Páginas

sábado, 14 de novembro de 2009

A ÚLTIMA PEDRA


“Gosto de uma música que Franck Sinatra costumava cantar, My way. O curioso é que só fui prestar atenção na letra dessa canção quando escrevia este texto. Ela diz mais ou menos assim: "se eu acertei ou se errei, fiz isso da minha maneira".Quando olho para trás, percebo que fiz muitas bobagens. Acertei bastante, mas também errei bastante.
Quando olho para diante, tenho certeza de que vou acertar e errar bastante também.
É impossível acertar sempre.
Mas o importante é que não gastemos nosso tempo nem nossa energia nos torturando.
A autocrítica pelo que não deu certo, além de ser nociva para a saúde, faz com que a gente perca os passarinhos que a vida nos oferece de presente.
Um dia destes, um dos meus filhos me perguntou por que eu tomei determinada decisão estúpida tempos atrás. Respondi que me arrependia do que tinha feito, mas expliquei que, naquele momento, minha atitude me parecia lógica. Se eu tivesse o conhecimento e a maturidade de hoje, certamente a decisão seria diferente.
Por isso é que lhe digo: não se torture por algo que não deu certo no passado.
Talvez você tenha escolhido a pessoa errada para casar.
Talvez tenha saído da melhor empresa onde poderia trabalhar.
Talvez tenha mandado uma filha grávida embora de casa.
Não importa o que você fez, não se torture.
Apenas perceba o que é possível fazer para consertar essa situação e faça.
Se você sente culpa, perdoe-se.
E principalmente, compreenda que agiu assim porque, na ocasião, era o que achava melhor fazer.
Há uma história de que gosto muito: um pescador chegou à praia de madrugada para o trabalho e encontrou um saquinho cheio de pedras. Ainda no escuro começou a jogar as pedras no mar. Enquanto fazia isso o dia foi clareando até que, ao se preparar para jogar a última pedra, percebeu que era preciosa!
Ficou arrependido e comentou o incidente com um amigo que lhe disse:
- Realmente, seria melhor se você prestasse mais atenção no que faz, mas ainda bem que sobrou a última pedra!
Existem pessoas que não prestam atenção no que fazem e depois passam a vida inteira arrependidas pelo que não fizeram, mas poderiam ter feito, e se martirizam por seus erros.
Se você está agindo assim, deixo-lhe uma mensagem especial: não gaste seu tempo com remorsos nem arrependimentos. Reconheça o erro que cometeu, peça desculpas e continue sua vida.
Você ainda tem muitas pedras preciosas no coração: muitos momentos lindos para viver e muitos erros para cometer.
Aproveite as oportunidades e curta plenamente a vida.
Curta os passarinhos. Eles são os presentes do universo para você!

23 comentários:

Jorge disse...

Maria José,

Saber se perdoar é uma arte.Acostumamos a ouvir qie devemos perdoar os outros. Porque é tão difícil? Porque devemos nos perdoar antes.
E para não precisar ficar se perdoando (setorna fuga), é necessário ter atitudes conscientes!!!

Meu Anjo,

Beijo

Ritinha disse...

Amiga,
Cometemos muitos erros mesmo. Mas fico me perguntando se sempre acertasse, a vida seria monótona pois o que aprenderei, de verdade?

Deixo um beijinho,
Ritinha

Arcanum disse...

Amada amiga, um post que me emocionou. Vou te dizer uma coisa: Não podemos acertar todas, é verdade, mas errar todas também não. Logo, é preciso que sigamos sempre sem dramas em nossas consciências, pois é mesmo pelo erro que vem o aprendizado.Bjs querida, e uma boa semana.

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Bom Domingo!!

Ѽ Beijos daqui Ѽ

Rejane disse...

Maria José, muito obrigada por sua carinhosa visita.Você como sempre, muito gentil.Sorri muito qdo li que vc falou que não sabe como eu consigo administrar os Blogs kkkkkkkkk esse é lado positivo de eu ter tido filhos cedo-hoje eles são casados ,têm a vida deles, eu só trabalho um expediente e assim uso muito do meu tempo no PC -TEM COISA MELHOR?? o mundo lá fora está muito violento e eu aprendi a tirar prazer nas coisas simples da vida.Um grande beijo!

ONG ALERTA disse...

Não existe regra para as pessoas cada um faz da melhor maneira que lhe é possível em cada momento de nossa vida, errar e acertar faz parte da vida então viva cada dia com erros e acertos sempre, paz.

Principe Encantado disse...

Vim lhe visitar e te deixo este pensamento:
O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada.
Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.
Cora Coralina

Um Bom domigo para ti.
Abraços forte

"Minhas Palavras" disse...

"my Way" é minha música predileta, eu conheci a letra. Nada acontece por acaso. Muitas vezes tomamos atitudes precipitadas, e o mundo cai em nossa cabeça, nos torturamos, mas nas voltas que o mundo dá, tudo se acerta, se encaixa, e voltamos a viver o dia presente, o passado é lamento apenas, já foi, o tempo não volta, e serve de aprendizado pra acalmar nossas mentes muitas vezes insanas, e pensarmos bem antes de tomarmos qualquer decisão. Isso é o ideal. Mas tudo passa, assim como o tempo.

\beijos.

Eliane Jany Barbanti disse...

Olá querida Maria José, vim oferecer um selinho no meu blog Louvor a Deus http://jesuscristoemminhavida.blogspot.com/.
V/c é minha indicada! Espero que goste.
O link do post é: “Selo este blog vicia”
BJS e fique com Deus.
Eliane

REGINA GOULART SANTOS disse...

Oi, Maria José, "My Way", é sem dúvida uma das mais lindas músicas de Frank Sinatra, e não pode faltar em reuniões e festas.
A letra é perfeita, conta a história de um homem que ganhou, perdeu, se apaixonou, e acima de tudo, soube viver e desfrutar tudo de melhor da vida.
Muitos bjs.

alegria de viver disse...

Querida amiga
Todos os dias erramos, muitas vezes nem percebemos,mas estamos aqui para aprender, e quando erramos, naquele momento demos o melhor de nós ou seja foi o nosso melhor, portanto só erramos com a finalidade de acertar.
Com muito carinho e alegria BJS.

Estrela disse...

Maria José,

Boa noite!!!

Vim fazer uma visita e comunicar que tem um selinho esperando por ti lá no blog.
Estou lendo 50 anos depois, claro ainda estou nas primeiras páginas...mas sempre penso assim, nenhum livro chega se não for por uma razão...devo aprender muito com essa leitura.
Bjs no coração sempre (*_*)

Silvia disse...

Verdadeira e linda mensagem.
Abraço

Kelly disse...

Oi Maria José tenho procurado muito me perdoar, as vezes me pego me culpando por coisas que eu não teria como ser a responsável, mas sempre fica na minha cabeça, e se fosse diferente? E se eu tivesse esperado um pouco mais?
Ser humano é difícil, o dia a dia , e a vida é complicada. bjs

Ana Paula Britto disse...

Obrigada mais uma vez Maria José! Seus textos vem exatamente na hora em que preciso ler. No momento, a certeza de que estou fazendo o melhor que posso em algumas situações consegue deixar o meu coração menos dolorido.
Boa semana!

Mamello disse...

Oi Maria, veja que engraçado...no último sábado estava conversando com uma amiga exatamente sobre isso.
E além de tudo que você falou existem duas outras coisas que não devem ser esquecidas:

- Não se preocupar com o que os outros vão pensar de suas decisão (senão você nunca faz nada, nem o próprio Jesus Cristo agradou a todos)

- As pessoas que ficaram pra trás é que perdem. Nós ganhamos por seguirmos sem negatividade no coração.

Bom, era isso.
=)


Beijo do Marcio.

GALLARDO disse...

Oi Maria José.... errar é humano. De facto há quem acerte mais ou menos. Mas não podemos fazer disso vida i.e. contabilizar essa mais ou menos acertividade; Mas a vida vai-nos transmitindo o que poderá ser certo a um determinado momento poderá deixar de o ser num outro; O certo é que isso faz parte de nós (avaliar o que é certo e errado) e evolui (transforma-se) connosco e por isso eu reafirmo que não vale o esforço pensar em decisões erradas, mas vale a pena pensar nos príncipios que nos levaram a essas decisões.

Cmpts
Gallardo

www.3dthought.blogspot.com

Graça Pereira disse...

Um óptimo conselho...para quem quer seguir em frente!!
Um beijo, minha querida.
Graça

Unknown man disse...

Maria José,
Vivamos conscientes pois assim de nada arrependeremos.

Um super carinho prá você, minha doce amiga,

Josy Nunes disse...

Oi,
Maria José,
Ninguém é perfeito e errar faz parte do crescimento e evolução.Hoje um erro pode nos parecer enorme e amanhã a gente nem lembrar mais dele ou o contrário é assim mesmo. Só se aprende errando.

Cris Tarcia disse...

Olá, Maria José!

Adorei o texto, isso mesmo as vezes fico me culpando , que poderia ter feito melhor, é perda de tempo e energia, tenho aprendido aos poucos , mas chego lá

Um beijo enorme

Espírito Azul disse...

Maria José, realmente estava precisando de ler seu texto. Muito obrigado,amiga por sua doces palavras que acalentaram meu coração. Assisti hoje o filme do Dr.Bezerra de Menezes e nele ele diz que nem somos totalmente bons ou ruis. Estamos em aprendizado e nem sempre acertaremos, mas com certeza podemos consertar ou tentar melhorar algumas situações. Beijo em sua alma sensível e delicada!

Casa da Poesia disse...

Maria José...

Saber reconhecer os próprios erros é a maior das sabedorias para o homem. Se estamos em evolução e essa é uma passagem de aprendizado, tudo o que fazemos através do livre-arbítrio deve ser mensurado... o caminho nós temos se soubermos escutar as palavras divinas... cabe a nós procurar o melhor para nós e para os outros.
Obrigado por sua visita e palavras deixadas no Estejamos em Paz... com certeza foi muito importante sua presença lá.
Visite: www.casadapoesia.ning.com , é nossa rede social de literatura.
Um grande abraço* e esteja com Deus.
Renato Baptista