Páginas

sábado, 5 de março de 2016

SER LIVRE




Ser livre é não ser escravo das culpas do passado nem das preocupações do amanhã.
Ser livre é ter tempo para as coisas que se ama.
É abraçar, se entregar, sonhar, recomeçar tudo de novo.
É desenvolver a arte de pensar e proteger a emoção.
Mas, acima de tudo, ser livre é ter um caso de amor com a própria existência e desvendar seus mistérios.

2 comentários:

Guaraciaba Perides disse...

Reflexão interessante!...a dura conquista da liberdade, desvencilhar-se das culpas do passado e das preocupações do futuro...só as crianças conseguem ou os espíritos puros.
Um abraço

Jorge disse...

Sublime esta tua definição de liberdade...

Beijinhos, lindona!

(me desculpe a ousadia de lhe chamar lindona, mas...é mesmo lindonaaaaa... por favor, não interprete mal as minhas palavras)

:))