos ter dado tanta beleza.”
A verdade é que pedimos muito e agradecemos pouco da vida. Somos capazes de gastar horas, mesmo dias, em lamentações, mas somos muitas vezes incapazes de gastar um minuto para agradecimento. Faz parte da natureza egoísta de todo ser humano de pensar que tudo deve ser dado a ele. Isso é uma balança muito desigual nos ombros de Deus. As pessoas jogam pedras demais e flores de menos. É tremendamente injusto! Talvez se pudéssemos achar mais equilíbrio entre aquilo que agradecemos por ter, teríamos muito mais para agradecer.
Deus deu ao homem a terra e tudo o que nela há; se não podemos desfrutar disso, é porque ao longo dos anos os homens se esqueceram que o que recebe de graça, de graça se dá. Tudo então ficou transformado e chegamos ao caos onde estamos.
Mas ainda é tempo de agradecer. Se começarmos a fazer um exercício diário de agradecimento pelas inúmeras bênçãos que recebemos (e que passam quase sempre despercebidas!); se trocarmos isso por tudo o que queremos reclamar, tenho certeza que vamos ver a vida de uma outra maneira daqui pra frente.
Agradeço, Senhor, pelo dia de hoje! Agradeço porque mais um dia se passa e continuamos de pé. Agradeço porque ainda resta um pouco do paraíso e que ainda podemos desfrutar disso. E agradeço porque meus amigos fazem parte desse resto de paraíso!

Hoje é o dia da GRATIDÃO. Se expressarmos gratidão pelo que temos, teremos mais porque expressar gratidão.

7 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Muito bom amiga Maria. Realmente, mais reclamamos e lamentamos que agradecemos. E, nossas reclamações, quase sempre, são infundadas, despropositadas e inúteis.
Um abraço. Tenhas uma linda semana.

Caroll disse...

Verdade,reclamamos muito e agradecemos pouco,mas estamos aqui para aprender e assim evoluir a cada dia!
Desejo um 2013 cheio de bençãos para vc, minha querida! =)

Ives disse...

Há tantas sementes, pequenas, invisíveis que produzem árvores grandiosas; e olha só, esquecemos de agradecer as sementes que caem do céu! abraços

Rô... disse...

oi minha amiga,

na vida deveria haver uma regrinha básica,
primeiro temos que agradecer,
depois é o depois...

beijinhos

Ilca Santos disse...

Olá Maria José,
A gratidão é um sentimento belo e nobre que precisamos aprender a cultivá-lo no nosso dia a dia. Vamos trocar o inconformismo, as lamentações, por uma atitude positiva. Agradecendo sempre pela vida e por todas as bênçãos que Deus nos concede a todo momento.
Feliz semana, amiga.
Beijos.

Claudia disse...

Que lindo este blog...quanta coisa especial e verdadeira...não sei como cheguei aqui, mas com certeza estarei por aqui várias vezes...tenho um blog sobre aromaterapia e algumas vezes também coloco textos de autoconhecimento, para exemplicar melhor os óleos essenciais...adorei! parabéns e até mais!

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ,

O dia 6 de janeiro pode até ser o "Dia da gratidão', mas na Bahia(Salvador), comemora-se o Dia dos Santos Reis. Qual o mais importante? responda quem puder. Bjs. Roy Lacerda.