Páginas

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

MARCAS E FERIDAS


Não, as feridas da alma não são visíveis, não aparecem na tomografia, nem na ressonância, mas os efeitos se materializam em diversas formas, doenças desconhecidas...
Apetite que some, a dor na cabeça, a insônia que vira companheira, são sintomas vivos das decepções...
A frustração de um amor que se foi, marca o coração com o medo...
Deixa aquele sabor de derrota pessoal, nos coloca abaixo da linha do mundo e nada que digam nos consola.
O emprego que se perde depois de anos onde colocamos a vida e os sonhos, machuca tanto quanto um corte profundo, só que o corte estancamos e esse sentimento de frustração não...
As feridas da alma surgem também da ansiedade, da esperança de dias melhores que não chegam, da casa que não construímos...
Do carro que perdemos, do lar abandonado, da escola que não conseguimos concluir, do amigo que nem era tão amigo assim...
Só o amor fraterno e universal é lenitivo, e se transforma no verdadeiro curativo, para todas as dores da alma. Começa com o perdão, fonte de transformação e termina com a decisão de mudar, de aceitar as nossas dificuldades...
E decidir que apesar das dores, merecemos a felicidade e por ela devemos lutar a cada novo dia...
Como o hoje que te espera para vencer...
Texto enviado por Roy Lacerda do blog
MomentoBrasil e foi aqui postado, por ser pertinente à proposta do Arca.

10 comentários:

Zininha disse...

Dores...todas elas são difíceis de curar...
mas a ada alma...hummmm...esta é a mais temível... com certeza...

Minha amiga, deixo beijos...

ONG ALERTA disse...

Faz horas que quero dizer, adorie tua foto com tua alma gëmea, linda!!!
Amiga sabemos que o amor cura e nos faz viver...excelente postagem, beijo Lisette.

borboleta psique disse...

Nossa Maria José... isso é tudo que eu precisava ler...
A dor da alma é a dor que mais dói, a somatização no corpo é consequencia. Mas a dor da alma é terrível. Terrível a sensação de sentir o coração em pedaços por alguma razão, perder a fome, a vontade, cansar sem fazer esforço, sentir a mente desfocar.

Desejo melhoras a todos que a tem.

Beijos

Meire disse...

Maria tão querida do meu coração de melão, a verdade é que a partir do momento em que conseguimos amar à todos incondicionalmente mágoa vira uma palavra pequeníssima para nós. Dores na alma só trazem dores físicas, então temos que fazer o máximo pra cultivar só coisas boas.

bjokitas com muito amor pra vc ;)

cidinha disse...

Olá, Maria. As feridas são díficeis de curar... Más a vida nos impulciona pra frente, empurrando as dores e dificudades e seguimos com fé no novo amanhã. Belo texto! Obrigada sempre por estár ai e todo seu carinho. Bjos e luz!

Ivana disse...

Tudo pode ser um grande aprendizado se assim quisermos. Lindo esse texto, acho que a vida não são apenas flores, e cada um já teve um momento mais delicado, mas com fé prosseguimos nosso caminho e nossa missão. Uma ótima tarde pra você.

A.S. disse...

Um belo texto!...:)


Beijo!
AL

ValériaC disse...

É minha querida, as dores da alma machucam, mesmo que não apareçam literalmente suas marcas... tenho plena convição que só o Amor tem poder para curar cada uma delas...
Beijos e doce tarde amiga...
Valéria

Senhor da Vida disse...

Só o amor realmente pra trandormar , curar, mostrar novos horizontes.bjks!

Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

As dores, sofrimentos e perdas só nos deixam mais fortes e nos elevam a alma, o espírito. É necessário calma e resignação...

Beijos
Liz