Páginas

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

REVOLUÇÃO DA ALMA


Ninguém é dono de sua felicidade, por isso: não entregue sua alegria, sua paz e sua vida nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém!
Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, das vontades ou dos sonhos de quem quer que seja.
A razão da sua vida é você mesmo.
A sua paz interior é a sua meta de vida.
Quando sentir um vazio na alma, quando acreditar que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remeta seu pensamento para os seus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em você.
Pare de colocar sua felicidade cada dia mais distante de você. Não coloque objetivos longe demais de suas mãos, abrace os que estão ao seu alcance hoje.
Se anda desesperado por problemas financeiros, amorosos ou de relacionamentos familiares, busque em seu interior a resposta para acalmar-se.
Você é reflexo do que pensa diariamente.
Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então abra um sorriso para aprovar o mundo que quer oferecer a você o melhor.
Com um sorriso no rosto as pessoas terão as melhores impressões de você, e você estará afirmando para você mesmo, que está "pronto“ para ser feliz.
Trabalhe, trabalhe muito a seu favor. Pare de esperar a felicidade sem esforços. Pare de exigir das pessoas aquilo que nem você conquistou ainda.
Critique menos, trabalhe mais.
E, não se esqueça nunca de agradecer.
Agradeça tudo que está em sua vida neste momento, inclusive a dor.
Nossa compreensão do universo ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida.
A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las.
Se você anda repetindo muito: “eu preciso tanto de você” ou, “você é a razão da minha vida” - cuide-se.
É lícito afirmar que são prósperos os povos cuja legislação se deve aos filósofos.
A inteligência é a insolência educada.
Nosso caráter é o resultado de nossa conduta.
Egoísmo não é amor, mas sim, uma desvairada paixão por nós próprios.
O homem sábio não busca o prazer, mas a libertação das preocupações e sofrimentos.
Ser feliz é ser auto-suficiente.
Seja senhor de sua vontade e escravo da sua consciência.

15 comentários:

analice disse...

ola,

ainda nao me sinto tao auto soficiente...
mas com toda certeza estou dispertando para vida eterna, mesmo ainda encarnada, para os compromissos, para evolução...

e agradeço a deus e a todos que me cercam ... e sei que tenho que ser a tutora das minhas escolhas e da construção da minha paz e evolução ...
hoje, posso dizer que sou grata pela vida e por tudo... a analice tem fases antes e depois do auto conhecimento e da doutrina...
bjs e uma otima noite!!!!

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Olá!
Esse texto é essencial para o nosso crescimento.
Obrigada por dividí-lo conosco.
Tenha uma ótima noite.
Com carinho, Lady.

Lena disse...

Nooooossa!!! Nunca vi um texto servir tanto pra mim!! Eu me "encaixei" em quase tudo(99%). Essa ARCA conhece bem o ser humano. Ela é sinônimo de sabedoria. Psicoterapia virtual!Bjs. Volte logo.

C disse...

é curioso a quantidade de informação util e necessaria que vai chegando ate nós... e no dia-a-dia observo a velocidade com que as pessoas passam ao tema seguinte... sem fazerem uso do que acabaram de receber...e sem a consciencia de que ali poderia estar a orientação para uma mudança...

no geral, vejo muitas pessoas a acharem lindo, mas não usufruem verdadeiramente, não integram... e depois queixam-se que nada muda na vida delas...

nalgumas linhas de desenvolvimento pessoal, como o integral yoga, cada item é trabalhado intensamente... sem pressa... sem leviandade... e estas caracteristicas de não ter pressa e usufruir de cada experiencia integralmente, vejo-as nos grandes mestres... logo, considero que seja por aí o caminho...

este texto tem varios itens importantes para trabalhar no nosso intimo e na nossa vida... se nos dedicarmos o tempo suficiente a cada um deles, estamos a usar as ajudas que nos chegam para evoluir... se simplesmente os lermos, achando lindos e não fizermos trabalho pessoal com aquilo que tomámos consciencia, nada vai mudar...

obrigada pelo texto
:))

diariodumapsi disse...

Ei Maria José!
Realmente a nossa felicidade está nas nossas mãos, não podemos colocar essa responsabilidade nas mãos dos outros.Ser feliz é uma escolha!
Gd beijo

Paulo [B.] = p disse...

Mais um belo texto, incrível, Obrigado por vistirar meu blog, minha amiga, obrigado por sempre me proporcionar esses textos maravilhosos! Um grande abraço. =)

Paula disse...

Que lindas verdades, que a gente necessita lembrar SEMPRE!! Vamos parar de culpar o mundo e assumir a nossa responsabilidade como seres destinados ao amor e a perfeição!

Uma linda quinta para vc!!

MARIANGELA BARRETO disse...

Amiga,

Maravilhoso texto.. uma reflexão importante e profunda.
Precisamos assumir a responsabilidade por nós mesmos, nossa vida e nossas escolhas.. parar de por culpas nos outros.. parar de ser vítimas..
Trabalhar nossa auto estima,nos amar e nos levar em consideração nos valorizando sempre e em qualquer situação.

beijos no coração
Mariangela

CG disse...

Palavras sábias :)
Big Kisses

tossan disse...

Que texto fantástico...Com tudo isso o prazer se torna uma dádiva quando vier naturalmente. Beijo

manuel marques disse...

É lendo textos como este que nós crescemos.

Beijo.

Kelly disse...

Ótimo post, temos mesmo que batalhar para conseguir o que almejamos. bjs

ValériaC disse...

Texto perfeito amiga... uma grande lição... pura verdade...demorei muitos anos da minha vida para começar a aprender a lição...mas posso afirmar ... é libertador, maravilhoso... beijinhos...
Valéria

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

MARIA JOSÉ: E faz tempo, que o Aristóteles escreveu isto. Tds à época o considerável louco. Em pleno século XXI, infelizmente o texto continua atual, dando-nos a entender que ainda não nos entendemos como 'CENTELHA DIVINA' e, consequentemente que temos 'deuses' dentro de nós msms. Abrças. Roy Lacerda.

REGINA GOULART SANTOS disse...

Maria José,
Quantas palavras sábias e verdadeiras.
A questão está diretamente ligada a questões de auto-conhecimento, de auto-estima, e ainda, que por motivos ligados a estágios evolutivos, cada um só pode e consegue dar o que tem.
Se naõ tem nada a oferecer, tem ainda muito o que aprender e sofrer, porque a dor lapida a alma.
Seu espaço de luz é fonte inspiradora e um sândalo nos momentos de dúvidas e fraqueza humana.
Beijos de luz