Páginas

sexta-feira, 13 de julho de 2012


Amor: Lembre-se de não armazenar seu amor, de não ser calculista. Não seja mesquinho, assim você perderá tudo. Ao contrário, permita que seu amor floresça e o compartilhe. Ofereça-o, permita que ele cresça.
Auto–Aceitação: Você não pode ser outro além de você mesmo. Então relaxe. A existência necessita de você tal como você é.
Arrependimento: Esteja consciente de que mesmo quando você comete um erro, isso também pode ser uma oportunidade. Quando perceber que foi contra sua própria verdade e traiu o que sente em seu coração, permita que as lágrimas fluam profundamente de você, e elas podem ser uma transformação.
Confiança: Quando você sente profunda confiança, essa qualidade transforma sua vida, não importa as circunstâncias.
Compaixão: Compaixão não é ter um coração transbordante de piedade para com os outros. Compaixão é um amor tão profundo que você está disposto a fazer o que for preciso para trazer luz a uma situação.
Consciência: Sempre que você estiver agindo inconscientemente, pare, não seja um robô, não aja a partir do ego. Tome uma xícara de chá, acorde e então aja com consciência.
Coragem: Este é um lembrete: quando você entra no caminho para encontrar Deus, não há retorno possível. E isso exige tremenda coragem.
Compreensão: Compreenda o que você vê nos outros é o que você tem dentro de si mesmo. Seus julgamentos são, na verdade, reflexos daquilo que está reprimido ou rejeitado dentro de você.
Inteligência: Use sua inteligência para procurar as coisas onde elas estão, mesmo se estiver escuro. Olhe para dentro.
Mente: Esteja pronto para tomar responsabilidade pela sua própria miséria, alegria, negatividade, positividade, inferno ou paraíso. Quando essa responsabilidade é entendida e aceita, mudanças começam a acontecer. Esteja aberto a uma nova possibilidade.
Raiva: Quando você sentir raiva, não jogue sobre o outro e nem a reprima. Ela é um belo fenômeno que pode ser transformado num fenômeno positivo.
Fracasso: Quando você tenta fazer algo sozinho , separado do todo, isso se torna um fracasso. O sucesso está em Deus e com Deus.
Sexo: Permita que seja o primeiro passo ,mas não o último.
Tristeza: Quando você segue a natureza das coisas, não existe sombra. Até a tristeza é luminosa. Ela não é mais sua inimiga. Você a acolherá, pois perceberá sua necessidade. E sem ela você será menos, não mais.
Criatividade: Pare de usar sua loucura, negatividade e destrutividade contra si mesmo e os outros. Isso tem sido fácil, destruição até mesmo uma criança pode fazer. Agora volte-se para algo interno, completamente não familiar. Isso exige tremenda coragem e força. Permita-se expressar sua criatividade.
Gargalhada: A gargalhada é uma força tão transformadora que nada mais é necessário. Se você transforma sua tristeza em celebração , então também será capaz de transformar sua morte em ressurreição.
Esperança: Não se perca na armadilha da esperança, não se deixe levar pela ideia de que a ajuda vem de fora. O outro não o preencherá. Preenchimento é interno.
Gratidão: Quando seu coração está pleno de gratidão, qualquer porta aparentemente fechada pode ser uma abertura para uma bênção maior.
Inteireza: Olhe para dentro de você e perceba se você está inteiro. Tesouras são como a mente, elas cortam, dividem. A agulha é como o amor, une as coisas, restaura o que está despedaçado. Abra seu coração para o amor, e ele o tornará inteiro.
Prece: Não interfira no amor e na prece de outra pessoa. Abandone a ideia de que você sabe a maneira de rezar. Simplesmente respeite. Seja qual for a maneira delas , essa é a forma perfeita para elas.
Abuso do poder: Quando você usa o poder, deve ter um profundo respeito e amor pelos outros e por toda a existência. Não interfira na vida do outro a partir de suas próprias concepções intelectuais. Se você tem poder, não manipule os outros; use-o criativamente.
Meditação: Preste atenção a tudo. Não existe “grande” ou “pequeno”. Você pode encontrar Deus em todo lugar. Procurando, Buscando, Investigando, você está em sério perigo! A qualquer momento pode estar amando, rindo, curtindo. Você pode acidentalmente encontrar Deus.
Acidente final: Seja sincero em sua busca; faça tudo por ela. É a sede de conhecer o original através do reflexo que o torna digno do acidente final – a iluminação.
Enviado por Roy Lacerda do blog
Momento Brasil e foi aqui postado por ser pertinente à proposta do blog.

4 comentários:

Maria Adeladia disse...

Maria José, gostei de todo o texto, mas uma das partes que mais apreciei foi esta:

".Abuso do poder:Quando você usa o poder, deve ter um profundo respeito e amor pelos outros e por toda a existência. Não interfira na vida do outro a partir de suas próprias concepções intelectuais. Se você tem poder, não manipule os outros; use-o criativamente. MeditaçãoPreste atenção a tudo.

Se tivermos bom senso,humildade, amor ao próximo, adqurimos sabedoria, o uso do poder indevidamente é IGNORÂNCIA! ARROGÂNCIA"! Só em pessoas pequenas se ver este tipo de comportamento!

Quanto mais simples somos, mas sabedoria Deus nos concede.

Ótima reflexão, minha linda.
Beijos e bom fim semana.

Dilmar Gomes disse...

Amiga Maria, gostei de tudo. Excelentes tópicos para meditação e reflexão. Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

Lulú disse...

Olá Maria José.
Gostei muito das reflexões.
Passei para desejar um bom fim de semana.
Beijos
Maria Luiza (Lulú)

Luís Coelho disse...

Os seus artigos são para ler devagar e deixar que essa magia penetre no nosso espírito.
Não posso comentar. Quero agradecer porque nos ajuda a meditar.