Páginas

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

QUANDO CHEGA A HORA



Grandes catástrofes mexem conosco. Elas nos aterrorizam porque nos obrigam a enfrentar a nossa fragilidade diante do mundo.
E por horas e horas ficamos atentos, entramos num solidário estado de choque, dor e medo.
Mas passado o primeiro susto, voltamos a uma vida normal, porque é assim, a vida continua.
E continuam também as grandes catástrofes, independentes de nós, só que em pedacinhos, sem que tenhamos consciência.
Morrem muito mais pessoas de acidentes de carro por dia que quando um avião cai.
Morre muito mais pessoas de forme no mundo por dia do que as que se vão quando um navio afunda.
Não... Isso não é um consolo! Mas precisamos tomar consciência que o terror que nos assombra dos grandes acontecimentos, deveria nos deixar alertas a cada dia para o que somos e do quanto nosso coração não nos pertence.
Quando nossa hora chega, ela chega, quer estejamos numa viagem ou deitados na nossa cama.
O Senhor tem nosso coração nas mãos, mas nós nos esquecemos disso. Assim, vamos vivendo como se fôssemos donos de nós, quando na verdade, estamos somente cumprindo nossa parte na escritura do livro da existência.
Cada dia, para cada um de nós, é um capítulo que se termina. Nossas últimas páginas, nossas últimas linhas e nosso ponto final continuam um mistério.
E isso deveria nos alertar para tomarmos consciência do quanto é importante sermos bons, estarmos preparados com nossa candeia acesa, nosso coração escancarado ao perdão, à compreensão e ao amor incondicional.
Texto enviado por Roy Lacerda do blog
MomentoBrasil e foi aqui postado, por ser pertinente à proposta do Arca.

11 comentários:

Cris Tarcia disse...

Maria José, estava comentando sobre isso hoje, quando é a nossa hora ela vem mesmo, o melhor e viver bem, amar

Beijos

Meire Oliveira disse...

Maria, minha docçura, hj me emocionei com seu post, muito mesmo. Mesmo que achemos que é uma tragédia o que estamos vivendo sabemos que existem coisas piores por aí, mas o problema é que é a nossa dor, e somos nós que temos que cuidar dela pra que ela saia dali, pra que a vida continue, pra que nós continuemos. Amiga, não é fácil ser forte, mas quando temos muiiito amor no nosso coração já ajuda bastante e quando se tem amigas tão lindas e queridas como vc, é tudo de bom!!!

bjokitas mil, te amo muito.

Giovanna disse...

A hora certa chega para todos, nos não sabemos quando, nem como ou porque..por isso precisamos estar calçado todos os dias, nosso coração precisa estar direcionado, fortalecido e consciente do que nos espera e será que estamos prontos? quando a nossa hora chegar... devemos examinar como anda o nosso coração e o nosso caminhar...nossas atitudes... todos os dias é tempo de perdoar, arrepender, confessar... os minutos seguintes não sabemos...

Um lindo texto para o dia de hoje onde podemos refletir como anda o nosso coração e o nosso caminhar e fazer os acertos com o Senhor.

Abraços
Giovanna

Rô... disse...

oi minha amiga,

esse é o único momento,
que não temos como negociar,
ele chega a todos,
o melhor é enquanto ele não vem,
vivermos da melhor maneira,
distribuindo amor,
caridade e gratidão...
você como sempre dando lindos exemplos...

beijinhos

retrato... disse...

sem duvida que se trata de um tema pertinente e que merece destaque de debate embora, diga-se o que se disser, o nosso dia já está agendado no calendário "d'Ele".

a observação do trágico é algo que nos dói, nos marca e nos faz pensar, mas o soberano conselho "d'Ele" é o vivermos o hoje e aprender para vivermos o amanhã.

bj...nho

Hana disse...

Maravilha de post Maria esta doce seu post, e um chamada a reflexão, o que muito falta nos seres humanos auto reflexão.
Tem como não se apaixonar por este blog?
com carinho
Hana

borboleta psique disse...

fazia um tempinho que não passava por aqui, ando um tanto atarefada!!!! E até meu blog não tenho atualizado todos os dias.

Muito sábio o texto.
Parabéns pela escolha.

Abraços fraternos
Borboleta Psiquê

josenaide coelho disse...

Lindo texto!toda hora vivenciamos coisa novas,mais temos que ficar alertas para certos detalhes,pois ela passa muito rápido e as vzs não dá tempo de fazer tudo que temos vontade.Bj...

josenaide coelho disse...

Lindo texto!toda hora vivenciamos coisa novas,mais temos que ficar alertas para certos detalhes,pois ela passa muito rápido e as vzs não dá tempo de fazer tudo que temos vontade.Bj...

francislaine disse...

Perdi meu sobrinho q tinha 17 anos, ainda estamos muito abalados, mas queria muito ajudar minha irmã, alguem sabe algum livro, alguma explicação para essas provações que recebemos, pq ele c foi tão cedo....

francislaine disse...

Perdi meu sobrinho q tinha 17 anos, ainda estamos muito abalados, mas queria muito ajudar minha irmã, alguem sabe algum livro, alguma explicação para essas provações que recebemos, pq ele c foi tão cedo....