Páginas

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

TERAPIA DO ELOGIO


Renomados terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram uma recente pesquisa onde se nota que os membros das famílias brasileiras estão cada vez mais frios: não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades, só se ouvem críticas.
As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam valorizando os defeitos dos outros.
Por isso, os relacionamentos de hoje não duram.
A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e alta renda.
Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa, não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados... não vemos mais pais e filhos se elogiando, amigos...etc.
Só vemos pessoas fúteis valorizando artistas, cantores... pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por consequência, são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto.
Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias.
A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para dentro dos consultórios.
Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos, subordinados.
Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos parceiros ou nossas parceiras, o comportamento de nossos filhos.
Vamos observar o que as pessoas gostam.
O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo quer se sentir querido, a boa dona de casa valorizada, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro.
É impossível um homem viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa.
Quantas pessoas você poderá fazer felizes hoje elogiando de alguma forma?
Pense nisso!

23 comentários:

GEEL - Grupo Espírita Esperança e Luz disse...

Sabe Maria José, por um longo período tive muita dificuldade em fazer um elogio, era um péssimo bloqueio que consegui ultrapassar colocando em prática os ensinamentos espirituais que adquiri ao longo desta jornada e não tem coisa melhor do que o retorno destes momentos.
Com certeza teremos relacionamentos e amizades mais intensas se trocarmos elogios, carinho, afeto uns com os outros.
Muitos beijos!!!

Pelos caminhos da vida. disse...

Eu faço isso com frequência, sempre elogiei.

Ótimo post.

beijooo.

Ana Karina Maganha disse...

Ótimo texto num excelente blog! rsrs (viu? já comecei a praticar!)

*Lisa_B* disse...

Querida M.José,
não me canso de elogiar os meus familiares e amigos.
Como tal considero vc minha amiga virtual e hoje mesmo lhe digo: vc é muito linda, inteligente, boa pessoa,sensivel,carinhosa,excelente mulher, forte corajosa, lutadora e discreta e tantos adjectivos que teria a dizer mas vou guardando para outros dias :-)

Beijinhos com carinho

angela disse...

Isto é muito serio e grave. Importante você trazer esse assunto aqui.
beijos

Graça Tristão disse...

AMIGA MARIA JOSÉ QUERO PEDIR DESCULPAS PELA MINHA AUSENCIA, ESTAVA EM MEU SITIO E LÁ NÃO PEGA INTERNET... FIQUEI FORA DO AR... EHEHEH... AGRADEÇO SUAS VISITAS E SEU CARINHO PARA COM A MINHA PESSOA. QUERO PARABENIZÁ-LA PELA COMEMORAÇÃO E DIZER QUE VOCÊ É NOTA 1000! E SE DEUS QUISER AINDA TEREMOS MUITO CONTATO NESTE ANO QUE ACABA DE INICIAR!
QUE A PAZ E A LUZ DE DEUS ILUMINE SEU CAMINHO...
BJS
GRAÇA

Graça Tristão disse...

AMIGA MARIA JOSÉ QUERO PEDIR DESCULPAS PELA MINHA AUSENCIA, ESTAVA EM MEU SITIO E LÁ NÃO PEGA INTERNET... FIQUEI FORA DO AR... EHEHEH... AGRADEÇO SUAS VISITAS E SEU CARINHO PARA COM A MINHA PESSOA. QUERO PARABENIZÁ-LA PELA COMEMORAÇÃO E DIZER QUE VOCÊ É NOTA 1000! E SE DEUS QUISER AINDA TEREMOS MUITO CONTATO NESTE ANO QUE ACABA DE INICIAR!
QUE A PAZ E A LUZ DE DEUS ILUMINE SEU CAMINHO...
BJS
GRAÇA

Jeanne disse...

elogiar ao contrário do que alguns pensam, não é uma forma de adular, mas sim, valorizar o outro, incentivar o seu crescimento, principalmente para as crianças.
Belo e oportuno post, beijos

Sônia Silvino disse...

Maria José!
Os sentimentos e os valores estão escoando pelos ralos!
Bjkas, minha querida!

Elaine Barnes disse...

Então,ainda acredito nisso e vou continuar elogiando os amigos daqui da blogosfera e da minha vida pessoal. Acho que os elogios nos motivam, nem sempre conseguimos obter a motivação de dentro pra fora,então quando vem de fora para dentro é importante,causa movimento também. Pessoas desmotivadas não produzem. Acredito na gentileza e elogiar é ser gentil. Parabéns pelo post, concordo sim. bjão e seu blog é lindo e informativo.

Isabella disse...

Olá!!
Passando para deixar um abraço e avisar que meu Bloginho está completando 1 aninho!
Gostaria da sua presença, comemore comigo deixando sua marquinha...
Também ofereço meu Selinho, se gostar, pode levá-lo com você!
Beijos ♥
Isabella,
www.talkisabella.blogspot.com

Senhor da Vida disse...

Concordo plenamente e por isso vim com prazer dizer que adorei o texto, de fato é preciso valorizar as coisas boas no ser humano, porque sao elas que vao ajudar a pessoa a querer sempre mais, pois vai descobrir que ser bom, é o que rende elogios. E quem nao gosta deles nao é mesmo.Beijos!

Carmem L Vilanova disse...

Linda Maria José,
Concordo com esta tua publicação em 150% ou até mais!
Em minha história pessoal, vivi uma situação que eu diria interessante, que ainda hoje, depois de tantos anos, ainda é palco para críticas (negativas, diga-se de passagem) por parte de minha família brasileira.
Como comentei há algumm tempo, casei-me com um estrangeiro. Mais especificamente, com um psicólogo peruano, Rafael, descendente de família italiana.
Quando o conheci (por internet, imagine só!) vi que interessante e carinhosa era forma como ele tratava a família dele, como se tratavam entre si e como ele e eles, me tratavam, a mim! Tal era o carinho, a generosidade, os elogios que no início fiquei em uma posição meio duvidosa de quão sincero fosse todo esse sentimento e ações.
Naquela época (e ainda hoje, lamentavelmente), minha família brasileira foi fonte de críticas e mais críticas com relação a minha família peruana, chamando-os de "melosos" e "pegajosos", isso quando eram educados, pois os chamavam de tudo o que possas imagina, simplesmente pelo fato de eles serem carinhosos e gostarem de tratar bem aos demais e tecer elogios a cada boa atitude.
Hoje, já depois de tanto tempo de casada, ainda recebo elogios carinhosos do meu esposo e de sua família, da mesma forma que os meus filhos, os quais ensinei a ser assim também e hoje, acredite ou não, a "melosa", "pegajosa", "antipática", sou eu! :o) Ainda hoje recebemos críticas porque minha família brasileira não acredita que o elogio e o carinho vindos do meu esposo depois de tantos anos de casada possam ser sinceros e que eu tenha cuidado, pois isso pode ser indício de que ele está me traíndo e age assim no intuito de agradar... cada comentário mais ridículo impossível... isso que conto é o mínimo.
No entanto, temos uma relação linda, de muito carinho, respeito, generosidade, amizade, e muito amor, que nos permite ainda hoje tecer elogios um ao outro, não como forma de agrado, simplesmente, mas como um sentimento e ação sinceras muito mais profundos.
Lindo o teu texto!
Deixo-te flores, beijos e sempre muitos sorrisos!

Cris França disse...

Começo então terapi elogiando você linda e cativante que nos traz a tona um tema tão importante! bjs querida!

Vanessa Valadares disse...

Concordo plenamente. Sinto falta de elogios....principalmente de amigos....é engraçado como que as vezes se convive com uma pessoa a muito tempo e nunca ou quase nunca, se escuta um elogio, sobre coisa alguma. Isso me deixa triste. Elogio de chefe já aprendi a não esperar...pois nunca vem, mas amigos e familiares, sempre há esperança.
Beijokas pra ti!

Jorge disse...

Maria José,
Para querermos modificar a situação crítica como vc disse, se faz necessário mudança de postura. Creio que não basta elogios, sem que o coração participe. Nisso deve entrar a lealdade, o exemplo, a alegria, o Amor para envolvermos aqueles que queremos elogiar. Modificar nossa postura significa ampliar o universo de transformação.
Valeu mais este post, belo anjo e amiga da eternidade!
beijo,
Jorge

ONG ALERTA disse...

As pessoa estão fria e muito individualistas são veem a elas próprias, mas espero que com o tempo possam se dar conta que ninguém faz nada sozinho, muit paz e um fim de semana tranquilo no coração beijo, Lisette.

RENATA PIRES disse...

Adorei o texto.
Conheço pessoas incapazes de fazer um elogio a alguém. Eu mesma já tive muito bloqueio com isso. Não sabia receber, muito menos dar... Ainda bem que o tempo vai curando a gente.
Tenho uma amiga que é psicóloga e já relatou que muitas famílias são curadas do fracasso com esse tipo de "terapia".
Que tal lançarmos a Campanha do Elogio?
Existem várias campanhas boas por aí, como a do abraço que tbm salva pessoas da solidão e da falta de perspectiva emocional... Mas a do elogio, além de outras coisas pode ajudar a recuperar a Auto-estima.
Obrigada pelas oportunidade de compartilhar com vc momentos virtuais tão bacanas, já que os reais a gente quase não consegue, né?
Um beijo.
Seu blog é demais e vc tbm.

Ritinha disse...

Maria José, minha amiga
Faz tão bem um elogio. O mundo é tão crítico que quando vemos alguém elogiar, até se estranha.

Mas tem pessoas e pessoas.
Que bom!!!

Beijinhos,

José Ramón disse...

Maria José Obrigado por seu comentário Greetings distinguido

Mariana disse...

Eu percebo a dificuldades q as pessoas tem de dizer: muito obrigada,,, agora imagina elogiar, parece bicho-papão,,
eu não entendo, qd eu gosto, eu digo, demonstro e isto me faz bem.
Desejo um grande e lindo fim d semana.
Deus te ilumine sempre.

alegria de viver disse...

Querida amiga
Nada melhor para a saude do que um elogio, sempre devemos valorizar o outro sem esquecer se si.
Essa é a auto-estima, quando você não consegue se elogiar fica muito dificil fazer ao outro.
Minha querida amiga virtual você é linda.
Com muito carinho BJS.

Anônimo disse...

leggere l'intero blog, pretty good