Páginas

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

CHAVES LIBERTADORAS


DESGOSTO. Qualquer contratempo aborrece. No entanto, sem desgosto, a conquista de experiência é impraticável.
OBSTÁCULO. Todo empeço atrapalha. Sem obstáculo, porém, nenhum de nós consegue efetuar a superação das próprias deficiências.
DECEPÇÃO. Qualquer desilusão incomoda. Todavia, sem decepção, não chegamos a discernir o certo do errado.
ENFERMIDADE. Toda doença embaraça. Sem a enfermidade, entretanto, é muito difícil consolidar a preservação consciente da própria saúde.
TENTAÇÃO. Qualquer desafio conturba. Mas, sem tentação, nunca se mede a própria resistência.
PREJUÍZO. Todo o golpe fere. Sem prejuízo, porém, é quase impossível construir segurança nas relações uns com os outros.
INGRATIDÃO. Qualquer insulto à confiança estraga a vida espiritual. No entanto, sem o concurso da ingratidão que nos visite, não saberemos formular equações verdadeiras nas contas de nosso tesouro afetivo.
DESENCARNAÇÃO. Sem a desencarnação, porém, não atingiríamos a renovação precisa, largando processos menos felizes de vivência ou livrando-nos da caducidade no terreno das formas.
Compreendamos, à face disso, que não podemos louvar as dificuldades que nos rodeiam, mas é imperioso reconhecer que, sem elas, eternizaríamos paixões, enganos, desequilíbrios e desacertos, motivo pelo qual será justo interpretá-las por chaves libertadoras, que funcionam em nosso espírito, a fim de que nosso espírito se mude para o que deve ser, mudando em si e fora de si tudo aquilo que lhe compete mudar.

16 comentários:

Tanti Moksha disse...

Nossa adorei esse post!

Todas estas coisas são o peso do outro lado da balança coisinhas simples que equilibram todo o viver!

BjO!!!

Simone Anjos disse...

Querida Maria José,

Saber compreender e aceitar o significado de cada chave em nossas vidas é de suma importância para o nosso crescimento, principalmente, saber qual porta dentro de nós, cada uma das chaves deve abrir para despertar a nossa consciência daquilo que devemos, verdadeiramente, mudar interiormente.
Beijos na alma,

Jakeline Magna disse...

Maria adoreiiiiiiiiiiiii o seu blog... e este post... parabéns... bjsss

Kelly disse...

É verdade o sofrimento nos leva a mudar conceitos, repensar atitudes e posturas...beijos

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Maria José: O que seria da vida sem as 'pedras e as curvas do caminho'? A vida seria um caminhar semppre em linha reta. Fatalmente a monotonia seria nossa maior companheira, tornando-nos autênticos 'robôs' e, consequentemente a reencarnação perderia o sentido. A pluralidade de vidas tem como objetivo voltarmos ao local dos 'erros' e redimi-los, passando tambem por outros desafios para que assim a nossa 'evolução' possa acontecer. Esta a lição que o Chico nos passa. Abrçs. Roy Lacerda.

Pelos caminhos da vida. disse...

É só virarmos essas chaves para alcançarmos a libertação.

Adorei seu texto amiga.

beijooo.

angela disse...

Da o que pensar esse texto.
Beijos

Misturação - Ana Karla Tenório disse...

Refletindo.
Muito bom dia amiga,
Xeros!

Elaine Barnes disse...

Acredito nisso,em tudo. A reencarnação também,penso que se não acreditasse "Deus" seria injusto,pois dá tanta saúde para tantos e para outros não. Acredito que a gente vem crescendo e aprendendo, com créditos ou débitos de acordo com nossa percepção e consciência. Uma oportunidade de nos tornarmos melhores. Montão de bjs e abraços

Jorge disse...

Maria José,
é verdade. Infelizmente precisamos ainda do sofrimento para buscarmos a ser melhores homens.
Quem dera se aprendessemos sem os obstáculos.

Anjo, um beijo de luz,
Jorge

Mel Redi disse...

Boa tarde , Maria José! Que alegria conhecer o seu linnnndo blog! ADOREI! Obrigada! Bj Maria Emília

Adolfo Payés disse...

Precioso.. cuando me detengo en tu blog.. haces que el día se maravilloso..
Un beso


Un abrazo
Saludos fraternos.

Mel Redi disse...

Oi Maria José, tem um Presente para A Arca lá no meu A Arte de Viver... espero q vc goste. Bj Maria Emília

Adelia Ester disse...

Maria José Querida, a moeda tem dois lados. Visão abrangente, discernimento, consciência apurada auxiliam muito nas apreensões no aprendizado de cada questão da Vida. Para tudo há um propósito! Beijos.

manuel marques disse...

Óptimo texto.

BEIJOS.

alegria de viver disse...

Querida amiga
Tudo tem sua importancia, para que tudo funcione precisamos aprender com alguns erros.
Com muito carinho BJS.