Páginas

sábado, 12 de dezembro de 2009

QUANDO FAZ FRIO NO CORAÇÃO


Todo nosso eu é construído do emocional. E a soma dos acontecimentos, o tamanho deles, a forma ou o momento em que chegam, criam barreiras entre nós e os outros, às vezes, nós e o mundo.
Quando faz frio no coração, nós nos afastamos de tudo aquilo que poderá tocá-lo. Criamos um muro invisível para protegê-lo e proteger-nos, duvidamos das pessoas, da sinceridade delas, das suas boas intenções.
Esses invernos rigorosos da vida fazem com que nos sintamos mais sós, nos esquecemos de olhar um pouco para fora e olhamos muito para dentro. E quanto mais pensamos nas nossas tristezas, mais tristes nos sentimos, o que cria esse círculo vicioso do qual é difícil se livrar.
E quando esses períodos de festas se aproximam em que todos falam tanto de amor, solidariedade, perdão e compreensão, os que possuem o coração apertado o sentem mais pequenininho ainda.
Uma maneira de reverter essa situação, é oferecer o que precisamos. Mudando nossa mentalidade, mudamos o mundo. Para abrir o coração das pessoas, precisamos abrir o nosso.
São nossas mãos que devem derrubar as primeiras barreiras que nos separam das pessoas e da vida. É a luz que possuímos que deve ser a primeira a nos aquecer, a iluminar nossos passos, ninguém pode ver por nós, caminhar por nós e menos ainda sentir por nós.
Quando fazemos pelos outros, estamos concentrando nossas energias em algo externo a nós e quando pensamos menos na carga que carregamos, ela parece mais leve, mais suportável.
Quando faz frio no nosso coração, devemos agasalhá-lo para que ele passe melhor pelo inverno, que passará, como passam todas as outras estações.
Aquele que aprende a plantar uma flor, planta muito mais que uma flor, ele faz nascer a esperança no mundo.

8 comentários:

José Ramón disse...

Parabéns pelo Blog
Obrigado por continuar a criatividade ea imaginação das fotos Jose Ramon boas-vindas.

Atenciosamente

Jorge disse...

Maria José,
O círculo vicioso maltrata. Por isso, é necessário transformarmos em círculo virtuoso o nosso coração.
O coração é o nosso lar. Escolher os móveis certos, que mais nos agradam, ornamentar cada cômodo, iluminar com lâmpadas que queremos; enfim, enfeitar o lar que moramos. Se nós não cuidarmos do nosso lar, é só comparar quando deixamos o nosso lar terrestre sem arrumação.

Com todo amor,
Jorge

Pelos caminhos da vida. disse...

Domingo de luz pra vc amiga.

beijooo.

alegria de viver disse...

Querida amiga
Quando faz frio no coração, não sentimos nossa existência, portanto nada mais existe, precisa de muito amor para se libertar, é um processo de sentir.
Com muito carinho BJS.

Adolfo Payés disse...

Una belleza leerte esta tarde..

Un beso

Un placer pasar por tu espacio..

Un abrazo
Saludos fraternos.

Que tengas un feliz fin de semana..

angela disse...

A gente cuida da gente cuidando dos outros. É o melhor jeito de cuidar, as grandes almas sabiam disso e as vezes a gente se perde na dor.
Bonito texto amiga
beijos

Ana disse...

¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨) ¸.•´¸.•*´¨)
(¸.•´ (¸.•` * ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
........|___|...TE DESEO
........|000|...FELIZ NAVIDAD
........|000|...LLENA DE LUZ Y AMOR
........|000|...Y PROSPERIDAD
........|000|... FELIZ AÑO NUEVO 2010
.........\00/.... Q ESTE AÑO SEA CARGADO
..........\0/..... DE BUENAS VIBRACIONES Y BUENOS DESEOS
...........||...... PARA TODOS, SON LOS SINCEROS DESEOS
...........||...... DE ANA
...........||......
.........._||_....FELI... FIESTAS!!!
♥¸.•*¨)¸.•*¨)
(¸.•´♥♥.¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨) ¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)★¡¡¡Feliz Navidad!!!

Nica Gomes disse...

E a mais pura verdade!
suas palavras descrevem exatamente a posição humana nesta sociedade em que todos nos queremos nos proteger da dor!