Páginas

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

NOSSO LAR



1. “Eu guardava a impressão de haver perdido a idéia de tempo. A noção de espaço esvaíra-se-me de há muito. Estava convicto de não mais pertencer ao número dos encarnados no mundo.” (André Luiz)
2. “Quando te encontres diante de alguém que a morte parece nimbar de sombra, recorda que a vida prossegue, além da grande renovação.” (Emmanuel)
3. “Aprendemos hoje que a vida se espraia, triunfante, em todos os domínios universais do sem-fim.“ (Emmanuel)
4. “Se tu estás doente, ora a fim de que a saúde possível te seja restituída. Se tu tens o corpo robusto, ora para que as tuas forças não se percam.“ (André Luiz)
5. “Ouve a própria consciência, seja qual for a idéia religiosa a que te filies, e perceberás que nasceste para realizar o melhor.“ (Emmanuel)
6. “Se tu retirares a sombra de tristeza que te cobre o olhar, observarás que o Sol e o Tempo renasceram hoje, a fim de que tu possas refazer-te e recomeçar.” (André Luiz)
7. “Por mais que sofras, guarda a fé em Deus e segue adiante, no caminho que a vida te deu a trilhar.” (Emmanuel)
8. “A única fórmula clara e segura de vencer no teste contra as influências inferiores, será sempre, o que for, com quem for e seja onde for, esquecer o mal e fazer o bem.” (Emmanuel)
9. “Queixas-te de necessidade e desencanto, fadiga e discórdia, abandono e solidão, mas, se realmente desejas, tudo pode mudar.” (Emmanuel)
10. “Somos herdeiros do nosso pretérito e, nessa condição, arquitetamos nossos próprios destinos.” (Emmanuel)
11. “O mato inculto asila serpentes. A terra cultivada produz o bom grão.” (Emmanuel)
12. “Se já recolheste migalha de luz, diminui a sombra no outro.” (Emmanuel)
13. “Por desejares o melhor, não negues socorro ao companheiro que ainda se encontra em pior posição.” (André Luiz)
14. “Se tu puderes, ainda hoje, procura esquecer - mas esquecer mesmo - tudo o que te faça motivo de tristeza ou aborrecimento.” (André Luiz)
15. “Se desejas vencer, aprende a sorrir além do cansaço.” (André Luiz) 16. “Senhor! Quando me concederes aquilo de que eu mais preciso, ensina-me a usar a tua concessão, não só em meu proveito, mas em benefício dos outros, a fim de que eu seja feliz com a tua dádiva, sem prejudicar a ninguém.” (André Luiz)
17. “Se tu és o centro, mesmo involuntário, de algum fato desagradável, que tu sejas a primeira pessoa a sorrir, desfazendo tensões e aborrecimentos capazes de aparecer.“ (André Luiz)
Estes slides são um tributo aos espíritos de André Luiz e Emmanuel; ao médium Chico Xavier, que psicografou essas lindas mensagens e também a “Nosso Lar”, o mais espetacular filme brasileiro.

21 comentários:

Misturação - Ana Karla disse...

Maria José,
também gostei muito desse filme.
Os slides são ótimas fontes de reflexão. Todos sem exceção.
Esse é excelente: “Se tu puderes, ainda hoje, procura esquecer - mas esquecer mesmo - tudo o que te faça motivo de tristeza ou aborrecimento.” (André Luiz)
Xeros

Luís Coelho disse...

Uma filosofia de vida que alguns seguem por julgarem a mais acertada.

Irei estudando e vivendo um dia de cada vez. O futuro pertence a Deus.

Rô... disse...

oi Maria José,

ontem assisti esse filme
lindo pela quinta vez,
e todas as vezes
aprendo mais e mais...

beijinhos
saudades

Meire disse...

Maria, esse filme é lindo e emociona muito! O livro então, já li duas vezes e estou ensaiando uma terceira é o preferido da minha mãe :)

Pra quem perdeu pessoas queridas, esse é o maior e melhor consolo: de que a vida continua e que a morte é apenas uma viagem. Palavras até ajudam a amenizar nossa dor, mas a prece é sempre fundamental.

“Se desejas vencer, aprende a sorrir além do cansaço.” (André Luiz) Eu deixo pra vc um sorriso de orelha a orelha com muito carinho :)

Maria Luiza Silveira Teles disse...

Maria José:
Que coisa linda! Amei o filme e vc soube aproveitar as belas imagens para lembrar-nos de mensagens profundas e maravilhosas. Amo seu blog!
Abraço da irmã,
Maria Luiza

Meire disse...

Querida, que supimpa ter vc cá de volta!! Senti muito a sua falta. E claro que virei por cá amanhã, como sempre não fico sem "bater cartão" no seu cantinho, pois sempre me faz um bem imensurável!!!

:)
bjokitas com amor!

Cynthia disse...

Oi Maria, esse filme acalmou um pouco meu luto materno. Mas acho que ainda temos muita coisa a questionar sobre a espiritualidade. Estou nesse processo da busca, devemos entender o que acontece conosco. Postei essa frase no facebook hoje: O homem não suporta uma vida sem significado. Carl Jung. Bjs Cy

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ:

Com todo o respeito aos Produtores, o filme não passa de uma CARICATURA da obra do André Luis e contem erros crasso de cenas, tais como: Hospital Espiritual, com todos os atendentes e medicos "FARDADOS"? como se funcionários fossem de alguma empresa? para os leigos o filme é sensacional. Para mim e demais Espíritas conscientes, estudiosos e conhecedores em grande paergte da Doutrina Espírita, NÃO! deixa muito a desejar, amor. Bjs. Roy Lacerda.

Gislene disse...

Amiga Maria José,

Este é um presente de Deus.
Também amo este filme, amo o André, amo o Emmanuel, amo o Chico.

Um beijo!

Gislene.

Orvalho do Céu disse...

“Por mais que sofras, guarda a fé em Deus e segue adiante, no caminho que a vida te deu a trilhar.” (Emmanuel)
Olá, querida
Tenha uma noite abençoada e feliz!!!
Bjs fraternos de paz

Crista disse...

Beijo...beijo...beijo...
Feliz regresso!!!
Saudades imensas de ti!!!
Agora estou mais tranquila e muito mais feliz com a tua presença!
OOoOoooo...nem vou elogiar tua postagem...tu só fazes coisas boas...mas mesmo assim:ADOREI...como adoro tudo de ti!
Beijão(que quer dizer:Beijo grande,enoooooooormeeeeeee e demorado e estralado...rsrsrsrs...)...

Batista disse...

Maria José, boa noite.

Desculpe chegar assim sem avisar. Gostei dos seus post´s, parabéns! Estou te acompanhado.

Abraço

* Verinha * disse...

Maria José..
passando para uma visita neste seu cantinho com tantas coisas lindas para lermos e para deixar uma beijoca grande em seu coração!

Verinha

Senhor da Vida disse...

Realmente um filme que devemos ver por muitas vezes pra compreender o que é realmente viver uma vida plena seja onde estiver.
Seja bem vinda a ativa, grande beijo amiga!

Catia Bosso disse...

Olha se não é a dona Arca!!!!

Passando pra ler a sua paz e deixar um beijinho...

Cat

cidinha disse...

Olá, amiga querida. Muito gratificante estar aqui. Olha, o filme é lindo e muito nos ensina que há vida após há vida! Bela mensagem. Emmanuel e Chico é muita luz e sabedoria... Estava com saudades, estou feliz com sua volta. Obrigada pela visita! VC faz falta! Bjos no seu coração!!

São disse...

Não conheço o fiçlme, mas gostei desse seu post.

Um abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Maria José
Esse filme, tal como o livro, é simplesmente uma grande lição de vida e de morte.
Bjux

Bloguinho da Zizi disse...

Maria José
Concordo com o Roy.
Já li não sei quantas vezes o livro e quando assisti o filme, senti uma certa frustração.
Claro que não podemos exigir muito, mas algo se perdeu, pelo menos não me tocou como eu esperava.
De qualquer maneira traz uma mensagem, que pode ajudar muita gente a sentir um pouco de paz na vida.
Beijinhos

Somos pó e LUZ * disse...

QUERIDA AMIGA MARIA JOSÉ
Tal como já referi antes espero que perdoe a postura que tomei mas temos de ter mil cautelas com quem é mínimo ainda.
Um abraço de parabéns pela filha maravilhosa que TEM E TERÁ SEMPRE... ETERNAMENTE!
Só falta mais um pouquinho de tempo de espera para se reencontrarem de novo...
faz de conta que ela foi fazer uma grande viajem á volta do mundo e a minha amiga como não pôde ir, irá depois ter com ela....
assim é melhor... temos de "fintar" as voltas que a vida dá para continuarmos a sorrir.

Beijinhos doces, e até logo
Sempre...
(E)ternamente...
Mariz

Anônimo disse...

Having read this I believed it was really informative.

I appreciate you finding the time and energy to put this short article together.
I once again find myself personally spending way too much
time both reading and posting comments. But so what, it was still worthwhile!


Here is my web blog; ways to get rid of hair