Páginas

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011




Rir é arriscar-se a parecer tolo.
Chorar é arriscar-se a parecer sentimental.
Buscar o próximo é arriscar-se ao envolvimento.
Expor os sentimentos é arriscar-se à rejeição.
Apostar nos sonhos é arriscar-se a passar por ridículo.
Amar é arriscar-se a não ser retribuído.
Seguir em frente, apesar das dificuldades, é arriscar-se a fracassar.
Mas riscos devem ser assumidos, pois o maior perigo na vida é o de não arriscar nada.
A pessoa que não arrisca nada não tem nada, não é nada.
Pode evitar o sofrimento e a tristeza, mas não pode aprender, sentir, mudar, crescer ou amar.
Presa à sua segurança, é uma escrava.
Apenas uma pessoa que assume riscos, é livre.

Enviado por Jorge do blog Nectan Reflexões (http://nectantaurus.blogspot.com/)

15 comentários:

Senhor da Vida disse...

Perfeito!

Kelly disse...

A vida é um eterno risco né? adorei, beijos

Bloguinho da Zizi disse...

Os riscos começam a partir do momento da nossa concepção.
Sou uma tola sentimental que se envolve mesmo correndo o risco de ser rejeitada.
Vejo nos olhos das pessoas o quanto me avaliam como ridícula, mas me assumo.
Gargalho e choro com a mesma facilidade, mas sou livre.
Lindo texto Maria José
Grata

(בן ברוך) Ben Baruch disse...

Paz querida irmã Maria José!
O Jorge é fantástico. Tem a sensibilidade à flor da pele e nos mostra com simplicidade as palavras que tocam no coração de todos os apaixonados pela vida e nesse caso, um alerta para aqueles que se omitem ou apenas se privam da possibilidade do aprendizado.
Aprender sem correr riscos é praticamente impossível, mas tenhamos a certeza de que se buscarmos esse aprendizado de forma equilibrada, sensata e sem afobação, os riscos serão sempre menores.
Como seres livres, dotados de capacidade para enfrentar e vencer desafios, sigamos em frente e um novo horizonte se descortinará ante nossos olhos.
Muita paz!
Ben Baruch

ONG ALERTA disse...

Adorei o novo formato do blog...arriscar é ter coisas novas para se fazer...beijo no coraçáo.

Poeta del Cielo disse...

grande verdade amiga... adorei...

saludos
abracos
otima semana

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

"Mas riscos devem ser assumidos, pois o maior perigo na vida é o de não arriscar nada".
MARIA JOSÉ:
Lembremo-nos de dois ensinamentos contidos no Evangelho Segundo o Espiritismo:
A seguinte pergunta nos será feita:
"O QUE FIZERDES DA VIDA?"
E o outro ensinamento está contido na "Parábola dos talentos", certo meu amor? Bjs. Roy Lacerda.

Rejane-Enajer disse...

Como disse Fernando Sabino: "Toda mudança é para melhor" e muita gente tem receio de mudar .Só quem ousa mudar, é capaz de enfrentar riscos e viver de fato-ousemos portanto!!
Bjãoo

ValériaC disse...

Perfeitas palavras...a vida é um "risco" que com certeza vale a pena ser vivido, pois caso não tenhamos coragem, não viveremos verdadeiramente.
Doce dia querida...beijinhos...
Valéria

marlenedegoes@gmail.com disse...

óLA MARIA QUE POEMA MAIS LINDO,
AS VEZES É PRECISO ARISCAR-SE DE ALGUMA FORMA,NÃO SE PODE VIVER INERTE
INERTE,SOMENTE ESPERANDO A VIDA PASSAR,É PRECISO AMAR,SONHAR,ARRISCAR
VIVER,A VIDA NÃO SOMENTE PASSAR POR ELA MEU CARINHO PARA VC

MARLENE

Cadinho RoCo disse...

Viver é se expor a constantes e eternos riscos.
Cadinho RoCo

Edward de Souza disse...

Olá Maria José!
Vamos atravessar a fronteira do dia, conquistar o território do sábado e do domingo. Descobrir tesouros e maravilhas. Passear por praias ensolaradas e campos floridos. Colher um balaio de luar e estrelas. Deixar o coração bater com a emoção do amor. Zanzar pelo parque da gastronomia e da diversão. E lembrar que o amanhã abre os portos para quem se aventura pelos mares da vida sem medo de sorrir.

Bom fim de semana!

Edward de Souza

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

De fato. A liberdade é irmã da ousadia. abs

Ursula disse...

Muito bom Maria José. A vida em si já é um risco.
Beijos
ursulaferraricoach.wordpress.com

Anne Lieri disse...

Que beleza de msg!Temos que viver e não esperar que a vida passe em nossa porta para nos levar!Bjs,