Páginas

quarta-feira, 27 de julho de 2011

ACEITAÇÃO



Aceite as coisas e pessoas como elas são, para poder melhor ajudá-las. Ser-lhe-á de pouco proveito revoltar-se contra o mundo dentro do qual você mesmo vive. Você, em primeiro lugar, deverá ser justo e bom, sensato e humano, para então, poder exigir mais dos outros. A sabedoria, você sabe, consiste exatamente na aceitação dos fatos que não podem ser mudados e no esforço de transformação daqueles que não precisam forçosamente acontecer. O ideal da aceitação, no entanto, não inclui um "lavar as mãos" irresponsável diante da verdade. Não! Aceitação é virtude e não covardia e trêfega irresponsabilidade. A virtude da aceitação carrega dentro de si um "sim" e um "não" que doem.
Enviado por Jorge do Blog Nectan Reflexões e foi aqui postado por ser pertinente à proposta do Arca.

12 comentários:

cidinha disse...

Olá, Maria.Muitas vezes torna-se difícil aceitar as coisas as pessoas como elas são. Más no entanto se usarmos de paciência e procurarmos entende-las veremos que elas também possui qualidades. È uma questão de sabedoria! Bjs com carinho..Bela reflexção.

Mery disse...

Oi, amiga, engraçado tivemos idéias parecidas, acabei de postar sobre essa coisa de aceitar as pessoas como elas são, um caso que me revoltou, gostaria da saber a tua opinião.

"Ser justo e bom, sensato e humano, para então exigir mais dos outros"
Você se expressa muito bem ,adoro ser uma seguidora do teu blog.
Abraços, Mery.

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ:
" Aceite as coisas e pessoas como elas são, para poder melhor ajudá-las. Você, em primeiro lugar, deverá ser justo e bom,(?) sensato e humano, para então, poder exigir(?) mais dos outros. A sabedoria, consiste exatamente na aceitação dos fatos que não podem ser mudados."
SERMOS JUSTOS E BONS? NÂO. Sermos, sim BENVOLENTES e PACIENTES com as fraquezas de outrem.
EXIGIR? de quem? NAO! nao temos esse direito. Afinal o outro. É NOSSO IRMÃO. Sò o CRIADOR pode EXIGIR. Mais ninguem. E vc sabia, amor que eu iria contestar. Bjs. Roy Lacerda.

27 de julho de 2011 19:31

Micheli disse...

Oi Maria,

Realmente, precisamos pedir que Deus nos ajude a ter clareza para diferenciar as coisas...

Bjo

http://repensandoacoes.blogspot.com

maria albertina disse...

É verdade.. somos julgadores e não gostamos quando somos julgados. Devemos aceitar as pessoas como elas são. Isso é ser humano.
Bjus

ValeriaC disse...

Maravilhosas estas palavras... a aceitação é um grande exercício para todos nós.
Beijinhos e bom dia amiga...
Valéria

Lizete Delmonte Ferraz disse...

Olá, cheguei por aqui navegando por aí...por diversas vezes vi o nome do blog e sempre me chamou a atenção e hoje resolvi visitá-lo...

Adorei. Tem afinidade com o meu blog, que também tem como objetivo a espiritualidade. Poderemos compartilhar...

Um abraço
Liz

Fã da vida disse...

Olá Maria José uma visita rápida

ótima semana
abçs

Rô... disse...

oi minha amiga,

difícil aceitar,né?
a gente sempre quer que os outros
sejam como nossa expectativa,
aceitar é um exercício continuo e diário...

obrigada por me lembrar!
beijinhod

Jan Samuel disse...

Obrigado queridos amigos
Deus ouve nossas orações
Deus abençoe você e sua família
Salmo 91
saudações
Jan

JR disse...

Nossa, que coincidencia Maria Jose, após um periodo de ausencia ,acabei de entrar no blog das Arteiras e tinha um texto de Chaplin falando mais ou menos sobre este aceitar e da pouca paciencia que ele tinha de revogar este conceito de tolerancia.
Eu por minha vez , acabei discordando do grando mestre do silencio e falei mais ou menos igual ao teu texto.
Amiga ,tua casa está linda, como sempre e sinto falta de vir aqui mais vezes.
Meu tempo está muito restrito e a maquina fica cada vez mais longe de mim.
Obrigada pela tua presença em nossas vidas e mesmo não efetuando retornos mais acelerados aqui ,voce continua sendo a filha numero 1 e isto nunca vai mudar.
Beijos doces pra voce,,,,,,

Rui Águas disse...

Gostei muito destes seu post.

Um abraço.