Páginas

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

PARA VOCÊ, MINHA FILHA

Quando você nasceu, minha filha, a minha vida mudou completamente. Os horários passaram a ter um caráter de responsabilidade. As horas de lazer passaram a ser dedicadas a você e todas as outras horas também. O meu sono ficou reduzido a 4 ou 5 horas por dia. Tive que aprender a trabalhar com metade do cérebro funcionando, devido o cansaço.
Percebi que não sabia nada sobre ser mãe, e cheguei até a lhe dar água numa chuquinha tampada por dentro. Mas fui aprendendo a lidar com xixis, cocos, hipoglós, mamadeiras, chupetas e mais um arsenal de material “indicado para bebês”.
Todo o meu salário era para você. Para os melhores médicos, as melhores escolas, aulas de natação, aulas particulares e, depois, mais à frente, as roupas e acessórios da moda, os shows, a gasolina do carro etc.
Aprendi a ser mãe. Amei ser mãe. E descobri que a vida sem você não tinha o menor sentido. Aprendi o verdadeiro sentido da palavra AMOR. Descobri que amor é o que sinto por você, que sou completa ao seu lado e que é possível amar sem esperar nada em troca.
Hoje, Marcela, pensando nestas palavras, digo-lhe com toda sinceridade, que faria tudo de novo. Pois hoje, minha filha, daria tudo para ver o seu sorriso e escutar a sua voz. Daria tudo para correr para seu abraço, acariciar suas mãos macias como pêssego, dar-lhe um beijo e sentir paz interior no aconchego de sua companhia.
Eu vivi por você, meu raio de sol...

30 comentários:

Fernando disse...

Hola Maria José,
Preciosa fota, de tal palo tal astilla, como se dice aca en España.
Muy guapas.
Y precioso relato.
Los hijos, que no daria uno por los hijos.
Besos.
Fer.

Adolfo Payés disse...

muy tierno.. maravilloso

Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos

Que tengas una muy buena semana..

Pd:Estaba ausente por cuestiones de salud..
pero ya de regreso por aquí..

Aislin Nahimana disse...

Que linda essa homenagem a sua filha...

Bjosss!!!


aislinnahimana.blogger.com.br

Arcanum disse...

Veritas, minha amiga.
Sempre que venho aqui, sinto-me um raiar de intensas luzes e cores positivas. Só posso dizer a mais que tinha como tenho razão a seu respeito. A Cada momento aumenta minha admiração por vc.

Bjs doce amiga

Vila das Amigas disse...

Olá Maria José,
Um abraço, fique com Deus.

alegria de viver disse...

Querida amiga
A saudade é definitivamente muito dolorida.
Mas temos de aprender a amar sem apego, amor que liberta.
Sinta todo esse amor pela vida, na alegria de um dia poder abraçar com ternura sua filha.
Com muito carinho BJS.

Maria Izabel Viégas disse...

Meu anjo...meu coração se emociona com o teu!
Amiga...no livro Irmão Jacob de Chico Xavier , um dos livros espiritas que mais me impressionaram pois relata o desencarne de um Ex-Presidente da FEB, cujo parteiro espiritual foi o Dr. Bezerra de Menezes! Ele relata da sua imensa dificuldade de sair do corpo e deixar a sua alma livre, só depois que orou depois de um príodo d nervosismo(e olha a experiência dele como Espírita!) começou a enxergar uma luz linda vindo em sua direção.
Ele se acalmou ao ver que era sua filha que desencarnou aos 17 anos. E para sua surpresa e , até constrangimento, ele não tinha luz nenhuma, sua filha era um espírito de muito mais luz.
Leia este livro.
É um processo que nós espíritas precisamos saber, pois a prática é diferente da teoria. Para mim foi um forte alerta.
Amor , é muito difícil, meu filho mais velho quase faleceu,ano passado, num início de infarto aos 36 anos e eu quase pirei.Já aos 29 anos tbém aconteceu.
Este mês apareceu de novo novos problemas... é por tal que andei parando tudo. Nosso coração de mãe sofre. Nem sempre quando estamos aqui escrevendo é sinal que nossa alma não está sofrendo.
É uma dor sem igual... mas amada, desabafa conosco. Somos seus irmãs e irmãos e estamos sempre aqui junto ao seu coração.
Sua menina linda está bem, ela quer que vc também esteja, confiante nos desígnios do pai e , nossos filhos são mais evoluídos que nós.
Fique em paz, amada.Nunca pense que a vida acabou. Já vi m regressões tantas dores. E temos que acreditar. Ter Fé!
Maria mãe de Jesus, nossa Grande Mãe, assim sofreu. Lembra.
beijos n'alma!
Te amo Te amo Te amo!
Sua presença neste mundo virtual é PURA LUZ!

Kelly disse...

Maria José, me emocionei com sua homenagem a sua filha. Ando muito sensível ultimamente, acho que são as saudades que aumentam a cada dia, e por mais que aceitemos a morte como um processo da vida, é difícil impedir que a saudade nos invada de vez em quando, pois essas pessoas que partiram são importantes demais em nossas vidas, e nós por enquanto continuamos nessa caminhada aqui nessa vida carnal, esperando pelo reencontro.
Me coloco em seu lugar e me angustio, passei e passo pelas mesmas lutas que você, tenho uma filhinha de 2 anos e meio, linda!!! Razão da minha vida, fui mãe aos trinta anos e tenho a impressão de que sempre fui mãe.
Eu acredito, ..preciso acreditar que para tudo existe uma explicação, que não sabemos ...ainda.
Grande beijo nesse coração enorme de mãe!

Gislene disse...

BOA NOITE, MARIA JOSÉ...
TUA FILHA PARTIU...
E O QUE ENTENDO DO QUE LI, É QUE TENS MUITO AMOR POR ELA, E QUE ESTE AMOR JAMAIS SE APAGARÁ... É ETERNO... É AMOR DE MÃE...
ÀS VEZES, A DOR QUE TRAZEMOS EM NÓS, É TÃO GRANDE, QUE PRECISAMOS FALAR, COLOCAR PRA FORA, COMO UMA MANEIRA DE NOS ALIVIAR O PEITO DOLORIDO...
ESTOU ME LEMBRANDO AGORA, DA DONA DENÉSIA, MÃE DA PAULA, MENTORA DA NOSSA AMIGA JR...
COMO DISSE À ELA, MARIA JOSÉ, DIGO A TI TAMBÉM, QUE, DEUS JAMAIS SE ESQUECE DAS MÃES...
ELAS SÃO OS ANJOS A QUEM DEUS CONFIOU A GUARDA DE SEUS FILHOS NA TERRA...
TUA FILHA, RECEBEU SUA MENSAGEM...
ELES SEMPRE ESTÃO NOS OUVINDO...
PARA O AMOR, MARIA JOSÉ, NÃO HÁ BARREIRAS...
NUNCA ESTAREMOS PREPARADOS PARA NOS SEPARAR DE QUEM AMAMOS...
OLHA, SEQUER POSSO IMAGINAR A SAUDADE, OU O SENTIMENTO QUE SE PASSA EM SEU SER, MAS DEIXO AQUI UM POUQUINHO DAS MINHAS PALAVRAS E DO MEU CARINHO...
UM FORTE ABRAÇO,
GISLENE.

Arcanum disse...

Querida amiga. Tive receio de perguntar se sua filha já havia falecido. Perdoe-me, desconfiava, mas não sabia. É duro quando perdemos um ente que amamos, mas filho é muita dor. Sem palavras, mas endosso o que a colega acima recitou. Bjs amiga, paz e força.

angela disse...

M.José
Fica doendo em mim um pouco da sua dor.
Vou lhe escrever o poema que minha mãe fez quando meu irmão se foi.

Ele calçou sua sandalia
de sonhos,
vestiu seu manto de
brumas e
partiu.
Pois a vida e a morte
são uma e a mesma coisa,
como o
rio e o mar são uma e a
mesma coisa."

Beijos minha querida.

Julimar Murat disse...

Maria José

No meu silêncio, a minha admiração e o meu amor por voce

Fique com Deus

Beijos

Julimar

Pelos caminhos da vida. disse...

Digo que filhos são bençãos que Deus nos deu.

Linda homenagem a sua filha.

Laços eternos.

beijooo.

*Lisa_B* disse...

Maria José,
passei aqui várias vezes sem conseguir palavras.
Enquanto eu festejava o aniversario da minha filha vi aqui este post e doeu-me porque ainda reclamo da vida que não tem sido fácil mas que no fundo tudo tenho: os filhos.Peço desculpa por isso, pois deve deparar-se com pessoas como eu reclamando de barriga cheia não é? É a insatisfação humana não sei se é defeito ou feitio mas acontece de vez em quando isso sim :-(

Tenho um selinho para si se o quiser aceitar.
Gotas de meu carinho

António Rosa disse...

Cara Maria José

Publiquei agora o post de agradecimento os selos que me ofereceu.

Grato.

António Rosa disse...

Maria José

Fiquei muito sentido com o seu texto. Lamento muito. Também perdi um. Abraço.

RENATA PIRES disse...

Benditas são as mães...
Senti contigo a sua saudade...
Um grande beijo

Fabiano Mayrink disse...

Nao sei o que é sentir este sentimento por um filho, pois nao tenho, mais sei que amor de mãe se sobresai a todos os amores, nao tenho muito mais a dizer, um abraço...

Jorge disse...

Maria José,
No silêncio do coração, o Amor é força poderosa que movimenta a vida. Que dirá, então do Amor de uma mãe!
Me emocionei, meu Anjo.
Na realidade é o que você é: um Anjo, que a sua filha sentiu. E nós, amigos, sentimos também.

Adoro você!!!

Beijo em teu coração de ouro!

Lú Silva disse...

Maria como muitos aqui me emocionei com a homenagem a sua filha. Vc é muito abençoada... sua dor deve ser enorme, só Deus mesmo para confortá-la.

Conto sempre com meu carinho, por enquanto virtual.

Fica com Deus minha amiga.

vuelo de hada... disse...

Que precios texto dedicado a quien tanto lo merece tu hija y por cierto tan hermosa como la madre.
Te felicito porque eres muy tierna y se que adoras a tu hija.
Un abrazo fuerte para las dos.

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.

Antonio Carlos disse...

Querida irmã Maria José!
As palavras que brotam de um coração amoroso faz com que nos coloquemos no lugar daquele que as escreve. Esse é o seu caso. Para demonstrar a certeza que tenho de que você esteve sempre, está e estará presente junto à Marcela, deixo aqui um texto do Chico, com o título "Mãezinha", pois creio que ele retrata muito bem o que você não apenas foi, mas é e sempre será para a Marcela.

MÃEZINHA

"Quando o Pai Celestial precisou colocar na Terra as primeiras criancinhas, chegou à conclusão de que devia chamar alguém que soubesse perdoar infinitamente.
De alguém que não enxergasse o mal.
Que quisesse ajudar sem exigir pagamento.
Que se dispusesse a guardar os meninos, com paciência e ternura, junto do coração.
Que tivesse bastante serenidade para repetir incessantemente as pequeninas lições de cada dia.
Que pudesse velar, noites e noites, sem reclamação.
Que cantarolasse, baixinho, para adormecer os bebês que ainda não podem conversar.
Que permanecesse em casa, por amor, amparando os meninos que ainda não podem sair à rua.
Que contasse muitas histórias sobre a vida e sobre o mundo.
Que abraçasse e beijasse as crianças doentes.
Que lhes ensinasse a dar os primeiros passos, garantindo o corpo de pé.
Que os conduzisse à escola, a fim de que aprendessem a ler.
Dizem que nosso Pai do Céu permaneceu muito tempo, examinando, examinando... e, em seguida, chamou a Mulher, deu-lhe o título de Mãezinha e confiou-lhe as crianças.
Por esse motivo, nossa Mãezinha é a representante do Divino Amor no mundo, ensinando-nos a ciência do perdão e do carinho, em todos os instantes de nossa jornada na Terra. Se pudermos imitá-la, nos exemplos de bondade e sacrifício que constantemente nos oferece, por certo seremos na vida preciosos auxiliares de Deus."
Beijos em seu coração amoroso.
sempre juntos em Jesus.
Antonio Carlos

Adelia Ester Maame Zimeo disse...

Linda Maria José, esta foto mostra o Amor profundo e terno entre os dois anjos em que lá se encontram. Você traduz seu sentimento em palavras de uma maneira magnífica! Sua alma dita as palavras e você as escreve. Senti-me emocionada ao ler este belo post... sem mais palavras... Paz Profunda!

Carmem L Vilanova disse...

Maria Jose!
Hoje nao tenho palavras para comentar este teu post tao lindo e emocionante. Amo ser mae, tenho dois filhos lindos, sem os quais nao saberia viver, ou se vivesse, viveria com o coracao faltando um pedaco, como deve faltar ao seu...
Ao ler seu post de hoje nao pude contar as lagrrimas que teimaram em cair por mais que eu tentasse me controlar...
Nascemos e somos criados em uma cultura que nos insina implicitamente que devemos "morrer" antes que nossos filhos, nunca ao contrario e isso parece fazer doer muito mais quando acontece...
Que Deus seja sua paz interior, que a lembranca de Marcela seja o que lhe impulsiona a ver um novo dia e que a alegria de poder haver vivido junto a ela, seja a prova maior de Amor que Deus pudesse haver-lhe dado!
Fica em paz, querida!
Beijos e muitas flores para ti, linda... os sorrisos???... amanha, quem sabe!

Marcia disse...

Maria José,
Já passei por aqui algumas vezes, e agora é que descendo as postagens é que vi esta linda foto, de você e sua filha; Li os comentários tentando encontrar palavras para te passar uma mensagem de luz. Sou espírita como você sabe; trabalhamos imensamente pelo "amor desapego", pois quem ama liberta, mas, tenho certeza que a dor de perder um filho deve ser imensa, (tenho dois filhos) mesmo sabendo que eles estarao em planos de luz. A única coisa que posso dizer para você é: forca (desculpa a falta da cedilha) amiga, e oro pedindo a Deus que te cubra de bencaos de consolo e de paz.
Jesus te ilumine muito....
Beijos e muitas vibracoes de amor e luz para você,
Márcia

G I L B E R T O disse...

Maria

Como disse a velha máxima:

Ser mãe é padecer no paraiso!

Linda mensagem! Parabéns pela filha e por tua sensibilidade!

Maria José disse...

Agradeço a todos vocês, meus grandes amigos, o carinho, a força e a amizade. Sei que com a ajuda de Deus e a de vocês, vou conseguir prosseguir a vida, cumprindo o que a mim foi destinado. Beijos a todos.

Mariana disse...

Maria José, tão linda a homenagem e tão triste.
Acompanho o que passa e vive a Lisette, da ONG Alerta, e posso te dizer que a saudade de uma filha não é fácil.
Admiráveis são as mães que não se deixam morrer, e sobrevivem por amor, pela filha q virou anjo.
Não sei quanto tempo faz, mas creio que o tempo só aumenta a saudade.
Deus esteja contigo e dê forças.
Grande abraço.

Wifi Password Hacking disse...

nice your site thanks for sharing love you all teme good work keep it up.
Hack Wifi Password