Páginas

sábado, 26 de novembro de 2011

MUITO ALÉM DAS APARÊNCIAS



Não... Quem vê cara não vê coração, nem a alma, nem a solidão ou o desespero escondidos atrás de sorrisos ou gestos.
Não que essas coisas não sejam transparentes, mas o que as outras pessoas gostam mesmo são das evidências. Para elas, se sorrimos, é evidente que estamos felizes e não há razão para ir além.
As pessoas se esquecem simplesmente que existimos além, muito além das aparências.
Se você está triste, seus verdadeiros amigos vão querer saber por quê, vão se interessar. Talvez antes que você pronuncie uma palavra eles já notaram, por que te conhecem o suficiente.
Mas em geral cada qual já tem suas próprias preocupações, legítimas ou não, para querer saber o que se passa dentro de um coração fechado.
Diz-se “como vai você” ou “tudo bom” mais por educação do que por interesse em saber realmente como o outro vai. Faz parte do palco da vida onde cada qual representa seu papel. E quando as cortinas se fecham, fecha-se também o mundo em torno de si.
Pessoas sentem-se sozinhas, choram sozinhas e oram em silêncio para que a solidão faça uma viagem para bem longe.
Todo mundo parece tão preocupado com sua busca de felicidade, seu par perfeito, suas realizações... suas!
Olhássemos nós um pouquinho mais para o lado e veríamos que não pode haver felicidade, ou perfeição, ou realizações se temos tudo, se conseguimos tudo, mas não conquistamos verdadeiramente um coração.
As pessoas existem além das aparências, elas amam além das aparências, elas sofrem além das aparências. Elas são, simplesmente.
A gente aprende muitas coisas na vida, mas pouco aprendemos sobre olhar. Olhar dentro, para dentro... fotografar em si as necessidades alheias e tentar supri-las com um interesse verdadeiro.
A superfície engana tanto e tanto! Mas ninguém disfarça um olhar que brilha ou que chora.
Existiria menos egoísmo e menos solidão se olhássemos mais nos olhos das pessoas, se compreendêssemos que para elas muitas vezes mais importante que um pedaço de pão é um pouco da nossa atenção.

14 comentários:

Hanny Meire disse...

Excelente texto ! Muito bom mesmo, concordo inteiramente com ele. Pena que muita gente lê, concorda, gosta mas não coloca em prática ... beijos !

momentobrasilcom.com disse...

MARIA JOSÉ:
"Todo mundo parece tão preocupado com sua busca de felicidade, seu par perfeito, suas realizações... suas! Mas se não conquistamos verdadeiramente um coração, de nada adianta.
Existiria menos egoísmo e menos solidão se olhássemos mais nos olhos das pessoas, se compreendêssemos que para elas muitas vezes mais importante que um pedaço de pão é um pouco da nossa atenção. Pois os olhos SÃO O ESPELHO DA ALMA, amor. Bjs. Roy Lacerda.

Feminina e Vaidosa disse...

Ótimo texto!
Outro dia li um pensamento que diz resume bem ele: As únicas pessoas que realmente se importam conosco são as que nos amavam antes mesmo de nós nascermos.
Na foto uma avó com um bebê no colo.
Beijos

Maria Adeladia disse...

Boa noite, querida.

Sim, além dos nosso pais que são amigos fiéis e maravilhosos, há tb os amigos verdadeiros! Resumindo, os que se importam conosco são os que nos amam!

Quando se conhece verdadeiramente uma pessoa, conhece-se além da sua alma!

Beijos, Maria José e um bom fim semana.

josenaide coelho disse...

Hj vim aqui te perguntar,tà tudo bem contigo? Espero k sim .Boa noite e tudo de bom nesta noite,BJs!!!!

Cris Tarcia disse...

Lindo texto, sempre estamos aprendendo algo com a vida.

Beijos

josenaide coelho disse...

Nada de viver de aparências,isso é pura ilusão....Elas enganam e muito.Eu conheço uma pessoa logo de cara,quer queira ou não eu tenho um k especial que me leva além de tudo isso,não queira nem saber esse dom que eu tenho de especular até mesmo de longe,kkkkk,eu adoroooooooooooooo.

josenaide coelho disse...

A vida é uma escola,tem melhor pra se aprender? A minha resposta é não e você?

Marie disse...

Esse texto é muito bom! Seria importante cultivarmos um tempo para avaliarmos nossas atitudes, ver se estamos satisfeitos com as escolhas, porque existem sim costumes esperados pela sociedade, mas o importante é estar em paz e ter a sensação agradável de que se está no caminho certo e o bem está sendo feito. Te desejo um excelente fim de semana. Fica com Deus e um forte abraço!!
http://cmari.blogspot.com/

AugustoCrowley disse...

Uma grande verdade!

Patrícia Pinna disse...

Bom dia. Amei o seu texto. Seria bom que todos tivéssemos a preocupação com o próximo, e que de fato nos interessássemos por ele, que como bem escreveu você, muitas vezes a atenção é mais importante do que um pedaço de pão, pois existem almas tão carentes, precisando de apenas falar, de um ombro para encostar a sua cabeça pesada de problemas, desatenção, desamor, decepções.
Se deixássemos a formalidade de lado, e mostrássemos amor de fato, muitas vidas poderiam ser salvas da obscuridade de suas almas.
Sei muito bem que um olhar não consegue esconder o que há dentro da alma, sou exemplo disso, e creio que todos são.
Importar-se conosco é necessário,precisamos cuidar de nós, mas sem a superficialidade de costume, do mesmo modo devemos agir com o outro, pois com certeza gostaríamos de um afago, uma atenção, um socorro.
Quantas vezes precisamos desabafar e não encontramos ninguém que nos ouça?
O egoísmo está imperando, e isso é muito triste.
Como é bom encontrar alguém que apenas nos ouça, já ajuda e muito.
Fazer um reconhecimento de nós mesmos e dos nossos valores,é o primeiro passo para haver uma transformação sincera e verdadeira, a fim de que possamos nos ajudar e ao próximo também.
Parabéns pela sua alma linda traduzida em palavras.
Um beijo e fique com Deus!

Pelos caminhos da vida. disse...

Os valores ficaram para trás, infelizmente...

Bom domingo amiga!

beijooo.

Denise disse...

Esta mensagem está em completa ressonância com meu último post, Maria José...acho que o que tenho observado, aqui mesmo na blogosfera, são claros sinais disso, dessa urgência e dessa ânsia em mudar alguns rumos...procurando fórmulas e alternativas no lugar errado..bastaria olhar pra dentro, naturalmente, ao encontrar o que tanto procura, passaria a olhar à volta, enxergando o outro...todos existimos muito, muito além das aparências.

Uma ótima tarde de domingo, precedendo uma ótima semana, se Deus quiser!!
Bjo

Cidinha disse...

Olá Maria. Belo texto de Letìcia! Grandes verdades. Pois não precisamos só de pão. Sim de carinho e atenção. Precisamos de todo mundopois estamos na matéria e ainda temos dificuldades de olhar pra nós mesmo e ver nossas imperfeições. Bjos.