Páginas

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011


Uma antiga lenda norueguesa narra este episódio sobre um homem chamado Haakon, que cuidava de uma ermida à qual muita gente vinha orar com devoção.
Nesta ermida havia uma cruz muito antiga, e muitos vinham ali para pedir a Cristo que fizesse algum milagre.
Certo dia, o eremita Haakon quis também pedir-lhe um favor. Impulsionava-o um sentimento generoso.
Ajoelhou-se diante da cruz e disse: - Senhor, quero padecer por vós. Deixai-me ocupar o vosso lugar. Quero substituir-vos na Cruz.
E permaneceu com o olhar pendente da cruz, como quem espera uma resposta.
O Senhor abriu os lábios e falou. As suas palavras caíam do alto, sussurrantes e admoestadoras: - Meu servo, cedo ao teu desejo, mas com uma condição.
- Qual é, Senhor?, perguntou com acento suplicante Haakon.
É uma condição difícil? Estou disposto a cumpri-la com a tua ajuda!
- Escuta-me: Aconteça o que acontecer, e vejas tu o que vires, deves guardar sempre o silêncio.
Haakon respondeu: - Prometo-o, Senhor!
E fizeram a troca sem que ninguém o percebesse.
Ninguém reconheceu o eremita pendente da cruz; quanto ao Senhor, ocupava o lugar de Haakon.
Durante muito tempo, este conseguiu cumprir o seu compromisso e não disse nada a ninguém.
Certo dia, porém, chegou um rico.
Depois de orar, deixou ali esquecida a sua bolsa. Haakon viu-o e calou.
Também não disse nada quando um pobre, que veio duas horas mais tarde, se apropriou da bolsa do rico.
E também não, quando um rapaz se prostrou diante dele pouco depois para pedir-lhe a sua graça antes de empreender uma longa viagem.
Nesse momento, porém, o rico tornou a entrar em busca da bolsa.
Como não encontrasse, pensou que o rapaz se teria apropriado dela.
Voltou-se para ele e interpelou com raiva: - Dá-me a bolsa que me roubaste!
O jovem, surpreso, replicou-lhe: - Não roubei nenhuma bolsa!
- Não mintas; devolve-me já!
- Repito que não apanhei nenhuma bolsa!
O rico arremeteu furioso contra ele.
Soou então uma voz forte:
- Para!
O rico olhou para cima e viu que a imagem lhe falava. Haakon, que não conseguiu permanecer em silêncio diante daquela injustiça, gritou-lhe, defendeu o jovem e censurou o rico pela falsa acusação.
Este ficou aniquilado e saiu da ermida. E o jovem saiu também porque tinha pressa para empreender a sua viagem.
Quando a ermida ficou vazia, Cristo dirigiu-se ao seu servo e disse-lhe:
- Desce da Cruz. Não serves para ocupar o meu lugar. Não soubeste guardar silêncio.
- Mas, Senhor, como podia eu permitir essa injustiça?
O Senhor continuou a falar-lhe:
- Tu não sabias que era conveniente para o rico perder a bolsa, pois trazia nela o preço da virgindade de uma jovem.
O pobre, pelo contrário, tinha necessidade desse dinheiro; quanto ao rapaz que ia receber os golpes, as suas feridas o teriam impedido de fazer a viagem que, para ele, foi fatal: faz uns minutos que o seu barco acaba de soçobrar e que ele se afogou.
Tu também não sabias isto; mas Eu sim. E por isso me calo.
E o Senhor tornou a guardar silêncio.
Muitas vezes nos perguntamos por que Deus não nos responde. Por que Deus se cala?
Muitos de nós gostaríamos que nos respondesse o que desejamos ouvir, mas Ele não o faz: responde-nos com o silêncio. Deveríamos aprender a escutar esse silêncio.
O Divino Silêncio é uma palavra destinada a convencer-nos de que Ele, sim, sabe o que faz.
Com o seu silêncio, diz-nos carinhosamente: "Confia em mim, sei o que é preciso fazer!


Texto enviado por Roy Lacerda do blog MomentoBrasil e foi aqui postado por ser pertinente à proposta do Arca.

14 comentários:

diariodumapsi disse...

Ei Maria José!
Maravilhosa essa história, é difícil aos olhos humanos entender os mistérios de Deus em nossa vida.
gd beijo

Graça disse...

Que linda lenda! Maravilhosa!
Obrigada por esse momento, MJosé. Realmente, devemos ouvir mais o Grande Silencio...confiar mais!

Um grande abraço!
Ah, e Feliz 2011!!!

Kelly disse...

Querida MAria José passei para lhe desejar uma excelente semana, beijos

Lulú disse...

Olá Maria José.
Seria maravilhoso se pudéssemos ouvir o silêncio do Senhor.
Temos que nos conformar com o que nos chega pois nos é dado pelo Senhor no tempo certo.
Texto muito bom para reflexão.
Beijo
Maria Luiza (Lulú)

Analice disse...

ola...

estou te procurando para lhe oferta um selinho...

http://novgorod795.blogspot.com/2011/01/alegria-agora-agora-e-amanha.html

bjs

ValériaC disse...

Este texto é belíssimo... temos mesmo que aprender a ouvir o silêncio de Deus e ouvir o que fala também silenciosamente nosso coração.
Doce semana amiga...beijos...
Valéria

Analice disse...

Ola, nao se incomode.... tinha deixado um comentario com a informação na sua postagem de domingo, espero que goste..

um abraço,

bjs

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Maria, calar-se na hora certa é muito difícil especialmente quando presenciamos alguma injustiça.
Tenho tentado calar-me diante de algumas situações , mas como é difícil, já melhorei muito, mas falta um longo caminho a percorrer.
Esta hist´roria deveríamos ler todos os dias para refrescar nossa memória.

Beijos

Sonia

Bloguinho da Zizi disse...

O homem tem uma grande lição a aprender com o Senhor... o silêncio.
Ele sabe o que vai por traz de tudo e silencia, devíamos fazer o mesmo, exatamente por não saber nada.

marlenedegoes@hotmail.com disse...

Querida amiga que mensagem,tão
maravilhosa para nossa meditação
para que possamos sempre nos lembrar que as decisões de Deus não devem ser jamais questionadas,mas sim obedecidas,com amor comfé com esperança,linda mensagem,amei
esteja com Deus,tenha um lindo dia
Marlene

Graça Pereira disse...

Uma história lindissima onde a total entrega e confiança em Deus, é exaltada.
Talvez agora compreendamos um pouco o silêncio de Deus.
Beijo
Graça

Myriam disse...

Amiga querida, parabébs pelo aniversário do Blog! Teu canto me encanta! É um canto abençoado, assim como você! Lindo texto!

ⓣⓔⓡⓔⓢⓐ ⓒⓡⓘⓢⓣⓘⓝⓐ disse...

Oiiieeee....linda lição....aprender a silenciar e a compreender o tempo de Deus e a forma que Ele age em nossas vidas.
Parabéns pelo niver do blog....felicidades mil!!
Bjs

Adriana Alencar disse...

Achei maravilhoso, irei repassar para os meus contatos de e-mail!
Beijocas
Adri