Páginas

quinta-feira, 11 de abril de 2013

VIDA




 É chegada a hora...
Do ventre materno
Desponta para o mundo...
Há que enfrentar a vida.

Muitos invernos e primaveras,
Haverá um futuro para construir!
O tempo passa...
Implacável...
Saudades virão...
Muitos sonhos florescerão

Entre choros e risos,
Medos e anseios,
Novidades enfim,
Pois a vida é mesmo assim.

Nos olhos o sorriso,
Na face a meiguice,
No coração uma melodia
De amor e de alegria.

O corpo vai tomando forma,
As lembranças armazenadas
No baú da saudade
E o tempo vai passando...

Novas formas,
Novos temores,
Novas alegrias,
Novos amores...

Vida vivida,
Missão cumprida,
Lições para serem ensinadas,
Experiências para serem trocadas,
Saudades para serem lembradas...

4 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

A vida é um contínuo maravilhoso com variantes para cada ser, e coube, "direitinho", numa bela poesia...

Um beijo, Maria José

La Gata Coqueta disse...



Hoy me he levantado
con el firme propósito
de dar gracias a Dios,
por permitirme conocer
a personas tan maravillosas
como lo eres tú.

Un fuerte
y excepcional abrazo,
para recibir el fin de semana
con radiante alegría,
de parte de esta
tú incondicional amiga.

Atte.
María Del Carmen



Rô... disse...

oi minha amiga,

a vida é um eterno recomeço,
a cada dia uma onda de mudanças percorre nossa vida,
nos propondo aprendizado,melhorias e evolução...

beijinhos

Kotta1947 disse...

Gostei do poema. Desejo-lhe um bom fim de semana. Abraço