Páginas

domingo, 20 de junho de 2010

SOBRE AMOR, ROSAS E ESPINHOS


Amor, que é amor, dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor.
O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor.
Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou.
O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão. Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: "Mesmo fazendo tudo errado, eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto".
O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração, os quais sozinhos, jamais poderíamos enxergar.
O poeta soube traduzir bem quando disse: "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!"
Bonito isso. Enxergar sonhos que antes eu não saberia ver sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos, socorreu-me em minha cegueira. Eu possuía e não sabia. O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.
Evangelizar talvez seja isso: descobrir jardins em lugares que consideramos impróprios. Os jardineiros sabem disso. Amam as flores e por isso cuidam de cada detalhe, porque sabem que não há amor fora da experiência do cuidado.
A cada dia, o jardineiro perdoa as suas roseiras. Sabe identificar que a ausência de flores não significa a morte absoluta, mas o repouso do preparo. Quem não souber viver o silêncio da preparação não terá o que florir depois...
É preciso aprender isso. Olhar para aquele que nos magoou e descobrir que as roseiras não dão flores fora do tempo nem tampouco fora do cultivo.
Se não há flores, talvez seja porque ainda não tenha chegado a hora de florir. Cada roseira tem seu estatuto, suas regras... Se não há flores, talvez seja porque até então ninguém tenha dado a atenção necessária para o cultivo daquela roseira.
A vida requer cuidado. Os amores também. Flores e espinhos são belezas que se dão juntas. Não queira uma só. Elas não sabem viver sozinhas...
Quem quiser levar a rosa para sua vida, terá de saber que com ela vão inúmeros espinhos. Mas não se preocupe. A beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos... ou não.
O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão.

16 comentários:

Janetinha disse...

Que texto emocionante! Adorei! Bjos.

Myriam disse...

Maravilhoso, é tão bom amar não é mesmo? beijo grande e um abençoado Domingo!

Carlos Varoli disse...

Olá amiga Maria José.
Em cada reencarnação, agimos como jardineiros de nossas emoções. Ora podamos, outras vezes adubamos nossas emoções, buscando sempre a equação do equilibrio dos sentimentos.
Tenha uma linda semana, amiga.
Carlos espirita.

ALMAS IRMÃS disse...

Lindo texto. sem amor nada seriamos.

manuel marques disse...

Texto fantástico e emocionante.

"É acreditando nas rosas que as fazemos desabrochar."

Beijo.

Jorge disse...

Maria José,
a vida é um mar de rosas...precisamos apenas nadar entre os espinhos.
Para crescermos em Amor, quase sempre o lapidamos na dor, nas dificuldades. Aí que mostramos a confiança no Pai que nos espera, espera...
E o perdão e a caridade são as maiores forças do coração, que devemos incorporar na nossa vida.

Anjo, beijo e uma excelente semana!!

Rejane-Enajer disse...

É por essa e outras que eu sou fã absoluta do Padre Fábio de Melo- homem humano,inteligente e sensível. Ele escreve , canta e encanta.
Bom domingo para você minha amiga querida.Eu estou aqui na hora do jogo- eu detesto jogo! -acredita? kkkkkkkkkk bjãoooooooooooo

Elaine Barnes disse...

Amor e perdão sempre irão rimar,pois não podem se separar. Amei o texto. Montão de bjs e abraços

ESPERANÇA disse...

QUE LINDO SEU BLOG AMIGA ESPERO VC TAMBEM NO MEU NO MEU BLOG

Eliana Pessoa disse...

Nossa que beleza de texto adoro vir aqui ler um pouco, sempre fico com algum assunto para refletir!
Amiga boa noite !
bjim

alegria de viver disse...

Olá querida amiga

Desejo uma semana cheia de alegrias.
Texto lindo.
Com muito carinho BJS.

Sônia Silvino disse...

Boa noite, meu coração!
Vim matar as saudades e ver as novidades por aqui.
"Meu amigo virtual

Meu amigo virtual é diferente...
Ele não olha nos meus olhos,
Ele vê meu coração...

Meu amigo virtual é diferente...
Ele não percebe as minhas lágrimas
Percebe o momento de me confortar

Meu amigo virtual é diferente...
Ele não sorrí, ele me faz sorrir...

Meu amigo virtual...
Você não sabe...
Mas te procuro todas as noites .

Você não sabe...
Mas fico feliz quando você vem...
Olho para você, na expectativa de um sorriso...

Te espero assim como o sol espera pelo amanhecer...
Te espero assim como a Lua espera pela noite...
Certa que virá!

Não me importa se vens através de telas...

O que importa, é que venhas...
Não sei porque te escolhí como amigo...

Suas letrinhas são iguais às de todos os outros,
Apenas suas palavras são firmes...

Você consegue me fazer acreditar.
Talvez você não saiba, mas quando me falas...
Quando brincas comigo..
Quando me escutas...
Quando me amas...

Exerce a nobre tarefa de um amigo REAL.
Assim... Cativa-me...

Escuto teu sorriso através do sons do teclado.
Ouço teu coração através do meu coração,
Sinto tua alegria através da minha alegria...

Nunca deixes de vir...
Só conhecemos a importância dos verdadeiros amigos,
Quando começamos a perceber sua ausência,
Quando chamamos por todos,
E somente ele vem...

(Fátima M. de Mendonça)

Que a tua semana seja excelente!!!
Bjkas, muitas!
Sônia Silvino's Blogs
Vários temas & um só coração!

Celina disse...

Querida amiga boa noite!Fiquei muito feliz com a indicação do meu blog para o selinho "The versatile blogger",por Maria.Parece-me que tenho que dizer 9 coisas sobre mim e indicar 9 blogs.O seu Blog esta entre os nove escolhidos por mim,se quizer pegue o selinho no meu BLOG.
Abraço carinhoso Celina

ValériaC disse...

Bela mensagem querida amiga... a vida e o Amor são assim...como uma rosa...com toda sua beleza e encanto, mas também com o eventual espinho...

Que sua semana seja cheia de alegrias, paz e Amor!
Beijos
Valéria

BLOG DO PROFEX disse...

Oi, Maria José, cá estou de novo. São os paradoxos que dão colorido à vida. Os espinhos conseguem nos despertar para a beleza. A dor, para a felicidade. Belo post. bjs.

Crista disse...

Interessante...cada vez que passo por aqui...me sinto tão bem e me sinto tão valorizada que já está se tornando um vício....rsrsrsrsrs...não te descabele por favor....é vício de coisa boa....rsrsrsrsrsrs....que tu e teu blog são!