Páginas

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

O QUE SIGNIFICA SER POBRE


Um pai, bem de vida, querendo que seu filho soubesse o que é ser pobre, levou-o para passar uns dias com uma família de camponeses
O menino passou 3 dias e 3 noites vivendo no campo.
No carro, voltando para a cidade, o pai perguntou:
- Como foi sua experiência?
-Boa, responde o filho, com o olhar perdido à distância.
E o que você aprendeu? Insistiu o pai.
1 - Que nós temos um cachorro e eles têm quatro.
2 - Que nós temos uma piscina com água tratada, que chega até a metade do nosso quintal. Eles têm um rio sem fim, de água cristalina, onde tem peixinhos e outras belezas
3-Que nós importamos lustres do Oriente para iluminar nosso jardim, enquanto eles têm as estrelas e a lua para iluminá-los.
4 - Nosso quintal chega até o muro. O deles chega até o horizonte
5 - Nós compramos nossa comida, eles cozinham.
6 - Nós ouvimos CD's... Eles ouvem uma perpétua sinfonia de pássaros, periquitos, sapos, grilos e outros animaizinhos, tudo isso às vezes acompanhado pelo sonoro canto de um vizinho que trabalha sua terra.
7 - Nós usamos microondas. Tudo o que eles comem tem o glorioso sabor do fogão à lenha.
8 - Para nos protegermos vivemos rodeados por um muro, com alarmes. Eles vivem com suas portas abertas, protegidos pela amizade de seus vizinhos.
9 - Nós vivemos conectados ao celular, ao computador, à televisão. Eles estão "conectados" à vida, ao céu, ao sol, à água, ao verde do campo, aos animais, às suas sombras, à sua família.
O pai ficou impressionado com a profundidade de seu filho e então o filho terminou:
- Obrigado, papai, por ter me ensinado o quanto somos pobres!
Cada dia estamos mais pobres de espírito e de observação da natureza, que são as grandes obras de Deus.
Nos preocupamos em TER, TER, TER, E CADA VEZ MAIS TER, em vez de nos preocuparmos em apenas "SER".

25 comentários:

Luís Coelho disse...

Hoje quero agradecer por nos trazer uma história simples e verdadeira.
As pessoas preocupam-se em ter e ter sempre mais pouco se preocupando com os que não têm nada.
O importante é ser feliz com as coisas de cada dia
A lição foi boa. Agora é olhar para dentro de cada um de nós. E sermos melhores e mais perfeitos.

The Abbot disse...

A valuable lesson to all.

ValeriaC disse...

Querida florzinha...não preciso nem falar muito...achei DIVINO...PERFEITO...adorei
Doce noite amiga...beijos...
Valéria

Jortas disse...

O que acho incível é como as crianças conseguem ver as belezas do mundo, muito para além do óbvio!
Conhecia a estória, mas foi um enorme prazer lê-la como da primeira vez.Há textos que são sempre novos!

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

MARIA JOSÉ: O egoísmo e a sensação de grandeza fútil, leva o homem às aquisiçoes materiais, desligando-se do maior bem que tem a sua disposição: a natureza criada e nos oferEcida gratuitamente pelo PAI MAIOR.

Mãe 24hs disse...

Só mesmo as crianças são capazes de dar valor as coisas simples da vida. A natureza, os bichos, a tranquilidade... Nenhum dinheiro no mundo compra esses presentes que nos foram dados po Deus! Lindo post, amiga! Bjos!

Bloguinho da Zizi disse...

Que lição!!!
Quem é o verdadeiro rico???
Aquele que tem a consciência que herdou tudo do Pai.
Lindo Maria José.
beijinho

Atena disse...

Olá:
Não sei mais como cheguei aqui, coisas da navegação. rsrs
Bom, foi uma grata passagem. Seu blog é muito bom e voltarei com mais calma.
Já conhecia o texto, mas nunca é demais lê-lo novamente, pois me encanta a simplicidade e doçura do mesmo. Ninguém melhor do que uma criança para falar verdades.
Parabéns e abraços,
Atena

PSICO? LÓGICO! disse...

Olá!!!

Desculpe minhas ausências...
Mas espero agora recomeçar e para isso te convido para participar da comemoração de dois anos do meu blog!!! Apareça por lá e concorra a um livro!!!

Enorme abraço.
http://psicologico-al.blogspot.com/2010/10/ano-ii-blogagem-coletiva-e-convidadas_4669.html

Isa mar disse...

Bela reflexão! Na simplicidade se encontra a verdadeira riqueza!
Beijos e boa noite amiga!

Celina disse...

OI Maria José, muita paz. Realmente o post é muito bonito e quanta sabedória contem fiquei encantada com o mesmo. um abraço carinhoso Celina.

Néia (Dulci) disse...

Adoro textos que me façam refletir sobre a vida. Esse em especial é maravilhoso.
Um abraço.

Alma Aprendiz disse...

Crianças são verdadeiras e sinceras,e por isso,sempre é bom mostrar o outro lado da vida.
Um grande abraço!

Eliane Gonçalves disse...

Oi Maria José,

Esse texto me sensibilizou demais, pois mecheu com um processo grande interior que estou passando de meus valores pessoais.

Muito obrigada querida!

Eli.

Vida*** disse...

È no orvalho das pequenas coisas que o coração encontra a frescura no seu amanhecer. (Khallil Gibran) A natureza nos abençõa tdos os dias. As crianças são puras de Alma. A beleza esta nos olhos de quem sabe ver.Abços de Luz. Excelente texto para reflexão.

Beatriz Prestes disse...

Minha amiga querida e inspirada...
Fiquei demais emocionada com teu texto!
Obrigada por momentos assim!
Beijo carinhoso minha amiga
Bea

José Gonçalves disse...

Olá Maria José Rezende,

É uma magnifica história de Vida que já conhecia.

Contudo, lia novamente "de fio a pavio" porque entendo que nunca será demais lembrar o quanto somos pobres, pobres de espírito!

E continuamos sendo-o!

Enquanto esta Sociedade nos imposer valores fúteis e inúteis continuaremos sempre, e cada vez mais, pobres de espírito!

Bela postagem.

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

Maysa disse...

é o pior e que sabemos tudo isto e não nos damos contas as vezes o quanto deus é grande em nossas vidas
abraço elisa

Vitor disse...

Os textos que escreves são de um muito profundo sentimento e partilha,este não fugiu à regra.Por aqui ando sempre atento e "bebendo",desta fonte de inspiração...numa semana de felicidade onde dou conta no "outro lado".

Bj*

Cris Tarcia disse...

Que lição maravilhosa, se pensarmos bem , temos muita coisa preciosa em nossa vida, é so olhar

Beijos

sonia disse...

Maria José,

Lindíssimo seu texto, de uma profunda reflexão sobre a nossa passagem por esse mundo, o que e como fazemos uns pelos outros.

Quantas coisas passam despercebidas pelos nossos olhos, tudo porque estamos sempre correndo, as pressas para isso ou aquilo.

Quem de nós tem uns minutos para:
- contemplar a natureza
- agradecer a Deus pelos nossos olhos
- dizer Obrigado Senhor pelo presente que nos dá a cada noite
- perguntar a alguém triste: posso lhe ajudar?
- colocar-se a disposição dos mais necessitados
- sorrir quando está querendo chorar.
- abrir a Bíblia e buscar o remédio para o espírito.

beijos. Parabéns.

manuel marques disse...

Quem não é capaz de ser pobre, não é capaz de ser livre ...

Beijo Maria José.

Vitor Soares disse...

Mas que ótica hein?! Que bela postagem.

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Olá Maria José.
Quanto ensinamento.
Nas pequenas coisas estão as grandes obras de Deus.
Lindíssima mensagem.
Um grande beijo em seu coração!
Lú.

Mari disse...

Oi Maria José...
Realmente uma verdade esse texto...
Me remete a pensar que a pior pobreza...é a da alma!
Bom final de semana!
Beijos