Páginas

domingo, 9 de agosto de 2009

MUITO OBRIGADO, PAI


Por ter me entendido enquanto eu crescia e por ter aceitado minhas tão rápidas mudanças.
Deve ter sido difícil manter-se em calma comigo, mas você sempre tentou e quase sempre conseguiu.
Por ter me ouvido e ter me dado claras e breves respostas às dúvidas e perguntas que eu levava a você.
Por ter reforçado minha confiança para continuar revelando meus pensamentos e sentimentos.
Por ter me aplaudido quando fui verdadeiro, por ter me compreendido quando eu disse mentiras, por ter me provado que elas maculam nosso caráter.
Por ter me falado sobre os seus erros e sobre as coisas que você aprendeu com eles. Isso fez com que eu aceitasse meus próprios erros, que também aprendesse e que me perdoasse.
Por prestar-me atenção e gastar tão grande parte do seu tempo comigo. Isso levou-me a acreditar que sou importante e que tenho muito valor.
Por agir sempre do modo que desejou que eu agisse. Foi assim que você me deu um modelo positivo para seguir.
Por confiar em mim e me respeitar mesmo quando eu era menor do que você.
Por ter considerado meus sentimentos e necessidades, e ter me mostrado muitas vezes que elas eram semelhantes às suas.
Pelos elogios e pelos incentivos. Foi sempre por isso que eu me senti bom e quis continuar sendo digno da sua fé em mim.
Por ajudar-me a explorar meus talentos e potenciais.
Por ter me ensinado que para ser feliz eu tinha que ser eu mesmo e não como você ou igual a outros que você admirava.
Por ser você mesmo e por não desistir da felicidade. Com isso eu aprendi a buscar uma vida feliz, bem sucedida e satisfatória.
Obrigado pai, por sempre ter-me ouvido.
Ouça-me mais uma vez agora: EU AMO VOCÊ.
Ao meu pai, os meus parabéns pelo dia de hoje, com a minha gratidão, respeito, admiração e profundo amor. Que Deus esteja sempre com você!

3 comentários:

lowellpendon disse...

Wish I could translate this into English. Nonetheless, glad to have found your cool site with such nice layout.

AMRITA PAKI disse...

Lindo amiga!

Maria José disse...

Lowellpendon, my friend
I will try to translate the text for you, but my English is well bad.
Thank you, Dad ...
Because you understood me while I grew and for accepting my changes so fast.
Must have been difficult to remain calm with me, but you always tried and often succeeded.
Thank you to listening to me and have given me clear and brief answers to questions and doubts that I could be you.
Thank you for you have strengthened my confidence to continue revealing my thoughts and feelings.
Thank you for you have applauded me when I was true, for you have understood when I told a lie, for you have proven that they stain our character.
Thank you have talked about yours mistakes and the things you learned from them. This has made me accept my own mistakes, to learn with them and to forgive myself.
Thank you for you attention and make me spend so much of your time with me. This led me to believe that I am very important and I value.
Thank you for you always act the way I wanted to act. So that you gave me a good model to follow.
Thank you for you trust me and respect me even when I was smaller than you.
Thank you for you have considered my feelings and needs, and have shown me many times that they were similar to yours.
Thank you for your kind words and the incentives.It has always been why I felt good and wanted to continue being worthy of their faith in me.
Thank you for helping me to explore my talents and potential.
Thank you for you have taught me to be happy that I had to be myself and not as equal to you or others that you admired.
Thank you for being yourself and not give up the happiness. Because this I learned to seek a happy, successful and satisfactory life.
Thanks Dad, for always having heard me.
Listen to me again now: I love you.