Páginas

terça-feira, 6 de julho de 2010

METÁFORAS


As metáforas, conforme certa vez definiu um poeta, são pontes poéticas que o amor constrói, e que fazem ligação entre coisas e conceitos.
As Escrituras Sagradas das diferentes tradições religiosas não raramente lançam mão de metáforas para tornar mais claro o entendimento das verdades do mundo espiritual.
Metáforas – pontes poéticas que o amor constrói e que fazem ligação entre coisas e conceitos.
E dentre as metáforas poéticas que os versos sagrados utilizam, uma das mais belas é uma passagem dos textos da Fé Bahá’í, que compara o corpo físico a uma gaiola, e o espírito a uma ave que nela habita.
“Imaginar que o espírito pereça ao morrer o corpo, é como imaginar que o pássaro morra ao quebrar-se a gaiola.”
“Nosso corpo é apenas a gaiola, enquanto o espírito é o pássaro. Nada tem o pássaro que recear, porém, com a destruição da gaiola.”
A morte física – um mergulho no infinito, a hora de voar...
O suave vôo das aves é uma metáfora visual a nos sussurrar que a alma é livre das limitações impostas pela matéria.
Uma metáfora visual e poética que se revela aos que se dispõem a enxergar além do que os olhos podem...
E ao deslizar pelo céu, as aves nos recordam dos nossos entes queridos que já partiram.
Todos os que deixaram para trás este mundo de provações e caminhadas, sonos e vigílias, noites e dias, esperanças...
E as aves nos recordam ainda que em breve também chegará a nossa hora de voar.
Da força das asas depende a altura a que se pode chegar...
O corpo, frágil argila, sofre os efeitos do tempo.
A alma, puro sopro, é eterna.
Aproveitar os nossos breves e incertos dias para alimentar a nossa alma com coisas boas.
Uma dieta espiritual farta de Amor e Bondade, Caridade, Pureza, Compaixão, Perdão e Justiça. Virtudes, Gratidão, Bem-Aventuranças.
De modo que, quando a hora derradeira bater à nossa porta, possamos voar com asas limpas e puras até as mais sublimes alturas.

Enviada por Rosani do blog Fragmentos de uma alma perfumada (http://rosani22.blogspot.com/)

13 comentários:

manuel marques disse...

Excelente texto.

Beijo.

Elizabeth disse...

Oi Garota,
Passei para deixar-te um abraço e um beijo.

crônicas disse...

Boa tarde Maria José!

A autora usou uma excelente metáfora, comparando a nossa alma/espírito com um passarinho. Linda essa mensagem que nos diz para exercitar o amor, tolerância, compaixão, amizade enquanto estamos na terra.

bjs
Adriana

Silvia disse...

Maria José, gostei muito do texto.
Abraço

ValériaC disse...

Maria José querida...que belo texto...creio que seja assim mesmo...façamos o nosso melhor em tudo na vida, vivamos o Amor...para que quando for o momento, alcemos o mais belo vôo...

Beijos...
Valéria

cantinho she disse...

Adorei!
Beijinhos!

Isa mar disse...

Como sempre venho aqui alimentar o meu espírito com textos tão edificantes.
Como é bom podermos ter amigos que nos falam do que vai em nosso íntimo, por isso agradeço você ter um cantinho bem especial em meu coração, obrigada!
Beijos em seu lindo coração!

Isa mar disse...

Ahh, esqueci de te perguntar: é verdade que não colocar caixinha de código enche o blog de Spam? pra falar a verdade nem sei pra onde vão esses bichinhos rsss deve ser para o PC todo? ou será que é conversa? se souber me dê um alô porque estou pra tirar essa chatice do meu blog
Beijosss

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Maria José: sabes tb que nada é por acaso. TD tem o porque? Que é a palavrinha 'chave' da vida. Ás vezes, fico a perguntar-me: "PORQUE" pessoas que teem este entendimento da forma como funciona a vida, se martirizam tanto qdo um 'passaro querido quebra ou tem tua 'gaiola' quebrada e faz o grande voo? PORQUÊ? Abrçs. Roy Lacerda.

Maria Izabel Viégas disse...

Minha amada Maria José
Vim te dar um beijo neste doce coração e agradecer sua visita e comentário. Obrigada, sua presença me faz muito bem à alma.
E encontro esta linda metáfora , belíssimo texto. Estou nestes dias super sensível... me emocionei, estou aqui com os olhos marejados de lágrimas!
Querida, és um anjo que a Espiritualidade Maior colocou na Blogosfera para iluminar e consolar!
Obrigada, amiga!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Penso que o nosso espírito
é tão repleto de riquezas
e tão valioso,
que não consigo vê-lo
terminar com a morte
do corpo físico.
Não conhecia estes pensamentos
e agradeço a partilha.

Dias de paz para ti.

Elaine Barnes disse...

Emocionante seu texto.Hoje estou uma manteiga.As metáforas perfeitas,as virtudes nos levam aos voos cada vez mais longos e com eles aprendemos a contemplar com outros olhos as coisas que passam tantas vezes desapercebidas. Hoje vc foi meu anjo,obrigada pelo carinho. Montão de bjs e abraços

Santa Cruz disse...

Oi Maria Jose: lindo texto adorei visitar teu blog, Essas met+afores são prefeitas e as nossas virtudes nos levam a voos mais lindos e longos.
Um beijo
SantaCruz