Páginas

sexta-feira, 19 de março de 2010

VIVER DESPENTEADA


Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco...
O que é gostoso, engorda. O que é lindo, custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia...
- Fazer amor, despenteia.
- Rir às gargalhadas, despenteia.
- Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
- Tirar a roupa, despenteia.
- Beijar a pessoa amada, despenteia.
- Brincar, despenteia.
- Cantar até ficar sem ar, despenteia.
- Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu cabelo irreconhecível...
Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado...
Mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.
É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.
Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora.
O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença: Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria... e talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonitaeu tenha que me sentir bonita...
A pessoa mais bonita que posso ser!
O único, o que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.
Por isso, minha recomendação a todas as mulheres: Entregue-se, coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável!
Admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!
O pior que pode acontecer é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...

17 comentários:

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Maria José: o exto nos remete a um conselho da JOANNA de ÀNGELIS: A vaidade não nos leva a lugar nenhum. De que adianta enfeitar-se o 'pavão' se ao amanhecer do dia seguinte acordaremos ao natural? Por que tantas preocupações em mostra-se a mais... e a mais...? Até porquê são as preocupações que envelhecem as pessoas. Que realmente causam danos.E quem quiser gostar de alguem, tem que o fazê-lo, aceitando acertos, erros e possíveis defeitos de fabrica.(rsrs). Ou seja: como as pessoas real-mente são.Viver a vida com alegria, sim, é sinal de sabedoria e inteligência.'Arrumar-se' com discrição, sim, è presença de auto estima. Abraços Roy Lacerda.

Silvia disse...

Linda mensagem. Vamos aproveitar a vida.
Abraço

Crista disse...

huaschuaschuasc...eu vivo despenteada...só não sabia o porque...rsrsrsrs...então minha felicidade tem o nome de DESPENTEADA!!!!!!!!!!!!!!
Amei o texto!

angela disse...

Detesto cabelo arrumado...agora menos ainda. Adorei o texto.
bom fim de semana
beijos

Beatriz Prestes disse...

Lindo, sábio e pertinente!
Adorei muito!!!
Beijo carinhoso minha amiga
Bea

Mile Corrêa disse...

Como na música que Claudia Leite canta,
tudo que é bom na vida despenteia!
Seu texto me despentou! rs
Um beijo

José Ramón disse...

María Olá! Tem um prémio no meu blog, você pode coletar Greetings

JR disse...

Maria José ,adorei este texto e acredito mais no conjunto ,pois felicidade dentro é certeza na beleza fora .
Beijos

Eliana Pessoa disse...

Oi vi vc no blog JR vim conferir adorei achei textos maravolhosos!!!

Perfume Espiritual disse...

A-DO-REI!
E tem gente que ainda acha que evolução e felicidade são coisas incompatíveis. Viva os cabelos despenteados.
Beijo
Bia

manuel marques disse...

Convém de vez enquando andar despenteado...


Beijos.

*Teresa Cristina* disse...

hihi...pra mim q tenho cabelo encaracolado....só ando descabelada mesmooooo......viver a vida com mais leveza é TDB!!!
Bjss

Uman disse...

Maria José,
que doçura!!!

Muito legal mesmo!!!

Um beijo,
Jorge

Maria Izabel Viégas disse...

Oi minha linda,
que bom que li este texto teu! Fiquei mais tranquila: Só vivo descabelada mesmo!!! Ufffa! Mas é assim mesmo, a gente se reprime tanto para andar no"salto alto". Ainda bem que à medida que fui ficando mais velha fui me libertando e num repente, senti cada vez mais meu espírito mais leve e a aparência ...ah...eu até q gosto...descabelada e mais aberta e mais feliz!
Beijos amada, no seu coração.
Amei o texto;bem, como sempre, pois tudo teu é BOM por demais!

Dani disse...

hahaha
num eh que eh..
xD
huuum, despenteia libera e joga tudo pro ar
huahuahua

gostei daqui! bjss

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá!! Tem selo pra vc no meu blog! Fique à vontade se quiser pegar... O que vale é a homenagem!

Abraços!

Carmem L Vilanova disse...

Amiga Maria José,
Há alguns meses publiquei este mesmo texto. Ao ler em outro blog que também sou seguidora, fiquei tão imensamente encantada que não pude resistir e publiquei e aprendi, naquele momento que quero passar o resto dos meus dias, totalmente DESPENTEADA... e feliz.. muito feliz! :o)
Beijos, flores e meus eternos sorrisos, minha querida!