Páginas

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

DESENCANTO


Senhor! Em certos dias de minha vida encontro muita dificuldade para suportar meus problemas, sentindo-me cansado, saturado até, dos percalços e dificuldades diárias.
Mas penso que é impossível deixar de sentir exaustão, algumas vezes, com o tumulto que é a vida na Terra nos dias atuais!
Nas ruas, meu Pai, pessoas de semblante frio esbarram em mim ostentando declarado desdém pela sorte alheia; se pedestre, não encontro espaço certo para uma travessia segura; se motorista, sempre há alguém para atravessar a rua impedindo-me de prosseguir.
No trabalho, companheiros, ambicionam-me o cargo; eu, por minha vez, nunca estou satisfeito com o cargo que tenho.
Se sou correto, meu superior me sufoca; se sou negligente, ameaça-me com demissão.
No lar, valho minha conta bancária, meu carro; se trabalho muito, sou ausente; se trabalho pouco, sou relapso e negligente.
Por isso, esse sentimento amargo aqui dentro e que deixa o mundo menor, deixa as pessoas pequenas e dá um preço irrisório a tudo o que criastes!
Mas não queria que fosse assim...
Sinto, meu Deus, que posso ser muito mais do que tenho sido ultimamente, um juiz decadente e cansado de minha própria vida, querendo sim, ser mais alegre, resignado e bom, porém com o coração transbordando desencanto e fel.
Por isso estou aqui, em busca de novo estímulo para a minha vida. Ajuda-me Senhor, a não julgar os outros pelo que fazem, mas mostra-me como posso transformá-los mostrando-lhes o que eu faço.
Cura-me deste hábito de dar as costas quando sinto repulsa por aquilo que meu próximo diz ou faz e mostra-me como devo agir para que ele renove hábitos e linguagens na minha frente.
Corrige-me o coração enquanto é tempo, meu Pai, retirando dele a convicção que a vida é irrecuperável, e modela-o conforme Tua lei, para que eu aprenda a viver com menos preconceitos e julgamentos e com mais misericórdia, alegria e amor!
Assim seja!

13 comentários:

Mari disse...

Eu diria que a solução para este mal, seria começar a olhar a vida com olhos de gratidão...com certeza restariam muito menos coisas a reclamar!

Beijos querida

manuel marques disse...

Se formos tolerantes o desencanto torna-se mais suave,por sua vez a vida mais fácil...

Beijinhos

José Gonçalves disse...

Olá Maria José Rezende,

Mais um belíssimo texto para ser trazido ao dia a dia do Ser Humano e reflectido antes que seja tarde de mais, se é que esse limite já não foi ultrapassado!

Estes "temas", cara Amiga Maria José, são-me especialmente queridos dada a actividade, que num passado ainda recente, exerci em prol dos idosos e dos desfavorecidos.

Aí tomei um conhecimento e uma visão diferente da maioria da população.

Aí aprende-se o que custa uma Vida de sofrimento ede esforço.

E, mais grave ainda, descobre-se os reais necessitados, aqueles que envergonhadamente não pedem ajuda apenas por vergonha!

É esta a Sociedade de Consumo que nos consome ao ponto de não nos apercebermos das reais necessidades dos que nos são até próximos!

E há tanta pobreza envergonhada neste Mundo que dá dó!

Doi a alma ver esses dramas!

Revolta-nos por dentro sem nada podermos fazer contra os grandes grupos económicos, contra os interesses instituidos!

Pelo andar da "carruagem", nem Deus conseguirá encontrar soluções.

Nem sei se haverão soluções!!!

É mais um daqueles "temas" para debater até à exaustão e não se chegar a lado algum!

Mas é bom que se tenha a coragem de chamar à atenção a Sociedade com iniciativas deste género.

Pode ser que muitos a proceder de igual modo consigam que alguém os ouça e pense.

Basta que pense!

Se alguém pensar, já será um bom início de mudança de atitudes.

E fico-me por aqui minha Amiga Maria José.

Senão, nunca mais me calo!!!

Um abraço e até sempre,

José Gonçalves
(Guimarães)

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Maria José, sempre se superando. Esta mensagem refletiu como eu andava por estes dias, ás vezes o desencanto nos envolve e sem perceber estamos atrelado á ele. Mas como fazemos parte do "Pai" e o que prevalece é a nossa essência de Luz, conseguimos sempre dar a volta por cima e encontrar novamente o nosso caminho.
Adorei!
Um Beijo em seu coração!
Lú.

Bloguinho da Zizi disse...

Maria José
Acredito que essas situações de desencanto fazem parte do nosso aprendizado.
Quem tiver a consciência desses sentimentos já caminhou meio caminho. Aí é só trabalhar o perdão e o amor.
Pronto do desencanto sumiu.
Beijinho

analice disse...

OI...quanto tempo... estava mergulhada nestes momntos relatados... com a fé abalada... sem coragem para continuar,...

obrigada pela oração... um abraço e boa semana...

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Todos nós passamos por esta fase, difícil é admitir. Somos humanos aprendendo, por isso que estamos aqui.

Com muito carinho BJS.

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

MARIA JOSÉ: Neste texto/oração, o Andre Luis nos mostra o qto a Terra é um mundo de provas e expiações, ao tempo em que, tb nos adverte o quao SOMOS IMPERPEITOS. Resta-nos então promovermos a dificil REFORMA ÍNTIMA. Abrçs. Roy Lacerda.

Rejane-Enajer disse...

Amiga, "Todos nós passamos por esta fase, difícil é admitir. Somos humanos aprendendo, por isso que estamos aqui." endossando as palavras da amiga alegria de viver.
Um bjão

Isa mar disse...

Assim seja!
Vivemos num mundo conturbado, onde as pessoas tem medo do novo, do espiritual e de suas próprias criações mentais.
Vivem se queixando de tudo mas não fazem nada pra mudar a situação e quando algo aparece que lhes possa ajudar fogem como coelhos assustados.

E por tantas coisas que acontecem o desencanto as vezes toma conta de nosso coração pois nos sentimos impotentes.

Gostei bastante deste trecho:
Ajuda-me Senhor, a não julgar os outros pelo que fazem, mas mostra-me como posso transformá-los mostrando-lhes o que eu faço.

Minha querida irmã de alma, obrigada por tudo sempre!
Beijos em seu coração!

Eliane Gonçalves disse...

Por diversar vezes me sinto assim...cansada, desmotivada, meio pra baixo, fadigada...
Mas temos que dar a volta por cima e perceber a vida com amor...Estamos em um mundo de provas e espiações...

Bjos,

Eliane.

Carla disse...

Lindo texto mais uma vez. Lembrei do livro que estou lendo no momento, A Cabana (William P. Young). Muito valiosas essas palavras.

bjssssssssssss

São disse...

A Terra é , sim, um planeta-escola: aqui em Portugal recebemos ontem uma durissima lição colectiva que se vai pr0longar por muito tempo. Mas creio que os responsáveis irão responder por isso!

Um abraço.