Páginas

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

COMO SE AMA?



Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo à porta.
O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por uma conjunção estelar...
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem ou gosta do Caetano. Isso são só referências.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira como os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.
Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.
Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia ao sol, você abomina o Natal e ela detesta o Ano Novo. Nem no gosto vocês combinam. Então?
Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela, e ela adora implicar com você. Isso tem nome.
Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado, e mesmo assim você não consegue despachá-lo.
Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama esse cara?
Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados. Não funciona assim.
Amar não requer conhecimento prévio, nem consulta no SPC. Ama-se justamente pelo que o amor tem de indefinível. Honestos existem aos milhares. Generosos também. Bons motoristas, bons pais de família, tem muitos sim! Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é...! Pense nisso...

8 comentários:

Luís Coelho disse...

Não há regras para amar. Geralmente as pessoas apaixonam-se por coisas de comum interesse. Depois o amor segue conquistando-se por outras qualidades físicas e humanas que ajudam a a amizade a ganhar raizes e razões para amar com mais sentido.

Graça Pereira disse...

Pois...o amor, não tem explicação, simplesmente:Acontece!!
beijo
Graça

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ:
" O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por uma conjunção estelar...
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira como os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera, etc etc etc né amor? Bjs. Roy Lacerda.

Catia Bosso disse...

Ah Dona Arca, linda!!!!

O amor é algo que nunca poderemos decifrar... apenas sentirrrr

e como é bom né!


bjsMeus
CAtita

Caroll disse...

O amor acontece quando menos se espera, realmente inexplicável.
Um encontro de almas...
Bjs querida

disse...

Lindo de mais!

E assim é o amor!

Um excelente final de semana com muuuiiito amor!

Abraço,

http://naocorradacorrida.blogspot.com.br/

Amara Mourige disse...

Amor é assim chega de mansinho e não tem explicação!
Apenas acontece, nos envolve, quando percebemos já estamos envolvidos nessa magia que é o amor!
bjs
Amara

Rô... disse...

oi minha amiga,

o amor é perfeito,
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá,
e por que amar é bom...

beijinhos