Páginas

sábado, 13 de março de 2010

QUANTO VOCÊ VALE


Peça para um publicitário descrever um botão de camisa. Você ficará deslumbrado com tantas funcionalidades que ele vai achar para o botão e vai até mudar o seu conceito sobre o pobre botãozinho.
Peça para uma pessoa apaixonada descrever a pessoa amada, aquela pessoa bem "feiazinha" que você conhece desde a infância e vai até pensar que ele está falando de outra pessoa. O apaixonado enche a descrição de delicadezas, doçura e gentilezas, transformando a fera em bela, em instantes.
Peça para o poeta descrever o sol e a lua, e você vai se encantar pelos poderes apaixonantes da lua, pela beleza do sol que irradia seus raios como se fossem gotas do milagre divino no arrebalde da tarde quente, onde o amor convida os apaixonados para viver a vida intensamente.
Peça para um economista falar da economia mundial e tome uma lição de números e mercados, bolsas e câmbios oscilantes, inflação e mercados emergentes, e se não sair de perto, vai acreditar que, em breve, teremos a maior recessão da história e que a China é o melhor lugar do mundo para se viver.
Agora, peça para uma pessoa desanimada ou depressiva falar da vida, do sol, da lua, dos botões, das rosas e do amor para você ver. Pegue um banquinho e um lenço e sente-se para chorar. É só reclamação, frustração, dores, misérias e desconfiança geral. Você sente a energia lhe contaminando, vai fazendo mal, vai lhe deixando sem forças, porque os desanimados, os reclamões e depressivos têm o poder vampiresco de sugar energias do bem e transformar em medo. E o medo paralisa as pessoas de tal forma que fica difícil até o mais simples pensar.
E você?
Como é que você descreve a sua vida?
Quem é você para você mesmo?
Como seria um comercial da sua vida?
Como você venderia o produto "você"?
Você é barato, tem custo acessível, ou é daquelas figuras caras, daquelas que não tem tempo para perder com a tristeza e com o passado?
Você tem 1001 utilidades?Aliás, você vive em que século mesmo?
São os seus olhos que refletem o que vai na sua alma, e o que vai na sua alma se reflete na qualidade de vida que você leva.
É o seu trabalho que representa o seu talento, ou não?
Por isso, não tem outro jeito, seja o melhor divulgador de você mesmo, valorize-se, esteja sempre pronto para dar o seu melhor, com seu melhor sorriso, com sua melhor roupa, com seu melhor sentimento, com suas melhores intenções, com sua gentileza sempre pronta para entrar em ação.
Seja Omo, Brastemp, Lux de luxo, e se for chocolate, que seja logo Godiva, suíço e caro, porque gente especial igual a você não existe em nenhum mercado, e tem que valer sempre mais.
Valorize-se!
Não importa o que você faz, importa sim como você faz.
Isso sim, faz toda a diferença.

19 comentários:

Vila das Amigas disse...

oi Maria José,
Gosto muito de vir aqui.
Tenha um lindo domingo.

*Teresa Cristina* disse...

O“medo” não nos deixa ir adiante,ele nos faz permanecer sempre no mesmo estado evolutivo ou mesmo na ignorância e é por causa dele que não dizemos o que pensamos, o que sentimos, e acabamos por perder grandes oportunidades de aprendizado...o importante é cada um fazer a sua parte, ir plantando a sementinha da alegria da esperança e do amor por onde passar.
Bjss e td de bom pra ti!!

Carmem L Vilanova disse...

"Os reclamões e depressivos tem o poder vampiresco de sugar energias do bem e transformar em medo."
Amiga, nada pode ser mais real do que esta frase... da mesma forma que o apaixonado, o publicitário, o poeta, o Ser Humano com Energia Positiva, são capazes de fazer-nos vibrar de emoção e alegria pelas mínimas coisas, os de Energia Negativa sugam-nos tudo o que há de bom, e ainda nos deixam, de quebra, parte de sua negatividade, como um rastro de obscuridade que dá medo.
Por isso é sempre bom andar mirando a luz... pois assim não vemos o que passa na escuridão, nem dos nossos sentimentos, nem da negatividade alheia...
Excelente post, minha querida!
Saudades de você... pouco a pouco estou retornando a minha normalidade diária... :o)
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Vida*** disse...

Abços de luz!!! Que a luz do sol sempre irradie seus dias!!! Nas cores laranja e amarelo...com toques lilás!!!Rsrsrs....

Sônia Silvino disse...

Mais um lindo momento de reflexão proporcionado por ti, minha linda!
Bjkas, muuuuitas!
Bom domingo!

angela disse...

Sempre um bom texto por aqui. Goatoso ler e pensar.
bom domingo
beijos

J. Araújo disse...

Maria, que texto maravilhoso. É bem provável que os depresivos tem tanto poder assim? não acredito.

prefiro acreditar ao contrário.

Bjs

REGINA GOULART SANTOS disse...

Maria José.
É bem verdade o que disseste.
Cada um tem o poder de ver e sentir as coisas a seu modo.
Quanto mais o ser evoluído espiritualmente fôr, em tudo encontrará sentido, nas coisas mais desapercebidas pelos outros, enxergando-as de modo especial.
A beleza se encontra nos olhos de quem as vê. O belo deve ser cultivado principamente no interior, no âmago d`alma.
Realmente, as pessoas depressivas, as que nunca estão satisfeitas com nada, as que se acham num poço de infelicidade sem tamanho, são difíceis de lidar, e não raro, possuem esse poder vampiresco de sugar as energias de todos que delas se aproximem, ainda na tentativa de ajudá-los. A gente se sente cansada e precisa se afastar um pouco da pessoa para poder renovar as energias.
Para se aproximar de alguns depressivos, em especial, é preciso antes se fortalecer a fim de evitar este gasto excessivo de energia, e muitas vêzes, eles não se dão conta disso. É triste, mas verdadeiro.
Rogo a Deus que abençoe todas as pessoas que se encontrem neste estado, para que se recuperem e estabilizem seu campo energértico de forma satisfatória e voltem a viver e serem felizes.

Beijos de luz

Ana ♫ disse...

Adorei o post! Por muuuito tempo fui uma dessas vampirescas... rsrs
Mesmo sem perceber eu acabava potencializando as coisas e dramatizando a vida. Não tinha consciência do mal q fazia a mim mesma e aos q estavam em volta... e é tão bom despertar, se encantar com as pequenas coisas, olhar pro mundo de forma diferente!
Bjão!

manuel marques disse...

A arte, um dos grandes valores da vida, deve-nosensinar : humildade, tolerância, sabedoria e magnanimidade .

Beijos.

Uman disse...

Maria José, Anjo luz

e eu?
Bem, não alimento pensamentos negativos atravez de mudança de idéias. Se eu tenho dificuldades de sentir harmonia em determinados momentos, a oração é a grande arma. E harmonizar o coração é harmonizar o pensamento.

Um beijo e uma excelente semana!!!
Jorge

Cris Tarcia disse...

Maria José, que texto belissimo, dificil de responder algumas destas perguntas, faz pensar e muito, como é que estou no mundo.

Beijos

Crista disse...

Tu não tens preço...és única!

Juliana Carla disse...

Olá Maria José

Perfis intrínsecos a mim: publicitária e poetisa. Então, por aí já se nota o “1001 utilidades” e mais: o desafio é MINHA energia (Petrobras). Então, não TENHO preço (MasterCard). Pessimistas? ABRAM a felicidade (Coca-cola)!

Obrigada por estar no Braille da alma.

Sigo-te!

Bjuxx e xeroo

ONG ALERTA disse...

Verdade tudo é uma questão de atitude nesta vida, vamos fazer a diferença neste mundo, cada um tem um potencial é só querer usar...paz.

ONG ALERTA disse...

Achei maravilhoso este texto pois as pessoas se desqualificam...tu imagina se elas soubessem o que é ter um problema de verdade???
Beijos Lisette.

Jeanne disse...

Amiga, tem um selo pra ti lá no blog, é com muito carinho que te ofereço.
Beijos

TECA disse...

Oi Maria Jose
Adorei tudo aqui.
Muito apendi lenndo as postagens.
Deu ate´vontade de levar algumas e postar em meu blog.
Abraço carinhoso

Anônimo disse...

Adoro seu blog