Páginas

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

ENERGIA E BRANDURA



Na marcha do dia a dia, urge harmonizar as manifestações de nossas qualidades com o espírito de proporção e proveito, a fim de que o extremismo não nos imponha acidentes, no trânsito de nossas tarefas e relações.
Energia na fé; não demais que tombe em fanatismo.
Brandura na humildade; não demais que entremostre relaxamento.
Energia na convicção; não demais que se transforme em teimosia.
Brandura na humildade; não demais que degenere em servilismo.
Energia na justiça; não demais que seja crueldade.
Brandura na gentileza; não demais que denuncie bajulação.
Energia na necessidade; não demais que descambe no desrespeito.
Brandura na paz; não demais que se acomode na preguiça.
Energia na coragem; não demais que se faça temeridade.
Brandura na prudência; não demais que se recolha em comodismo.
No caminho da vida, há que aprender com a própria vida.
Vejamos o carro moderno nas viagens de hoje; nem passo a passo, porque isso seria ignorar o progresso, diante do motor; nem velocidade além dos limites justos, o que seria abusar do motor para descer ao desastre e à morte prematura.
Em tudo, equilíbrio, porque, se tivermos equilíbrio, asseguraremos, em toda parte e em qualquer tempo, a presença da caridade e paciência, em nós mesmos, as duas guardiães capazes de garantir-nos trajeto seguro e chegada feliz.

5 comentários:

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

MARIA JOSÉ; nos diz o autor que saibamos ser inteligentes ao usar o equilibrio nas açoes, praticarmos a caridade, exercitarmos a paciencia, afim de que façamos um seguro trajeto na vida e um retorno à Pátria espiritual, feliz. Que possamos assimilar e praticar praticar esses ensinamentos, concorda amor de minha vida? Bjs. Roy Lacerda.

Mafalda S. disse...

Lindo texto, como sempre! Apesar de nem sempre conseguirmos o equilíbrio na nossa vida, temos de aprender com os nossos erros e melhorar - aprender com a própria vida, como referes.

Beijinhos

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Olá querida Maria José.
Que texto maravilhoso.
Vou até imprimir para minha pasta de mensagens especiais....
Palavras muito bem colocadas, nem mais nem menos...equilibradas....
Um grande beijo em seu coração!
Lú.

ValériaC disse...

É minha querida, tudo há de ser na medida...no discernimento do equilibrio... essa nossa busca deve ser constante e em todos os setores de nossas vidas...
Que seja doce seu final de semana...beijinhos
Valéria

Maysha disse...

Lindo texto, como todos os de Chico Xavier, que aprecio imenso.
Aprender com os erros amiga, e seguir em frente, tirando uma lição de tudo que vivemos. É o que estou a tentar fazer, à custa de algum sofrimento, mas com a esperança de conseguir chegar lá.
Um dia abençoado para ti.
Beijo de luz
Maysha