Páginas

quarta-feira, 4 de abril de 2012

INFLEXIBILIDADE



"Quando digo não é não.Quando digo sim, é sim.E ponto final”. Coloquei-me aqui neste pedestal, e daqui não saio. Daqui de cima vejo todo mundo. Muitos mudaram seus caminhos, são uns loucos, menos eu que continuo aqui. Muitos sorriram, outros choraram, alguns até cantaram, mas eu sou forte e continuo aqui. Muitos deles até perdoaram e alteraram suas convicções, mas que fraqueza! Mas eu não... Eu continuo aqui! Alguns quiseram me levar também, mas daqui eu não saio. Daqui eu controlo tudo e todos. Irredutível... (irracional, escravo, inseguro, imaturo). Continuo aqui... apegado aos meus (pré) conceitos, meus dogmas, enraizado em mim mesmo, avesso às mudanças, ao aperfeiçoamento, ao desenvolvimento. Continuo aqui... Enquanto eles... Ah! Esses loucos... Cantam, dançam, vivem, perdoam, mudam, choram, se encantam, contemplam, vivem... e olha... até sorriem! 
Quantas vezes adotamos uma postura inflexível diante dos problemas, diante das situações, diante da vida. Será medo da mudança, de enfrentar o novo, medo dos desafios, medo de errar? Medo de mostrar para os outros que nem sempre sabemos tudo e mais ainda... medo de enfrentar nossas dificuldades e nossa real situação? O que queremos esconder quando estamos sendo inflexíveis? As pessoas muito inflexíveis normalmente são tensas fisicamente, propensas a sentir dores musculares e têm grande dificuldade de alongar o seu corpo, de se soltar e se expor. Quando tentamos a todo custo manter uma determinada posição ou situação, estamos talvez remando contra a maré, indo contra o que a vida nos reservou e essa luta constante nos causa dor e cansaço. Podemos aprender a nos soltar mais, a pensar em novas possibilidades, a aceitar mais as posições das outras pessoas. Podemos nos colocar em uma postura de mais leveza e menos resistência e exercermos assim a humildade por saber que não somos nós os centros controladores do universo e sim, somos uma engrenagem que atua em conjunto com uma dinâmica maior de força e desenvolvimento. "Tirar o peso da rigidez de seus atos é permitir-se saborear cada minuto de sua existência.”
Texto retirado do blog
Amadeirado, com a permissão da amiga Lena, a quem agradeço de coração.

8 comentários:

Crista disse...

Eu sou,as vezes,meio que muito teimosinha...
Quando vejo que não tem jeito...me adapto aos outros...rsrsrsrs...e é muito bom!
Boa noite,coisa mais amada!
Fui eleita a coelhinha mais linda, charmosa, e gostosa do BLOG!!!
Surpresa????
Como assim...ainda duvidavas que poderia existir outra dentucinha mais amorosa do que eu???
Tá bommmm...eu sei que tu és tudo de bom também!!!
Beijos...mas...APOSTO que eu cuido melhor dos ovos que tu...ksksksksks...

Luís Coelho disse...

Penso que a vida nos vai ensinando e que devemos ser um pouco mais flexíveis.
Quem nunca errou...?
Dos nossos erros nasce a luz e a capacidade de ser humildes. Saber perdoar e compreender.
A verdade não é só minha mas de toda a comunidade.

Giovanna disse...

A vida é um aprendizado, que nos faz que as mudanças ocorram quando permitimos, quando temos a sabedoria que devemos ser flexível,tudo caminha em perfeita sintonia, mas quando teimosamente persistimos, fica difícil!!... muitos sofrem por não aceitar abrir mãos de algum pontos que o incomodam... uma pena... mas o dia a dia faz nos refletir...

Um grande abração pra ti
Giovanna

Rô... disse...

oi minha querida,

a flexibilidade vem com a maturidade,
com as experiências vividas,
com os tombos que levamos durante a nossa caminhada,
e de nada adianta teimar,não é mesmo?

beijinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

Em minha cesta de Páscoa, você encontrará muitos desejos para o amor e a felicidade, para a saúde e a prosperidade, para a sabedoria e o conhecimento, e para o prazer e o relax. Desejo a você saúde, felicidades, alegria, equilíbrio, harmonia e que consiga ir além das etapas ordinárias e descubra resultados extraordinários. Que continue tentando alcançar suas estrelas. Que realize seus sonhos. Que reconheça em cada desafio a oportunidade, e seja abençoado com o conhecimento de que tem a habilidade para fazer cada dia especial. Que tenha bastante riqueza para atender suas necessidades, e sempre lembre que o tesouro real da vida é o amor. Agradeço o seu carinho e agradeço por todas as maneiras que somos semelhantes e todas as maneiras que somos diferentes. Agradeço a Deus, do fundo do coração, com um sorriso interno que eu desejaria que todos pudessem ver... A Ressurreição do Mundo. Pois ainda não entendiam a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dentre os mortos... (João 20:9). Pela lei fundamental da natureza, todas as coisas se renovam constantemente, cumprem um ciclo e se renovam. Deus deu-nos as estações - cada uma com suas próprias belezas e razão, cada uma significando uma benção, uma alegria, e o sentimento do amor. Deus deu-nos sonhos - cada um com seu próprio segredo, cada um emitido para dar-nos sentimentos de inspiração, esperança, e tranqüilidade. Deus deu-nos a luz do sol, o arco-íris e a chuva, a beleza e a liberdade da natureza para ensinar-nos a sabedoria. Deus deu-nos milagres em nossos corações e vidas, coisas pequenas que acontecem no dia a dia, para nos lembrar que estamos vivos. Deus deu-nos a habilidade de enfrentar cada novo dia com coragem, sabedoria, e um sorriso de saber. Saber que seja o que tivermos que enfrentar é mais fácil com Deus habitando em nossos corações. Sobretudo, Deus deu-nos amigos para ensinar-nos sobre o amor e para guiar-- nos através deste mundo, e Ele está sempre disponível para ajudar-nos para uma compreensão maior e compartilhar e dar mais amor.

Feliz Páscoa querida amiga.

beijooo.

marcela disse...

Uma crítica espetacular a arrogância que nutre a inflexibilidade.
bjos

Jéssiica disse...

Gostei dessa mensagem creio que nos cristão devemos entender que Jesus que isso de nós flexibilidade,amor,respeito ..
que Deus te abençoe se der visita e segue http://botefee.blogspot.com.br/
:D

Rita disse...

Uma boa mensagem,gostei,você sempre
colocando textos maravilhosos,
Que sua tarde seja boa,e a Páscoa
feliz abraços com carinho Rita!!