Páginas

segunda-feira, 28 de junho de 2010

UM TEMPO PARA TI


Quando sentires teu ser em profunda angústia e confusão, procura dar tempo a ti e silencia, respira suavemente e deixa que a luz que ilumina teu ser tome a direção, pois ela saberá proceder em prol da tua paz, do teu equilíbrio, da tua confiança, mostrando gentilmente que dentro de ti há rios e cachoeiras ainda desconhecidos, pelos quais precisas percorrer para banhares teu espírito, renovando tuas energias, teus ares internos.
Há ainda vales e montanhas para caminhares e sentires o frescor da natureza, a liberdade dos pássaros.
Há céus para contemplares em puro silêncio, há cores para colorir, há energias para dar realidade ao teu desejo de crescer, de sentir a inocência e a pureza do amor.
Dentro de ti há flores que nunca sentiste o perfume, há luzes, há estrelas azuis...
Aprende a dar-te paz apenas permitindo-te um momento de silêncio, um momento em que manifestarás a real necessidade de ires ao encontro da paz divina, da paz que Deus criou para ti.
Resgata-a, pois, e sê feliz!

12 comentários:

Tu mejor receta disse...

Que bello consejo amiga. Eres inspiradora.

Paulo disse...

Maria José,
Esse texto encerra uma verdade: nosso maior desafio é conhecer a nós mesmos... Temos que respeitar nosso desconhecimento interno, e respeitarmos o nosso tempo... Procuramos as verdades fora, quando elas estão dentro de nós...
Você tem razão, precisamos dedicar mais tempo a nós mesmos...
Obrigado pela reflexão.
Saúde e paz.
Beijo.

Jorge disse...

Maria José
Temos o hábito de quando andamos, em qualquer lugar, de apenas seguir o caminho até o objetivo. É maravilhsos andar, mesmo que em lugares movimentados, barulhentos, observar cenas comoventes, algo fora do comum, buscando tirar a atenção às preocupações, ao medo e curtir esses momentos. Porque podemos ser a paz no meio da agitação de uma cidade grande.
É interiorizar-se conscientemente, vivenciando os momentos e sentindo a união com o todo.

Anjo, beijo em teu coração!!

JR disse...

Lendo o comentário do Jorge , lembrei que ontem ainda comentei com um amigo que muitas vezes pego um onibus e depois não lembro nem da cor dos bancos ou mesmo teto dele.
E se alguem me perguntar pelo motorista eu até duvido que tinha um na direção ,por tamanha desatenção.
Precisamos sim ,parar de correr tanto e tirar momentos de silencio para nosso refletir.
Amiga beijos e boa semana.......

Vera disse...

Grandioso esse texto.Parabéns

ValériaC disse...

Lindo texto amiga...
Silenciar é preciso...somente na quietude, podemos entrar em contato mais estreitamente com nosso eu interior...para refletir, buscar entendimento...para se refazer...se (re)descobrir...
Beijos...
Valéria

cantinho she disse...

Oie minha querida Maria... realmente dentro de nós há flores que nunca sentimos o seu perfume... que reflexão linda e profunda... é fundamental a gente se descobrir, se namorar e se reconquistar, se a conqista própria se perdeu em agum momento, e até mesmo a reconquista diária e cuidadosa que se faz presente sempre... show!
Lindo post, obrigada pela reflexão, foi importante...
Beijo, beijo em seu coração!
She

Mariana disse...

Belo o texto, realmente a gente precisa conhecer o nosso interior, pois estamos em constante mudança.
Se não conhecermos a nós mesmo,ficará mais difícil conhecer o próximo.

Celina disse...

OI AMIGA QUE MENSAGEM LINDA, ELA NOS DA PAZ, É PRECISA LER E RELER PARA GRAVAS-LA BEM DENTO DE NÓS. UM CARINHOSO ABRAÇO CELINA

Elizabeth disse...

Oi Maria José,
É isso mesmo, um tempo só para nós, é imprescindível.
Um beijo, fique com Deus.

MOMENTOBRASILCOM.blogspot.com disse...

Maria Josè: "Dentro de td ser humano há rios e cachoeiras, ainda desconhecidos e que precisam ser percorridos para alcançarmos o "Auto-conhecimento". "Conhece-te a ti msm para que seja efetuada a reforma íntima. Eis a necessidade do homem. Abrçs. Roy Lacerda.

El otro disse...

Valoro a las personas altruistas y en tu caso con fundamento espiritual de sabias palabras.
UN PLACER HALLAR TU BLOG.