Páginas

terça-feira, 2 de agosto de 2011

A VIDA É FEITA DE MIL NADAS



A vida e feita de mil nadas, muitas vezes nos deixamos enredar pela teia do ódio, da vingança, da raiva, da amargura, dirigido ao semelhante que muitas vezes culpamos pelos nossos próprios erros.
Achamos que nosso semelhante é sempre o errado e nós os donos da verdade. Somos capazes de cometer atrocidades, falar mal, caluniar, julgar aqueles que imaginamos serem os nossos algozes.
Será mesmo que temos razão? Muitas vezes ficamos ressentidos, magoados e por esses e outro motivo qualquer, deixamos o fel da nossa língua prejudicar o outro em sua vida, na sociedade em que vivemos, na família, nos círculos de amizade, etc...
Coitados de nós que somos “pobres” de espírito, deixando a raiva tomar conta de nossa alma infeliz, nos tornando mesquinhos e pequenos aos olhos de Deus, pelos pensamentos muitas vezes obsessivos contra o nosso semelhante.
Perguntemos a nós mesmos: será que realmente fui prejudicado ou tentei prejudicar o meu semelhante, com meus atos e palavras ferinas, destiladas como o veneno de uma cobra?
Antes de julgar, pense bem, pois será julgado da mesma forma. A lei do retorno é implacável, virá a teu encontro, como um raio caído do céu em noite de tempestade.
Antes de prejudicar o próximo, sejam como for, examina as raízes, e os porquês da tua vingança desmedida.
Lembre-se que o tempo se faz curto para nos reconciliar, amar e perdoar o nosso semelhante.
Não sabemos se amanhã deixaremos o corpo físico, partindo para a pátria espiritual, sem ter tempo de pensar nos porquês de ontem
Nos tornamos obsessores futuros, daqueles que são o motivo do nosso ódio, nosso espírito fica em péssimo estado, preso no passado que não volta mais.

8 comentários:

MOMENTOBRASILCOM.COM disse...

MARIA JOSÉ:

"Achamos que nosso semelhante é sempre o errado e nós os donos da verdade. Somos capazes de cometer atrocidades, falar mal, caluniar, julgar aqueles que imaginamos serem os nossos algozes.
Será mesmo que temos razão?"
NÃO!!! não temos razão. Temos, sim, o hábito de transerirmos para outrem tudo aquilo que nos desagrada, até msm nossos erros e fraquezas, amor. Bjs. Roy Lacerda.

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Olá minha querida amiga. Que belo e profundo texto para reflexão sobre cada um de nós. Parabéns por este teu excelente cantinho. Já estou te seguindo e virei aqui outras vezes para admirar teu trabalho. Beijo. Tenha uma ótima semana.

Meire disse...

Amiga tão querida, quando fazemos o mal a alguém, estamos prejudicando mais é a nossa alma que vai carregar mais isso nela. E quem aqui planta, aqui colherá.
Linda mensagem :)
bjokitas com master carinho meu!

Mery disse...

Adorei teu texto também, fiquei me questionando, ando cobrando muito...
Obrigada por postar algo tão verdadeiro.
NINGUÉM É SUPERIOR PRA SAIR JULGANDO...OS OUTROS.
Beijos da Mery.

Senhor da Vida disse...

Um grande tema para se refletir sempre, beijo grande amiga.
O amor e o ódio nos liga aos demais: o primeiro controi,torna o elo feliz, ja o segundo, mil vezes não o ter.

Bloguinho da Zizi disse...

Vingança é fraqueza da alma.
Uma alma presa a esse sentimento jamais soube o que é amor e que amor é um sentimento duplo, vem de mãos dadas com o perdão.
Texto forte Maria José.
Por quantos "nada" muitas vidas se perdem.

Beijinhos

Arione Torres disse...

Bom dia minha querida amiga!
adorei o texto bela postagem,te desejo uma linda semana bjs....

Rô... disse...

oi minha querida,

mais uma vez temos que refletir,
o amor é o alimento da alma,
nele que devemos nos focar,
ele traz na bagagem
tantos outros benefícios,
que eu quero muito desfrutar...

beijinhos
e mais uma vez obrigada pela reflexão!