Páginas

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O TEMPO NÃO PÁRA



...e ela alçou vôo como uma borboleta... colorida, leve, livre. Pronta!
...e a gente espera a tempestade passar, a solução resolver, o tempo apagar, o sorriso voltar, pra vida acontecer. Enquanto isso, a vida se perde, a gente se desencontra, desencanta, desespera.
A razão é simples, enquanto tudo acontece, a vida passa e a gente não vê – porque não existe [bom] tempo futuro pra se viver se o hoje é perdido nas brumas dos acontecimentos, se nele nada semeamos, se dele nos afastamos para viver o sonho que criamos. O sonho se concretiza na medida em que dele cuidamos e por ele fazemos, sonhar apenas não basta!
A vida acontece o tempo todo, e, quando olhamos apenas em uma direção, damos as costas para o todo, esquecidos de que somos constituídos de partes que se integram, e que se desprezadas, entorta a vida, que emperra e não anda.
Por isso transitar com leveza próximo aos abismos que sentimos é o equilíbrio que aprendemos a dominar, porque os olhos passeiam por todos os lados, enquanto os pés nos conduzem pela estrada.
A tempestade passa, as soluções aparecem, o tempo apaga enquanto se vive - aí o sorriso até volta, a vida floresce e o amanhã já é parte do que fizemos ontem, do estamos fazendo hoje.
O tempo não para, como avisou o Cazuza.
Esse texto foi retirado do blog
Tecendo Ideias da amiga Denise.

2 comentários:

Caroll disse...

Verdade, amiga
Ficamos olhando para o futuro, mas esquecendo que é preciso viver "o hoje", "o agora", pois a vida passa e quando percebermos, envelhecemos e não vivemos nada.
Bjs

Rô... disse...

oi minha amiga,

essa é a mais pura verdade,
a vida acontece o tempo todo,
e não para nunca..

adorei!!
beijinhos