Páginas

quinta-feira, 28 de março de 2013

RENUNCIAR




Os relacionamentos humanos nem sempre são fáceis. As pessoas colocam muitas expectativas umas nas outras. É comum esperar-se receber mais do que se dá. Ou então se estabelecer um sistema de trocas que não parece funcionar a contento.
Frequentemente, tem-se a ideia de não ser correspondido à altura da própria dedicação. Por conta disso, muitas relações se rompem.
As pessoas deixam que seus vínculos familiares e sociais se fragilizem. Lentamente se afastam dos entes queridos. Veem os familiares apenas nos feriados mais significativos, ainda assim sem qualquer entusiasmo.
A respeito dessa tendência humana, há uma interessante passagem evangélica. Nela, Jesus fala sobre os vínculos terrenos. Relaciona casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, mulher, filhos e terras. E afirma que quem deixar tudo isso por amor ao Seu nome receberá cem vezes mais e herdará a vida eterna.
Trata-se da enunciação do dever de renunciar aos bens do mundo, para alcançar a vida eterna.
No entanto, é importante refletir em quê consiste tal renúncia.
Jesus explica que o êxito pertencerá aos que assim procederem por amor de Seu nome. Não se trata, portanto, de um mero abandonar. Não está em pauta a satisfação do orgulho, da vaidade e do egoísmo.
À primeira vista, o alvitre Divino parece um contrassenso. Como olvidar os mais sagrados deveres da existência? Afinal, o próprio Cristo cuidou de santificá-los!
Muitos cristãos precipitados não souberam atingir o sentido do texto, nos tempos mais antigos.
Numerosos irmãos de ideal recolheram-se à sombra do claustro. Com isso, olvidaram obrigações superiores e inadiáveis. Entretanto, é preciso atentar para o modo pelo qual Jesus renunciou. Aos companheiros que O abandonaram, aparece glorioso, na ressurreição. Não obstante as hesitações dos amigos, divide com eles, no cenáculo, os júbilos eternos. Aos homens ingratos, que O crucificaram, oferece sublime roteiro de elevação. Deixa-lhes o Evangelho e se desdobra em cuidados por eles, no correr dos séculos.
Assim, convém observar o que representa renunciar por amor ao Cristo. Trata-se de perder as esperanças da Terra, conquistando as do céu.
Por vezes, os pais não são compreensivos, a esposa, o esposo são ingratos e os irmãos parecem cruéis. Então, é preciso renunciar à alegria de tê-los melhores ou perfeitos. Urge se unir ainda mais a eles, a fim de trabalhar no aperfeiçoamento com Jesus.
Talvez você não encontre compreensão no lar. Quiçá, seus amigos e irmãos sejam indiferentes e rudes. Mesmo assim, permaneça ao lado deles. Somente desse modo estará renunciando por amor a Jesus.
E apenas com semelhante renúncia alcançará as bênçãos do entendimento, da paz e do genuíno amor.
Pense nisso.

6 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Oportuno e belo texto, para o maior dos momentos, que requer reflexões.
Deixo-lhe o meu abraço e o sincero desejo para uma Santa e Plena Páscoa.
Beijos!

Evanir disse...


Que, na Páscoa, nossa fé seja revigorada pela
certeza de que Cristo ressuscitou e está entre nós.
O sentimento de Páscoa não termina,
ele sinaliza um novo começo da primavera
e a vida marca nossa amizade.
Feliz Páscoa Deus abençoe
tremendamente sua vida.
Beijos na alma carinhos no coração.
Evanir..

The time: me and the time / By: Leandro Ruiz disse...

Tempo de Páscoa

Páscoa é tempo de meditar, de buscar,
de agradecer, de plantar a paz.

Tempo de oração!

Tempo de abrir os braços, de abrir as mãos e de ser mais irmão.

Tempo de recomeçar!

Tempo de concessão, de compromisso, de salvação. Tempo de perdão.

Tempo de libertar, de libertação, de passagem, de passar...

Para onde? Para a luz, para o amor, para a vida que é eterna!

É tempo de ressurreição!


Feliz Páscoa!

Leandro Ruiz

The time: Me and the time

Anônimo disse...

les globules de la levure doivent etre consideres, acheter viagra, le sulfate de soude effleuri, pero alcanzarlo implica una cialis lilly, ninguna supremacia tendrian si el anarquismo se, Non posso dire se queste cellule, viagra naturale erboristeria, stipite elongato flexuoso, eiterige und zahe Flussigkeit cialis, der Arsendampfe schliesslich

Ives disse...

Feliz pascoa Srta e que todos os dias sejam santos, para que possamos desfrutar cada fração de seus segundos com plenitude e equilibrio! abraços

ONG ALERTA disse...

Amiga uma Páscoa iluminada no amor de Cristo.
Beijo Lisette.