Páginas

quinta-feira, 20 de junho de 2013

IMITANDO O MESTRE




Um discípulo que amava e admirava o mestre, resolveu observá-lo em todos os detalhes, acreditando que ao fazer o que ele fazia, iria também adquirir a sua sabedoria.
O mestre só usava roupas brancas, e o discípulo passou a vestir-se da mesma maneira. O mestre era vegetariano, e o discípulo deixou de comer qualquer tipo de carne, substituindo sua alimentação por ervas. O mestre era um homem austero, e o discípulo resolveu dedicar-se ao sacrifício, passando a dormir numa cama de palha.

Passado algum tempo, o mestre notou a mudança de comportamento de seu discípulo, e foi ver o que estava acontecendo.

E o discípulo declarou: - Estou subindo os degraus da iniciação.

O branco de minha roupa mostra a simplicidade da busca, a alimentação vegetariana purifica o meu corpo, e a falta de conforto faz com que eu pense apenas nas coisas espirituais.

Sorrindo, o mestre o levou até um campo onde um cavalo pastava.

- Você passou este tempo olhando apenas para fora, quando isso é o que menos importa.

Está vendo aquele animal ali? Ele tem a pele branca, come apenas ervas, e dorme num celeiro com palha no chão. Você acha que ele tem cara de santo, ou chegará algum dia a ser um verdadeiro mestre?

4 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo pra reflexão! Muito! beijos,chica

Rita disse...

Minha querida como vai td bem com vc?
Achei divino esse texto, olha é pra
refletir mesmo com amor e fé,só assim chegaremos ao nosso objetivo
Tenha uma linda noite com bons sonhos
Rita!!!!

luís rodrigues coelho Coelho disse...

...e caíram por terra todos os sonhos daquele discípulo
O que nos torna diferentes é a nossa vida interior.

Rô... disse...

oi minha amiga,

que lindo,
o amor nos move e a fé nos carrega no colo...

beijinhos